Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Possíveis alvos do Celtics usando as TPE’s | Parte 1

Antes de mais nada, vamos explicar aos fãs mais novos ou mais casuais o que é uma TPE.

TPE é a sigla para “Traded Player Exception”, uma exceção comercial que permite uma equipe da NBA realizar uma troca sem ter que enviar outro jogador em troca.

Aliás, enviar outro jogador em uma troca somado a uma TPE é contra o regulamento da liga, então esqueça qualquer tipo de negócio que envolva coisas como “Smart + TPE por fulano”, não, isso não existe!

O único ativo que pode ser enviado juntamente com uma TPE são escolhas de drafts.

Dito isso, você já deve ter em mente que não se consegue astros por meio de TPE. Nenhum time vai dar a você um jogador de elite, sem receber um bom jogador em troca.

Então se você está vendo sites ou perfis soltando rumores sobre troca de TPE por grandes jogadores da liga, ignore e não compartilhe. Essas pessoas apenas estão querendo te iludir e caçar seus cliques, não tendo compromisso nenhum com a verdade.

TPE’s , portanto, são aceitas por times que querem se livrar de algum contrato que seja prejudicial ao seu cap, como por exemplo quando um time sabe que não vai competir por nada na temporada, mas está com a folha salarial muito alta, ou quando um time quer abrir espaço na folha salarial para poder contratar um grande agente livre disponível no mercado.

Sendo assim, o foco da TPE é de encontrar jogadores que contribuam com o banco de reservas, algo que o Celtics precisa com urgência, e que já pode ser o suficiente para que o time dê um passo a mais no seu desenvolvimento.

Dito isso, vamos listar nesse artigo alguns dos jogadores que podem estar disponíveis para uma troca via TPE.

As TPE’s disponíveis para o Celtics

O Celtics possui um total de 10 TPE’s disponíveis para uso no momento. Todas elas foram “geradas” em trocas recentes.

No entanto, vamos focar apenas nas 3 TPE’s de maior valor, que são as que realmente deverão ser utilizadas para a temporada 2022-23. As demais têm valor tão pequeno que deverão ser ignoradas e com isso terão sua validade expirada.

TPE Evan Fournier | 17,1 milhões (Expira em 17 de julho de 2022)

TPE Juancho Hernangomez | 6,9 milhões (Expira em 18 de janeiro de 2023)

TPE Dennis Schröder | 5,9 milhões (Expira em 9 de fevereiro de 2023)

Como podem ver, a TPE gerada na troca por Fournier vence nas próximas semanas e com isso é quase que certo que ela será utilizada em uma troca nos próximos dias.

Já as TPE de Hernangomez e Schröder, eu duvido que sejam utilizadas por agora. Por expirarem só no ano que vem, eu imagino que Stevens vai optar por guarda-las para ter elas como um seguro em caso de lesões.

Caso algum jogador importante venha a se lesionar no meio da temporada, essas TPE serão uteis para contratar um jogador da mesma posição, suprindo assim lacunas importantes.

Evan Fournier (Knicks)

Contrato: $18mi / $18,8mi / $19mi* (Team options)

Disponibilidade: Alta

Seria muito engraçado se o Celtics conseguisse contratar Fournier com a mesma exceção comercial que conseguiu quando negociou o mesmo para o Knicks. E isso pode de fato ocorrer.

O francês teve uma passagem curta e controversa por Boston, e com certeza não será a preferência da torcida para o uso da TPE.

No entanto, vale lembrar que a situação em que o ala chegaria é diferente da qual encontrou em 2021. Dessa vez ele teria a chance de realizar uma pré-temporada para se adaptar ao esquema tático da equipe, e teria um papel de pontuador / arremessador vindo do banco, ao contrario da primeira passagem onde chegou com a responsabilidade de ser titular por conta das lesões na equipe.


Kemba Walker (Knicks)

Contrato: $9,2mi

Disponibilidade:  Alta

Kemba é outro ex-celta que tem a possibilidade de retornar à equipe atuando em uma nova função.

Com Smart e Brown consolidados no setor de armação da equipe, dessa vez caberia a Kemba o papel de um sexto homem, entrando no decorrer das partidas e adicionando pontuação quando os principais artilheiros do time estiverem descansando.


Nerlens Noel (Knicks)

Contrato: $9,2mi / $9,7 mi* (Team options)

Disponibilidade: Alta (Pode ser necessário adicionar uma pick de draft no negócio)

Como vocês já perceberam, o que não falta nessa lista são jogadores do Knicks. Isso ocorre porque após uma nova campanha decepcionante, espera-se que a franquia de Nova Iorque troque vários de seus contratos por TPE ou contratos não garantidos, a fim de liberar espaço no CAP e buscar contratações na Agência Livre.

Dentre os nomes disponíveis, Noel deve ser um deles.

Bom defensor e reboteiro, o pivô seria um bom backup para Robert Williams.


Cam Reddish (Knicks)

Contrato: $5,9mi / $8,1mi* (Oferta qualificatória)

Disponibilidade: Média (Provavelmente requer adição de pick de primeira rodada no negócio)

Normalmente Reddish não estaria sendo disponibilizado para trocas, mas, ao que parece, é um desejo do jogador ser negociado, então vamos colocá-lo aqui como uma possibilidade.

Defensor de elite com capacidade de guardar as 4 primeiras posições do basquete, é fácil ver seu encaixe em Boston.

Sua parte ofensiva ainda é extremamente instável e pouco refinada, mas por ser um atleta muito novo, ainda cabe bastante espaço para melhorias.


Alec Burks (Knicks)

Contrato:  $10mi / $10,5mi

Disponibilidade: Alta

Burks é outro atleta que poderia chegar ao Celtics com a função de ser uma opção de pontuação vinda do banco.

Dono de um arremesso bastante calibrado, facilmente consigo vê-lo tendo sucesso em explorar os espaços deixados pelos Jay Jay e contribuindo com média de 13 ou 14 pontos por partida.

Se eu tivesse que apostar qual seria o jogador predileto do Celtics entre os possíveis disponíveis do Knicks, eu apostaria em Burks.


JaMychal Green (Thunder)

Contrato: $8,2mi

Disponibilidade:  Alta (Adicionar uma pick de segundo round ao negócio pode ser o suficiente)

Com a seleção de Chet Holmgren e Peyton Watson no Draft, o Thunder não deve manter seus homens grandes veteranos no elenco.

O mais provável é que sejam trocados por picks de segundo round, para manter o CAP da equipe baixo e o roster focado no desenvolvimento de jovens.

Dessa forma, o recém chegado JaMychal Green sequer deve estrear pela franquia.

Conhecido principalmente por sua defesa de garrafão, Green também pode ajudar a espaçar a quadra. Por três temporadas o atleta beirou os 40% de aproveitamento em bolas de longa distância e com isso podemos dizer que seria um backup seguro para Al Horford.


Derrick Favors (Thunder)

Contrato: $10,2mi

Disponibilidade: Alta (Adicionar uma pick de segundo round ao negócio pode ser o suficiente)

Outro homem grande veterano que pode estar vivendo seus últimos dias em Oklahoma, Favors não é mais o jogador de outrora.

Se no passado se destacava por uma defesa de elite dentro e fora do garrafão, hoje Favor tem mobilidade menor e sua defesa acabou se restringindo mais a área pintada, mesmo.

De toda forma, ainda é uma presença veterana que pode muito bem ajudar a juventude celta a conseguir melhores resultados, principalmente nos playoffs.


Terrence Ross (Magic)

Contrato: $11,5mi

Disponibilidade: Alta (Será necessário adicionar pick ao negócio)

Em franco processo de reconstrução, o Magic já tentou trocar Ross na última Deadline. A pedida era por uma pick de primeira rodada e nenhuma equipe topou pagar tal preço.

Ross agora tem um contrato expirante, e por isso o Magic provavelmente terá de baixar seu preço afim de não o perder de graça ao fim da temporada. Dessa forma, uma ou duas escolhas de draft de segundo round podem fazer o negócio funcionar.

Pontuador especialista em infiltração, Ross pode ser uma boa opção saindo do banco para mudar a forma de jogar da equipe naqueles fatídicos momentos em que a equipe parece engessada na ideia de arremessar quase que única e exclusivamente de três.


Mo Bamba (Magic)

Contrato: $10 mi* (Oferta qualificatória)

Disponibilidade: Media (Será necessário adicionar pick ao negócio)

Mo Bamba parece ter talento para ter mais espaço do que teve até o momento no Magic, mas, por algum motivo, em quatro anos até aqui, o pivô tem sido preterido por outros nomes em Orlando.

Defensor de garrafão e reboteiro muito acima da média, é provavelmente o melhor backup para Robert Williams disponível no mercado.


Markelle Fultz (Magic)

Contrato: $16,5 mi / $17 mi

Disponibilidade: Baixa (Pode ser necessário adicionar uma pick de primeira rodada)

Fultz assim como Bamba pode estar deixando Orlando. Assolado por diversas lesões desde que chegou à NBA, o armador ainda não teve oportunidade de mostrar seu jogo na liga.

Porém, nas poucas vezes que o vimos jogar recentemente, ficou a sensação de que ele ainda pode ser um jogador extremamente útil caso se mantenha longe de lesões.

Comparo sua situação com a de Robert Williams que, enquanto se manteve saudável na última temporada, teve um desempenho brilhante que ajudou em muito o Celtics a ser o que foi.

Fultz é um passador e um infiltrador muito acima da média, duas coisas que o Celtics precisa com certa urgência vindo do banco.

Author avatar
Daniel Emiliano
https://danielemiliano.com.br
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

9 comentários

  1. Marcio Urawa

    Qualquer um da lista ajudaria saindo do banco.
    Se viessem dois, em posições diferentes, melhor ainda.
    Ross e Burks são meus preferidos para o perímetro.
    Dos bigs, acho que prefiro o JaMychal Green por conta do preço, já que o Magic deve pedir pick de primeiro round pelo Mo Bamba (o que eu não pagaria).
    Vamos aguardar os próximos artigos para saber quem são as outras opções.

  2. José Plinio

    Kemba recebendo aquela fortuna e com papel de titular era péssimo para nosso verdão.
    Porém, se for pra receber menos e vindo do banco, acho que as coisas mudam de figura e ele passa a ser de grande valia. Eu apostaria!

  3. Gustavo Miglioretti

    Burks seria ótimo, ele é bem decente como ball handler secundário tb

  4. Rafa Paiva

    Excelentes opções para qualificar o nosso banco pois esse mostrou ser o nosso grande problema

  5. Ericson Bruno

    Ótima curadoria. Burks, Fultz, Bamba e Green são meus favoritos da lista. Espero que venha coisa boa aí.

  6. Sandro de Almeida

    Reforçar o banco é essencial. Não para para jogar um playoffs somente com oito jogadores. Além destas opções algumas muito interessantes outras nem tanto esperamos que Nesmith se desenvolva e possa ser mais um cara de confiança do Udoka.

  7. Lucas Batista

    Ok. Desses aí já dá pra descartar Kemba (NY > Detroit), Noel (NY > Detroit) e Burks (NY > Detroit). Mo Bamba e Terrence Ross parecem ser uma boa opção! Queria mesmo o Dejounte Murray, mas não sei se valeria um jogador + 3 picks de primeiro round, como fofereceu o Atlanta.

  8. Oberdan Gonzalez

    Dos que não foram citados, gosto do Gallinari e desses aí acho que o KCP (e o Kemba. Vindo do banco, por que não?) ajudariam muito.

  9. Fernando Silva

    Eu apostaria no Mo Bamba. Com a saída do Theis hoje precisamos de alguém que ajude ba área pintada. Embora de posições diferentes, Bamba ajudaria sim com a minutagem do RWl. Precisamos para ontem.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.