Prévia – New York Knicks (29-47) x Boston Celtics (49-27)

Após seis partidas consecutivas disputadas em Boston, das quais saiu vitorioso em cinco, o Celtics pega a estrada e vai até New York, enfrentar seu tradicional rival, o New York Knicks.

Leia mais:

Celtics x Knicks – Parte 1;

Celtics x Knicks –  Parte 2;

Celtics x Knicks – Parte 3 (Final).

Em sua primeira partida no último mês de temporada regular da NBA, o maior campeão da liga tem um claro objetivo: manter-se na liderança do Leste. Para atingir tal feito, contudo, precisará vencer os Knickerbockers sem os talentos de Avery Bradley, que sequer viajou com o time para a Big Apple.

O camisa 0 de Boston permanece afastado, recuperando-se de uma nova infecção alimentar, que já o afastara do confronto da última sexta, contra o Orlando Magic. Será a 27ª partida que o ala-armador perderá em 2016/2017. Para ocupar seu lugar, Jaylen Brown, mais uma vez, será o escolhido.

Além do já certo desfalque de Bradley, outro titular que pode vir a ficar de fora do clássico é o big man Amir Johnson, que ainda sente dores oriundas de uma torção de tornozelo ocorrida na última partida. Sua participação será decidida momentos antes do confronto.

O Knicks, por sua vez, conquistou apenas 5 vitórias, em 15 jogos, no mês de Março e já entra no mês de Abril sem chances matemáticas de chegar aos playoffs. Entretanto, como noticiado ontem, que o Celtics não espere vida fácil: além de ser um de seus maiores rivais, a equipe de New York venceu, recentemente, dois candidatos aos playoffs (Detroit Pistons e Miami Heat).

A vitória sobre a equipe da Flórida, na última sexta, inclusive, merece destaque, já que os Knickerbockers atuaram sem dois de seus principais jogadores – Derrick Rose e Carmelo Anthony. O Knicks não vence dois jogos, de forma consecutiva, desde o fim de Dezembro/2016 e parece disposto a encerrar esse incômodo jejum.

Será o quarto e último confronto entre essas históricas equipes pela temporada 2016/2017. Até o momento, Boston levou a melhor em dois dos jogos.

O clássico entre Boston Celtics e New York Knicks será transmitido pela ESPN.

FICHA TÉCNICA:

Local: Madison Square Garden (New York, NY)

Horário (de Brasília): 14h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

New York Knicks: Derrick Rose(Ron Baker), Courtney Lee, Carmelo Anthony (Sasha Vujacic), Kristaps Porzingis e Willy Hernangomez. Treinador: Jeff Hornacek.

Boston Celtics: Isaiah Thomas, Jaylen Brown, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. Treinador: Brad Stevens.

Rômulo Portugal
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

22 Comentários

  1. Paulo Jr disse:

    Mesmo que o time não mantenha essa primeira colocação até o final, já podemos dizer que Aige é muito acima da média em relação a outros GMs. Quando não fizemos nenhuma movimentação para encorpar o elenco e vimos nossos concorrentes diretos ( Toronto, Wizards e Cavaliers) as primeiras posições se reforçarem, pensei que tinha sido erro que poderia custar mando de quadra. Mais um acerto dele…. O cara é fora de série msm. Agora é torcer, pois acho que temos chances reais de disputar a final da conferência.

    0

    0
  2. Renato disse:

    Sem Bradley e Amir …humm… Celtics 132 X 78 Knicks freguês é freguês e ponto.

    0

    0
  3. Renato Green disse:

    Bradley é um ótimo jogador, muito importante pra gente, mas perde muitos jogos na temporada… isso é complicado e prejudica muito a equipe!

    0

    0
  4. JailtonSV disse:

    Uma pena o Bradley fora novamente, é o melhor defensor da equipe, segundo pontuador depois do Thomas, contribui com rebotes… Mas a ausência dele nessa temporada e nos playoffs do ano passado, somar-se com uma temporada que vem em que ele não esteja com muita frequência em quadra, me pergunto até quanto o Celtics estaria disposto a renovar.

    Bradley é excelente e tem consciência do seu talento, não deve fazer uma pedida baixa. Mas dependendo do ritmo de suas contusões/ausência por outros motivos, pode ser uma boa dar uma olhada na FA de 2018 ou quem sabe envolve-lo em alguma troca (opção que não me agrada).

    0

    0
  5. Fernando C Silva disse:

    AB curte em churrasco grego mais um sucão de “laranja” = R $ 2,00.

    0

    0
  6. Barros disse:

    Jogo chave pro Celtics, Cavs encosta, vamos ganhar celtao! Sem Bradley de novo, tá complicado, mas vamos lá! Thomas 36 pts e 6 ast, Horford hoje é teu dia de brilhar.

    0

    0
  7. Lucas Oliveira disse:

    Guerschon Yabusele, D-League Jogo 2:

    20 pontos ( 7-9 FG, 4-5 3PT)
    11 rebotes (4 ofensivos)
    2 assistências
    6 turnovers
    28 minutos (+7 overall)

    Turnovers não me preocupa tanto pq isso deve ser efeito dá falta de entrosamento, mas que aproveitamento é esse!?

    0

    0
  8. Barros disse:

    Tá na hora de botar ele e Zizic no roster.

    0

    0
  9. Barros disse:

    Que arremesso lixo foi esse de Smart? Tinha 24secs no relógio.

    0

    0
  10. JailtonSV disse:

    Bradley não tá fazendo falta, bela partida do LeBrown James.

    Só uma dúvida, apenas eu sinto uma agonia quando o Rozier está armando? Ele é muito habilidoso, infiltra bem, mas como armador mesmo não tenho muita confiança nele não.

    0

    0
  11. Renato Green disse:

    Boa Celtics!
    Que time sofrível esse do NYK, pelo amor!

    Bom que deu pra descasar a rapaziada!

    0

    0
  12. Lucas Oliveira disse:

    Que jogo divertido (para o Celtics é claro), um quarto inteiro de garbage time… Thomas fora do jogo desde os 3min e pouco do terceiro…. Time inteiro chutando bem… Praticamente 3 dias e meio de folga para pegar um Cavs em back to back. Melhor cenário do que esse é impossível, espero que o time faça valer essa vantagem adquirida.

    0

    0
  13. Marcos disse:

    Vou torcer para o Pacers e usarmos o time suplente para sacanearmos os Cavs.

    Esse time do Knicks do segundo tempo chegou a ser formado por todos jogadores não oriundos do draft.
    Basicamente jogamos contra um time europeu de segunda linha.

    Freguês é isso aí,

    []s verdes

    0

    0
  14. Gustavo Miglioretti disse:

    Jogo perfeito

    vitória fácil, poupando os titulares e deu pra recuperar a confiança do Jaylen e do Rozier pra decisao de quarta

    0

    0
  15. Barros disse:

    Tá difícil secar o Nets viu, os caras tão ganhando tudo, menos pior que o Lakers venceu hj. Mas o Nets segue liderando por dez pontos no último quarto contra Atlanta.

    0

    0
  16. PHABIO PASSOS disse:

    POIS, O PACERS E CAVS, SEGUNDA PORROGAÇAO, QUE LEGAL
    O CAVS JOGA TERÇA E NA QUARTA COM NOS….SERA ELE VAO TER PERNA..

    0

    0
  17. Lucas Oliveira disse:

    Uhul Dale Lakão!!! Kkkk Finalmente venceu uma. Nets não para de vencer, tava ficando preocupado já.
    Se tudo ocorrer como o esperado Nets vence 76ers e Magic, perde a nossa e aí vamos depender dos dois jogos contra o Bulls… Se vencer os dois e o Lakers perder todos eles empatam. Não sei como está no critério de desempate, acho que é vitórias contra times da mesma divisão, já que estão empatados em confronto direto, mas é melhor não​ depender disso.

    0

    0
    • Barros disse:

      Eu estava observar o Lakers, mas tem um time que ligou o foca-se pra season, e esse time se chama Suns, está caminhando pra ser pior que o Nets.

      0

      0
  18. Renato TD disse:

    O Nets tem 5 jogos e só pode ganhar mais 3 e tem que perder 2. Tem 2 com o Bulls , 1 com agente mais 76ers e Magic. Talvez perca para os 76ers e aí o Bulls lutando por vaga ( Estou contando que vamos ganhar).

    0

    0
  19. Maurício Green disse:

    O Nets ta FODA, confiando no Bulls…..

    0

    0
    • Maurício Green disse:

      Estudei aqui e estou mais calmo.

      Sobre tiebreaker, diferente de joga de offs, no caso de draft não tem critério de desempate ou, de início, sorteio. Os times que empatam dividem as porcentagens das picks por igual. Só depois se estás porcentagens não tiverem divisão exata é que ocorre um sorteio para ver quem terá a pequena “vantagem decimal”.

      Simplificando bastante, se houver um empate simples em relação a pior campanha os dos times que empatarem terão 22,5% de chances da first pick. Eu simplifiquei galera, não é exatamente isso mais é quase, teriam uma diferença decimal aí e um sorteio….

      Mas acho que não vem ao caso ir tão a fundo, já que to achando que o Nets reagiu tarde e que Lakers e Suns apertaram o botão do F com umas 3 rodadas de atraso.

      Suns: 22v – 56d (78jogos). Podem/devem chegar a 60 derrotas

      Lakers 22v – 55d (77jogos). Podem/devem chegar até 60 derrotas

      Nets 18v – 59d (77 jogos). Eles perdendo 1 já teremos minimamente chances iguais na loteria. Eles perdendo 2 garantimos as melhores chances isoladamente.

      Para mim eles perdem 3 ou 4 dessas Phili, Bulls, Celtics e Bulls.

      0

      0

Deixe um comentário