Bulls 126 x 116 Celtics

Na noite de sábado(23) o Boston Celtics foi até o United Center enfrentar o Chicago Bulls. E apesar de enfrentar uma equipe já sem pretensões e que estava vindo de uma dura vitória contra o Orlando Magic na noite anterior(22) a equipe do Celtics mais uma vez na temporada decepcionou seu torcedor e saiu com mais uma derrota.

A descrição que melhor define a equipe nessa temporada é a inconsistência. A equipe entra em boas sequências de vitórias mas depois de algum tempo sofre algumas derrotas inexplicáveis. Em Chicago não foi diferente. Vindo do banco Rozier e Hayward tiveram uma atuação muito fraca, um com três pontos(Rozier) e muitos erros, e o outro com cinco pontos(Hayward). As rotações usadas por Brad Stevens também não estavam funcionando, mesmo assim, nosso técnico insistiu em manter formações ineficientes e jogadores que não estavam em uma boa noite, sem nenhuma tentativa de algo diferente.

No primeiro período a equipe até saiu na frente, vencendo por trinta e três a vinte e oito, mas no segundo período o jogo desandou por completo, a equipe parecia completamente perdida e nada deu certo, fomos totalmente dominados, e o Celtics perdeu o período por trinta e seis a dezoito. O restante do jogo foi puro controle da equipe do Bulls, que nunca perdeu por completo a vantagem conquistada no segundo período e apenas controlou o restante do jogo. Sempre que a equipe celta esboçava uma reação Zach LaVine aparecia para aumentar a vantagem do Bulls e foi assim até o final da partida, que terminou com a vitória da equipe da casa.

Pelo lado da equipe celta o maior destaque foi o armador Kyrie Irving, que anotou trinta e sete pontos e distribuiu dez assistências. Al Horford também foi bem, ajudando com dezenove pontos.

O grande destaque dos Bulls foi Zach LaVine com quarenta e dois pontos e seis rebotes. Lauri Markkanen também apareceu muito bem na partida com com trinta e cinco pontos e quinze rebotes.

Será possível que esse time ainda irá engrenar essa temporada? Vamos ver um time diferente nos playoffs? Qual é o real problema dessa equipe, que antes do início da temporada era a favorita na conferência? Parece que ao decorrer da temporada as coisas mudaram, alguns dizem que a equipe é melhor sem Kyrie Irving, outros culpam o técnico Brad Stevens, que parece perdido essa temporada. É difícil apontar um único problema, mas se o Boston Celtics ainda pretende chegar as finais da NBA esse ano, algumas coisas precisam mudar.

O Boston Celtics volta a jogar terça(26) às 22h horário de Brasília contra o Toronto Raptors em Toronto.

Já o Chicago Bulls volta a jogar na segunda(25) às 22h horário de Brasília contra o Milwaukee Bucks em Chicago.

 

Destaques do Bulls

Zach LaVine (42 pontos e 6 rebotes)

Lauri Markkanen (35 pontos e 15 rebotes)

Robin Lopez (17 pontos e 6 rebotes)

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (37 pontos e 10 assistências)

Al Horford (19 pontos e 3 rebotes)

Jaylen Brown (14 pontos)

 

Melhores momentos

 

Publicidade

Henrique Correia
Henrique Correia
Paulista, morador de Bauru no interior do estado de São Paulo, analista de suporte e corredor de rua nas horas vagas. Apaixonado por basquete, descobriu no jornalismo um hobby e quem sabe futuramente pode encontrar uma profissão. Acompanha a NBA desde 2010, torcedor fiel do Celtics, aguarda ansiosamente pra ver seu primeiro titulo.

8 Comentários

  1. Publicidade

  2. Jesus Cristo disse:

    Ontem deu vergonha. Se terça não for diferente, ole ole ola o carro do Tatum eu vou queimar kkkkkkkk

    2

    0
  3. Marco Antônio de Paula disse:

    Mais um jogo fraco do Celtics. Time está sem padrão de defesa;Até quando vão ficar idolatrando um técnico que vive de nome. O time joga sempre nas bolas forçadas de 3. Kyrie joga isolado. Tatum não existe na defesa. Quando o Hayward entra, defesa piora ainda mais. Horford sobrecarregado no garrafão. Time se mostra um bando em quadra. Precisamos repensar esse time.

    4

    6
    • Marcos disse:

      O Brad tem crédito pela temporada passada, por isso fica difícil aprofundar as críticas.
      Esse ano o trabalho dele é horroroso.

      Quando você tem bons jogadores, basta deixá-los jogar em suas posições e ouvir os caras nos timeouts.

      – Bird definia as jogadas do KC Jones
      – Cansei de ver Garnett e Pierce decidindo o que ia ser feito e Valdomiro só olhando

      Nessa temporada, parece que o Brad quer aparecer mais que os jogadores e favorecer uns e outros.

      Wannamaker, Williams e Semi foram DNP contra Chicago.
      Brown jogou minutagem ridícula pro nível que tem apresentado.

      Abs verdes,

      7

      0
  4. Fernando Silva disse:

    Vou resumir o que penso ocorrer nos bastidores sem que saibamos:

    1. KI quer ser no Celtics o que Lebron foi nos Cavs.

    2. Se opõem: Rozier, Brown, GH (menos) e Stevens (com certeza), talvez GH e Tatum.

    3. Stevens não bate de frente. Deixa KI tentar provar a sua tese (e do próprio veneno), mas não o ajuda.

    4. Enquanto essa “queda de braço” durar, não teremos coletivo, salvo em grandes jogos pois aí o time todo quer participar.

    5. Não acho que a disputa seja explícita, mas apenas KI querendo ser Lebron no Celtics e agindo de forma egoísta (e infantil).

    6. Em resumo: enquanto KI agir de forma a indicar que pode fazer o time vencer atuando no isolation, Stevens, Rozier, GH e Brown ficarão olhando.

    7. Quando KI resolver jogar para o time e se reconciliar com a equipe (se ocorrer nesta season ou em qualquer outra) venceremos qualquer um na conferência SE tivemos GH e AH bem (sem lesões).

    8. Parece que DA banca a permanência do Stevens. Não a toa. Tem experiência e sabe que só uma pessoa pode convencer KI a jogar para o time: o próprio KI.

    9. Admiro que Morris (pelo perfil e pelo gênio) não tenha enquadrado KI (o que eu já teria feito faz tempo). Ao contrário Morris foi o primeiro a reclamar dos jovens que querem disputar espaço, justamente, diga-se.

    1

    0
  5. Fernando Silva disse:

    Resumo do resumo: nosso problema é de vestiário.

    8

    0
  6. Fernando Silva disse:

    Desculpem, no item 2 favor ler: Smart e Tatum (talvez).

    Smart tem o perfil mas não identifiquei a conduta.

    1

    0
  7. Noah disse:

    Sinceramente kyrie joga muito, mas é nítido que ele envenenou a equipe, ele resolve, ele é o fp mas o celtics não se resume a apenas um jogador não, o Irving fez igual o LeBron no lakers, desestruturou uma equipe, gosto muito do sei jogo, é decisivo e tudo, mas eu acho que ele já pode ir embora, essa equipe provou ano passado que o jogo coletivo é o melhor para o time,
    Quem sabe um klay Tompson na próxima temporada, e mantém e Rozier
    Se pudesse mandar o hayward e trouxesse o Durant

    8

    0
  8. Fernando Silva disse:

    KI por Davis pau a pau.

    Ambos são estrelas que podem disputar MVP.

    Ambos perdem jogos por lesão.

    Ambos querem e vão obter max contract.

    Torço para que Davis seja melhor de vestiário.

    Mais uma observação: DA é muito frio para não desvalorizar o KI.

    0

    0

Deixe um comentário