Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 109 x 130 Thunder

O Boston Celtics sofreu, na noite desta quarta-feira (16), a sua pior derrota na temporada 2015/2016 da NBA. Mesmo atuando diante de sua torcida, no TD Garden, e contando com o retorno do ala-pivô Kelly Olynyk, o Alviverde sentiu o desfalque do ala Jae Crowder e não conseguiu neutralizar as jogadas do Oklahoma City Thunder, que não teve dificuldades para confirmar a vitória nos três primeiros períodos e bater a equipe celta por 130 a 109.

Mais uma vez, o armador Isaiah Thomas foi o destaque do Boston Celtics, com 29 pontos em 29 minutos, mas o desempenho do camisa 4 não foi suficiente para impedir o tropeço de sua equipe. Entre os reservas, destaque para os 16 pontos do pivô Tyler Zeller, que esteve em quadra quando o jogo já estava resolvido a favor do Thunder. O ala-pivô Amir Johnson, por sua vez, anotou um duplo-duplo, com 11 pontos e 12 rebotes.

Pelo lado do Oklahoma City Thunder, o ala Kevin Durant foi o cestinha, com 29 pontos, e ainda flertou com um triplo-duplo, com nove assistências e sete rebotes. O armador Russell Westbrook, por sua vez, fez 24 pontos, pegou cinco rebotes e distribuiu cinco assistências, enquanto o pivô turco Enes Kanter conseguiu um duplo-duplo: 17 pontos e 12 rebotes.

Com a terceira derrota seguida, o Boston Celtics caiu para a quinta colocação da Conferência Leste, com 39 vitórias em 68 jogos e aproveitamento de 57,4%. O Miami Heat, mesmo sem jogar, subiu para a terceira posição, enquanto o Atlanta Hawks assumiu a quarta colocação. Já o Oklahoma City Thunder, com 46 vitórias em 68 partidas, permanece na terceira posição da Conferência Oeste, atrás apenas de Golden State Warriors e San Antonio Spurs.

O Boston Celtics volta a jogar na noite de sexta-feira (18), quando visitará o Toronto Raptors, às 20h30 (horário de Brasília), no Air Canada Centre. Também na sexta, o Oklahoma City Thunder encara o lanterna Philadelphia 76ers, no Wells Fargo Center.

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (29 pontos e dois rebotes)

Tyler Zeller (16 pontos e três rebotes)

Amir Johnson (11 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

Destaques do Thunder

Kevin Durant (28 pontos, nove assistências e sete rebotes)

Russell Westbrook (24 pontos, cinco rebotes e cinco assistências)

Enes Kanter (17 pontos e 12 rebotes / duplo-duplo)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 comentários

  1. Léo

    Essa reta final sera dureza sem o Crowder…

  2. jose gomes

    Como o time cai na tabela em dois jogos…
    Sem levar em consideraçao que hoje tem hornets x heat, se o hornets ganhar iremos para a 6 colocação e amanhã enfrentaremos o raptors, uma pedreira, que mesmo se tivesse com o Crowder o jogo iria ser pedreira do mesmo jeito!

    É esperar pra ver este jogo de amanhã✌✌

    Let’s goooo CELTIIIIIICS??✌✌

  3. Fabrício Silva Zanateli

    Kevin Durant falou algo sobre a atmosfera de Boston depois do jogo?
    parece que a torcida pedindo ele na próxima season balançou o fera, tomara que venha!!

  4. Paulo Sérgio

    Não podia perder pro Pacers … amanhã já tem jogo difícil e ainda sem o Crowder …. Hornetes ganhando hoje pode ser um passo para trás para dar dois para frente. Ainda da pra pegar esse mando.

    Durant ficou balançado hehehe.

  5. Lucas Oliveira

    Acabei não conseguindo ver este jogo, mas está claro que o Isaiah teve de pontuar sozinho de novo.

    O grande problema disso é que o jogo do IT é baseado na sua velocidade, com o passar do tempo se o time depende só dele, ele começa a cansar, ficar mais lento e os defensores (que também passam a ver que ele é o único perigo real) começam defender as suas infiltrações. Além de claramente ele começar a ter problemas na condução de bola.

    Quando mais se esperava do Bradley e do Turner para chamar o jogo para si e dividir a responsabilidade ofensiva com o IT, ambos sumiram. Turner com 15 pontos somando os últimos 3 jogos e Bradley (com mais tempo de quadra) com média de aproveitamento de .417 nos últimos 3 jogos e pífios .042 da linha de 3 (1 para 11 arremessos).

    • Lucas Oliveira

      Detalhe importante! Destes 11 arremessos para 1, o 1 foi o primeiro arremesso dele no jogo do Houston. O que significa que ele errou 10 arremessos consecutivos somando as 3 partidas.

  6. The Real Jay

    Rapaz, eu não era a favor, mas o Celtics tem que ir com tudo em cima do Cousins! Preciso de outro all-star para alavancar esse time, desse jeito aí, não vai dar muito perigo. Outra coisa Marcus Smart, envolve esse cara no pacote junto.

    • Gbrunus - Giovani B. P. Viani

      Tambem acho tem q trazer um cara pra 5 como o Zaza Pachulia, alguem rodado q faça o trabalho suja como o zeller melhor defenda bem(ele tem uma defesa tipo a do KO boa no coletivo e +- no dentro do garrafão) e n seja nulo no ataque, um pacote no draft smart + pick nets + celtics por AD seria boa, dai nos trazemos Holford e ja era!

  7. The Real Jay

    Jordan Mickey em 8 min= 5pts 2-3 FG 2 REBS( 1OFF) e 1BS. Mais uma vez, minutos pro Mickey por favor !!!!!!!!

  8. […] Apesar de ainda estar vivendo as emoções da temporada 2015/2016 da NBA, o torcedor do Boston Celtics não para de pensar no futuro e na chegada de um astro que ajude a franquia a brigar novamente por títulos. Um dos candidatos a esse posto colocou os pés no TD Garden na noite de quarta-feira (16): pela primeira vez desde o dia 23 de novembro de 2012, o ala Kevin Durant defendeu o Oklahoma City Thunder na capital de Massachusetts e fez uma grande partida, com 28 pontos, nove assistências e sete rebotes em 30 minutos, na vitória de sua franquia por 130 a 109. […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.