Celtics 110 x 97 Nets

Mesmo com vários atletas entregues ao Departamento Médico e poupando as principais peças que sobraram, o Boston Celtics conquistou uma vitória em seu último compromisso na temporada regular 2017/2018 da NBA. Em partida disputada na noite desta quarta-feira (11), no TD Garden, o time verde e branco de Massachusetts fez uma atuação tranquila e derrotou o Brooklyn Nets, sem muitos sustos, por 110 a 97. Foi a quarta vitória celta sobre o Nets nesta edição da liga.

Atleta mais experiente no quinteto titular do Boston Celtics e acostumado a ser uma peça importante na quadra de defesa, o pivô australiano Aron Baynes foi muito acionado no ataque e não decepcionou, registrando um duplo-duplo: 26 pontos e 14 rebotes. Ainda no quinteto titular, destaque para o ala-pivô francês Guerschon Yabusele, autor de 16 pontos, e para o armador Shane Larkin, que chegou perto de um triplo-duplo com 12 pontos, 10 rebotes e sete assistências. Em seu último jogo pelo Celtics, já que seu contrato é válido até o encerramento da temporada regular, o armador Jonathan Gibson saiu do banco de reservas para anotar 18 pontos.

Sem muita motivação, já que não tinha mais chances de classificação para os playoffs, o Brooklyn Nets teve como destaque o ala-armador canadense Nik Stauskas, que fez 18 pontos saindo do banco de reservas. Entre os titulares, o cestinha foi o ala-armador Allen Crabbe, com 16 pontos, enquanto os armadores D’Angelo Russell e Caris LeVert anotaram 11 pontos cada.

Com o triunfo em casa, o Boston Celtics encerrou a temporada regular na segunda colocação da Conferência Leste, tendo uma campanha de 55 vitórias em 82 partidas e 67,1% de aproveitamento. O líder foi o Toronto Raptors, que conquistou quatro triunfos a mais. Já o Brooklyn Nets, com 28 vitórias em 82 jogos e apenas 34,1% de aproveitamento, se despede desta edição da liga na 12ª posição do Leste.

Depois dessa maratona de 82 jogos, a equipe do Boston Celtics volta agora as suas atenções para o primeiro round dos playoffs da Conferência Leste. O adversário celta será o Milwaukee Bucks, que se classificou na sétima posição do Leste, e o primeiro jogo entre as duas franquias será disputado neste domingo (15), às 14h (horário de Brasília), no TD Garden.

Destaques do Celtics

Aron Baynes (26 pontos e 14 rebotes / duplo-duplo)

Jonathan Gibson (18 pontos, dois rebotes e duas assistências)

Guerschon Yabusele (16 pontos e cinco rebotes)

Shane Larkin (12 pontos, 10 rebotes e sete assistências / duplo-duplo)

Destaques do Nets

Nik Stauskas (18 pontos e quatro rebotes)

Allen Crabbe (16 pontos e sete rebotes)

Caris LeVert (11 pontos e seis assistências)

D’Angelo Russell (11 pontos e três assistências)

Boxscore

Melhores Momentos

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 Comentários

  1. Publicidade

  2. Marchall disse:

    Nao consigo me conformar que o J.Gibson não vai jogar os playoffs. Que merda de contrato foi esse? Esse cara é um K.Irving sem grife e com um pouco de gripe.

    Gibson e Monroe são subestimados demais. Stevens tem que perceber isso.

    Rozier cançou? Gibson entrou!

    0

    0
    • Raphael disse:

      Não entendo muito da parte burocrática, mas creio que exceção não possa jogar os playoffs. Silas e Gibson foram contratados basicamente pra dar um descanso ao Rozier e ao Larkin.
      Não sei nem se Allen e Bird poderão jogar também, já que são “two-way contracts”. Se alguém puder esclarecer, agradeço desde já.

      1

      0

Deixe um comentário