Celtics 115 x 102 Timberwolves

Na noite de quarta(2) o Boston Celtics recebeu o Minnesota Timberwolves no TD Garden. Mesmo sem seu principal jogador, o armador Kyrie Irving(lesão no olho), a equipe celta manteve controle total da partida, e mesmo passando por alguns pequenos sustos, se manteve sempre na liderança do placar para alcançar mais uma vitória na temporada. Sem Irving, nosso grande destaque ficou por conta do ala Gordon Hayward, que voltou a ter uma ótima partida anotando trinta e cinto pontos.

No primeiro período o Boston Celtics começou a todo vapor. Liderados por Terry Rozier, que fez onze pontos em dez minutos a equipe celta abriu vantagem e tomou conta do período. Porém o banco de Minnesota entrou no jogo para ajudar, e o time fez um nove a dois no placar ao fim do período, diminuindo a vantagem celta. Placar do período 25 x 21.

No segundo período, nada parecia parar a equipe verde. Logo no inicio do período o Celtics fez dezoito a seis no placar. Com as bolas de três começando a cair, a equipe foi ampliando sua vantagem. Nesse momento do jogo, com a ausência de Rose e Teague, e com Towns sofrendo ofensivamente, os Wolves não tinham poder de ataque, permitindo ao Celtics abrir uma ótima vantagem no período. Hayward teve um ótimo período, e começava a despontar como principal arma no ataque da equipe verde. Placar do intervalo 60 x 42.

No terceiro período de jogo, a história mudou. Hayward seguia bem ofensivamente, mas o restante da equipe não acompanhava o mesmo ritmo. Towns voltou bem do intervalo e impulsionou o ataque do Timberwolves, que cortou a vantagem da equipe da casa conforme a defesa da equipe celta não se encontrava no período. Placar 87 x 81.

No quarto período o Celtics acabou perdendo Marcus Morris, com uma lesão no pescoço. Mas a equipe celta não se abalou e logo no início do período ampliou sua vantagem. Hayward seguiu com sua ótima noite liderando o ataque verde. Wiggins e Towns seguiam lutando para manter a equipe do Timberwolves na partida, mas não foi o suficiente e a vitória ficou com a equipe celta. Placar final 115 x 102.

Os destaques da equipe celta foram Hayward, que teve uma grande noite no Garden, marcando trinta e cinco pontos e distribuindo mais cinco assistências, Rozier também foi bem e anotou dezesseis pontos, Horford contribuiu com mais quinze pontos.

Pelo lado do Timberwolves os destaques foram Wiggins com trinta e um pontos e Towns com vinte e oito pontos e mais doze rebotes.

O próximo compromisso da equipe celta é em casa, contra o Mavericks, sexta(4) às 23h horário de Brasília.

Já o Minnesota Timberwolves, volta a jogar também na sexta(4) em casa, contra o Orlando Magic, às 23h horário de Brasília.

Destaques do Celtics

Gordon Hayward (35 pontos e 5 assistências)

Terry Rozier (16 pontos e 5 assistências)

Al Horford (15 pontos e 5 rebotes)

Jaylen Brown (10 pontos e 5 rebotes)

Destaques do Timberwolves

Andrew Wiggins (31 pontos)

Karl-Antony Towns (28 pontos e 12 rebotes)

Tyus Jones (14 pontos e 9 assistências)

 

Melhores momentos

https://www.youtube.com/watch?v=6G-y0_ZXbgo

 

 

 

 

 

 

Henrique Correia
Henrique Correia
Paulista, morador de Bauru no interior do estado de São Paulo, analista de suporte e corredor de rua nas horas vagas. Apaixonado por basquete, descobriu no jornalismo um hobby e quem sabe futuramente pode encontrar uma profissão. Acompanha a NBA desde 2010, torcedor fiel do Celtics, aguarda ansiosamente pra ver seu primeiro titulo.

5 Comments

  1. Fernando salmazo disse:

    Obrigação minha aqui elogiar o Hayward, quando joga mal, batemos, mas hoje temos que elogiar o grande jogo que fez ontem, parabéns, é isso que esperamos dele.

    10

    0
    • Marcos disse:

      Praticamente 18 pontos de média nos últimos 2 jogos.

      Ontem, a 1a opção do Cara era sempre arremessar, não entendo pq a mentalidade não é sempre essa.

      Abs verdes

      2

      2
  2. Noah disse:

    Acho que minha crítica ao jogo do hayward surtiu efeito, PARECE que acordou, espero que sim!
    Ótimo desempenho dele
    Parabéns

    7

    2
  3. Leo77 disse:

    Acho q o Hayward precisa de confiança, fisicamente está recuperado e sabe jogar, mas se percebe q qdo as suas bolas caem, seu jogo começa a fluir e aí ele se sente confiante pra arriscar, diferentemente de do começa mal um jogo, acho q mais alguns jogos parecidos na sequência serão fundamentais, acredito no seu potencial.

    4

    0
  4. Gostei muito do jogo do G. Hayward, sem querer colocar algo que espero que não exista, mas será que essa melhora no seu jogo dele não pode ter sido pelo ausência da K. Irving?
    Terry Rozier tambem si mostrou mais a vontade nesse jogo.
    Logico com a ausência do K. Irving, a minutagem deles seriam maior, e também a responsabilidade e necessidade de pontuação.
    Espero que seja só isso, e que não tenha nada de mais.

    2

    0

Deixe um comentário