Celtics 134 x 106 Hornets

Publicidade

1.113 jogos depois, o Boston Celtics volta a marcar 134 pontos no tempo regulamentar e conquista sua quarta vitória seguida, desta vez sobre o Charlotte Hornets, pelo placar de 134 a 106, mantendo-se invicto desde o retorno pós all-star break. A partida realizada na noite da última quarta-feira (28) foi amplamente dominada pelo time celta, em mais uma atuação convincente e digna de time que está brigando pelo Troféu Larry O’Brien, com 7 atletas marcando 10 pontos ou mais. A equipe de Massachusetts segue colada no Toronto Raptors, na tentativa de retomar a primeira colocação na Conferência Leste, posto que ocupou durante quase toda a temporada 2017/2018 da NBA.

O primeiro tempo da partida foi um divertido duelo entre os armadores Kyrie Irving e Kemba Walker, já que trocaram cestas a todo instante, numa impressionante performance ofensiva dos dois jogadores. Já no segundo tempo, a equipe de Charlotte foi mais discreta, já que a defesa celta atuou de forma muito consistente no terceiro quarto, permitindo somente 20 pontos, fazendo com que o derradeiro quarto começasse com a diferença de 24 pontos à favor do time de Boston. Além disso, o pivô Aron Baynes foi de extrema importância na parte defensiva, já que sua missão era conter o pivô Dwight Howard. No primeiro tempo, o pivô de Charlotte batalhou no garrafão com o australiano do Celtics, que a todo instante buscou o contato físico intenso, desgastando Howard, culminando num segundo tempo fraco do pivô do Hornets.

O Boston Celtics brilhou ofensivamente. Como dito no início do artigo, a última vez que o time alviverde marcou 134 pontos no tempo normal de jogo, Walter McCarty, atual assistente técnico do time, era titular junto com Chucky Atkins, Jiri Welsch, Ricky Davis e Mark Blount (com 28 pontos do armador reserva Marcus Banks). Além de ter marcado muitos pontos, o time foi também bastante eficiente, acertando 62% dos arremessos de quadra, sendo que a última vez que isso ocorreu foi em abril de 2011, no último jogo do pivô Shaquille O’Neal pelo time de Boston.

O astro Kyrie Irving vem atuando de forma brilhante e é o atual líder da NBA em pontos por minuto (desde o retorno do all-star break). Em mais uma grande atuação, o armador celta marcou 34 pontos em apenas 25 minutos, com assustadores 72% de field goal, 66% de acertos em bolas de três pontos e 100% nos lances livres. A noite da última quarta-feira (28) representou a entrada de Irving num seleto grupo de atletas, tornando-se apenas o quinto jogador a acertar pelo menos 160 arremessos de três em uma mesma temporada vestindo a camisa do Boston Celtics, isso com apenas 63 jogos disputados. Os outros nomes desta lista são Antoine Walker (2001, 2002 e 2003), Paul Pierce (2002), Ray Allen (2008, 2009 e 2011) e Isaiah Thomas (2016 e 2017). O armador parece realmente estar focado, já que na entrevista após o jogo disse que “você sabe o que vem pela frente e precisa se aperfeiçoar num nível mais alto”.

Outro destaque da partida foi o banco de reservas, que marcou 61 pontos, liderados por Marcus Morris e Greg Monroe. O pivô, aliás, fez sua melhor partida até então vestindo a camisa do Boston Celtics, levantando a torcida presente no TD Garden a cada vez que recebia a bola no low post. Monroe não tomou conhecimento dos pivôs adversários, Frank Kaminsky e Willy Hernangomez, pontuando em quase todas as oportunidades e de forma bastante dominante. Marcus Smart e Terry Rozier também fizeram ótima partida.

A fase era boa para o Charlotte Hornets. O time vinha de quatro vitórias consecutivas e precisava desesperadamente de mais um triunfo, já que a temporada entrou num momento em que cada jogo é importante para a classificação final. No caso do time da Carolina do Norte, a situação é ainda pior, já que estão a 4 jogos da zona dos playoffs, mesmo com a derrota do Miami Heat na última quinta-feira (1). Tirar toda essa diferença nos 20 jogos restantes será tarefa difícil para os comandados do técnico Steve Clifford, mas a julgar pelas últimas atuações, em que o time mostrou-se bem melhor organizado e eficiente, a meta torna-se alcançável.

A próxima partida do Boston Celtics será importantíssima, pois viajará até o Texas para enfrentar, no sábado (03) o Houston Rockets, time com a melhor campanha da NBA até então e dono da atual maior sequência invicta, com 14 vitórias. A partida terá início às 22h30 (horário de Brasília), e será transmitida pela ESPN para todo o Brasil. Por sua vez, o Charlotte Hornets volta às quadras na noite desta sexta-feira (02), quando visita o Philadelphia 76ers.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (34 pontos e 5 assistências)

Aron Baynes (12 pontos e 10 rebotes – duplo-duplo)

Marcus Morris (15 pontos e 8 rebotes)

Jaylen Brown (15 pontos e 5 rebotes)

Destaques do Hornets

Kemba Walker (23 pontos e 5 assistências)

Dwight Horward (21 pontos e 3 rebotes)

Frank Kaminsky (16 pontos e 3 rebotes)

Michael Carter-Williams (14 pontos e 3 bloqueios)

Boxscore

Melhores Momentos

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

2 Comentários

  1. Publicidade

  2. Fernando Silva disse:

    Tentemos acabar coma sequência dos torpedos. Já é longa em demasia.

    0

    0
  3. Celso Cachali Jr disse:

    Este foi mais um jogo perfeito… Todos estavam bem. E Monroe e super útil a equipe até na marcação estava muito bem… Estou gostando muito de ver este time. E realmente Smart esta fazendo toda a diferença no time. Eu como um dos críticos mais ferrendo dele, vendo a importância dele no time. Mas ele está mais ajuizado também nesta volta pós lesao. Escolhendo melhor seus arremessos e ações para jogadas.

    0

    0

Deixe um comentário