Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Giro pela NBA – 29/11 – 05/12

 

Saiba o que de melhor aconteceu na NBA nesta semana.

Mais uma semana cheia na NBA. O primeiro destaque vai para a equipe do New Jersey Nets, que conquistou sua primeira vitória na temporada, na última sexta-feira (4), contra o Charlotte Bobcats. A franquia, porém, voltaria a perder no domingo para seu ‘companheiro de derrotas’, o New York Knicks, que surpreendemente venceu o Phoenix Suns com grande atuação de Danilo Gallinari, marcando 27 pontos e apanhando 10 rebotes. O jogo mostrou claramente como Mike D’Antoni conhece bem o time do Arizona e sabe marcar o run n gun comandado por Steve Nash. O mesmo Phoenix Suns fôra vencido com facilidade, sem surpresas, pelo Los Angeles Lakers no Staples Center.

Subindo

O melhor time da temporada, por enquanto, tem de ser destacado. O Lakers de Kobe, Gasol e cia. Vem de 9 vitórias consecutivas e se mostra um forte candidato para o título da conferência, e porque não, do título da temporada.

Quem vem subindo de produção sem muito alarde é o campeão de 2008 Boston Celtics: são 7 vitórias seguidas, com destaque para a do último dia 3 contra o San Antonio Spurs. Com a mesma campanha do time de Boston, vem o Orlando Magic com 5 vitórias em sequência.

Descendo

O Philaldelphia 76ers talvez seja a maior decepção da temporada, até aqui. A campanha da equipe registra 5 vitórias e 16 derrotas, sendo 10, sim, 10 derrotas em sequência. Muito abaixo do esperado para uma equipe que foi aos Playoffs da temporada anterior. Outra equipe que vem muito irregular é o Indiana Pacers. No início do mês de novembro chegou a acumular 5 vitórias em sequência, mas agora tem uma sequência inversa: 5 derrotas.

É de se destacar, primeiramente, a lesão mais grave da semana: Greg Oden. O jovem pivô do Portland Trail Blazers sofreu uma grave lesão no joelho e perderá, sim, o resto da temporada. Algum grupo de cientistas precisa saber o que acontece com um jogador que segundo muitos teria potencial para ser um dos melhores pivôs da liga.

O Brasileiro Leandro Barbosa também se machucou no jogo contra o Sacramento Kings e deve desfalcar o Suns por todo o mês de dezembro. Falando agora em um retorno muito esperado: Blake Grififn. O primeiro jogador a ser escolhido no draft se contundiu antes do início da temporada e deve voltar nas próximas semanas, segundo o último laudo médico. Chris Paul teve seu retorno às quadras no último dia 4, ajudando o Hornets a vencer o Minnesota Timberwolves por 98 a 89.

Player of the Week

O melhor jogador dos últimos sete dias é ala-pivô, e ajudou sua equipe a acabar com um jejum de 22 anos sem conquistar um título. Kevin Garnett ajudou o Boston Celtics a lenvantar a taça na temporada 2007/08, e vem sendo essesncial na boa campanha da equipe de Massachussets. Garnett ajudou o Celtics a obter uma sequência de sete vitórias consecutivas. Nesta semana, foram 3 seguidas.

KG obteve médias incríveis de 19.7 pontos, 7.3 rebotes e 4.3 assistências em três jogos nesses últimos sete dias. Para quem possui 32 anos, e vem de uma grave lesão no joelho, tais números são formidáveis.

Resta esperar para ver se Garnett manterá este ritmo até o final da temporada. Se conseguir, pode ser eleito pela segunda vez na carreira como melhor defensor. Em 2007/08, Kevin Garnett ganhou o prêmio de DPOY (Defensive Player of the Year).

Game of the Week

O melhor jogo desta semana foi disputado em LA, na última sexta-feira (04/12). Miami Heat e Los Angeles Lakers fizeram um duelo espetacular no Staples Center.

A partida foi equilibrada do início ao fim, sendo que nenhuma das equipes obteve uma vantagem maior do que oito pontos. Com 03:46 para o fim do 2° quarto, o time de LA vencia por 43 a 37, seis pontos de vantagem. O Lakers se manteve à frente do marcador ao final do primeiro tempo, o qual venceu por 51 a 48.

Na volta dos vestiários, o Heat tentou se recuperar, mas  aequipe de LA não permitiu. Restando 05;20 para o fim do 3° período, o Lakers vencia por 70 a 62, oito pontos de vantagem. Mas nos minutos finais do quarto, o Heat voltou para a partida e conseguiu empatar o jogo. No início do último período, o placar estava empatado em 76 pontos.

Mas nos minutos iniciais do último quarto, o Lakers voltou para a dianteira do marcador. Restando 06:58 para o fim do jogo, a equipe de LA vencia por 89 a 81.

Porém, mais uma vez, o Heat empatou o jogo, e conseguiu até virar o marcador. Com apenas 20 segundos para o fim do duelo, a equipe de Miami ganhava por 104 a 100, uma diferença grande para pouco tempo de jogo, mas algo extraordinário estava para acontecer.

Com 3 s para o final, o Heat vencia por 107 a 105. O Lakers tinha a bola final do jogo, e qual melhor jogador para definir uma partida como está? Ele mesmo, Kobe Bryant, que converteu um belo Buzzer Beater para dar a vitória para o Los Angeles lakers, por 108 a 105.

Los Angeles Lakers

Kobe Bryant – 33 pts, 7 rebs, 3 ass, 3 rbdas
Pau Gasol – 22 pts, 8 rebs, 4 ass
Andre Bynum – 19 pts, 8 rebs, 2 ass
Derek Fisher – 11 pts, 5 rebs, 3 ass

Miami Heat

Dwyane Wade – 26 pts, 9 ass, 8 rebs
Jermaine O´Neal – 16 pts, 10 rebs, 4 ass
Udonis Haslem – 14 pts, 6 rebs
Quentin Richardson – 13 pts, 8 rebs, 2 ass
Michael Beasley – 12 pts, 5 rebs, 2 ass
Mario Chalmers – 12 pts, 3 ass

Confira abaixo um recap deste duelo fantástico:

http://www.youtube.com/watch?v=DwKq41hsPuw

Para quem prefirir, abaixo você pode ver apenas o Buzzer Beater de Kobe Bryant:

http://www.youtube.com/watch?v=b-3s90fR1ak

Por: Flávio Catandi

Author avatar
Flávio Catandi
Jornalista e Radialista apaixonado por basquete. Participa do Celtics Brasil desde 2008. Já foi redator, colunista e hoje é editor do site. Nas horas vagas gosta de escrever roteiros e gravar curtas e documentários. Pode ser encontrado na cidade de São Paulo com uma camiseta Celta.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.