Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Guia Pré Olímpico das Américas 2011 – Grupo A

Será disputada por 10 países. De 30 de agosto a 11 de setembro em Mar Del Plata (Argentina). Serão dois grupos: A: Canadá, Rep. Dominicana, Brasil, Venezuela e Cuba. B: Argentina, Uruguai, Panamá, Paraguai e Porto Rico.

Classificam-se os quatro melhores de cada grupo. Na fase seguinte, os classificados enfrentam-se em turno completo (AxB). Os quatro primeiros disputam a semifinal: 1º x 4º  e 2º x 3º . Os vencedores estarão classificados para as olimpíadas de Londres 2012 e de terceiro a quinto, para o pré olímpico mundial.

Confira hoje uma análise do Grupo A:

Canadá (23° Ranking FIBA)

A equipe do Canadá, apesar de ter o histórico de único país, além dos EUA, a ter equipes na NBA, não consegue montar uma seleção capaz de ser respeitada no cenário internacional. A ausência de Steve Nash, praticamente descredencia o Canadá a ser postulante a uma das duas vagas do pré olímpico das américas.

Apesar de ter surpreedido na última edição da Copa América de 2009 (ficando na quarto lugar e garantindo vaga no mundial), a seleção canadense agora terá de disputar a vaga olímpica contra seleções mais fortes e remodeladas em relação a Copa América de 2009. Cabe ao Canadá lutar (muito!!) por um lugar no Pré-olímpico muncial.  Uma classificação direta à olímpiada seria uma grande surpresa.

Pontos Positivos:

– Cultura de basquetebol, uma vez que possui uma equipe na NBA (Toronto Raptors).
– É uma equipe jovem, ainda capaz de evoluir.

Pontos negativos:

– Ausência do seu principal jogador: Steve Nash
– Os atletas de maior importância, pouco utilizados em suas equipes.

Elenco:

Jermaine Anderson – Armador – 28 anos – Panionos (GRE)
Cory Joseph – Armador – 19 anos – San Antonio Spurs (NBA)
Michael Jeffrey Ferguson – Pivô – 29 anos – Saint John Mill Rats (CAN)
Kelly Tyler Olynyk – Pivô – 20 anos – Universidade de Gonzaga (NCAA)
Carl English – Ala-armador – 30 anos – Sevilla Cajasol (ESP)
Denham Brown – Ala – 28 anos – Dnipro (UCR)
Andy Rautins – Ala-armador – 24 anos – New York Knicks (NBA)
Aaron Doornekamp – Ala-pivô – 25 anos – Caserta (ITA)
Jesse Young – Ala-pivô – 31 anos – Banca Tercas (ITA)
Jevohn Shepherd – Ala – 25 anos – Frankfurt (ALE)
Levon Kendall – Pivô – 27 anos – Obradorio (ESP)
Joel Anthony – Pivô – 29 anos – Miami Heat (NBA)

Técnico: Leo Rautins

Posição nas últimas edições de Copa América

4° – Copa América 2009
5° – Pré Olímpico das Américas 2007
9° – Copa América 2005
4° – Pré Olímpico das Américas 2003
3° – Copa América 2001
2° – Pré Olímpico das Américas 1999
5° – Copa América 1997
7° –  Copa América 1993
5° – Copa América 1989

Rep. Dominicana (30° Ranking FIBA)

Está na disputa por uma das vagas. É a melhor seleção dominicana dos últimos tempos. Se conseguir jogar de um modo racional, deixando para trás a marca registrada do basquete caribenho (correria desenfreada, excesso de chutes de 3 pontos e pouca leitura de jogo) certamente brigará de igual para igual com Brasil e Porto Rico pela segunda vaga direta para Londres 2012.

Outro grande trunfo da seleção dominicana está no banco de reservas. O técnico John Calipari também é treinador da universidade estadunidense Kentucky, que participou do último Final 4 (quatro melhores equipes universitárias), sendo derrotada somente na final por Connecticut. Calipari se acostumou a revelar grandes armadores. Antes de chegar a Kentucky revelou Tyreke Evans (melhor novato em 2009) na universidade de Memphis e, em seu atual trabalho, John Wall e Brandon Knight. John Calipari pode ajudar muito a seleção dominicana com a filosofia de um jogo cadenciado e forte marcação, características comuns do basquete universitários dos EUA.

Pontos Positivos:

– Possui 3 jogadores na NBA.
– Uma seleção aguerrida, forte fisicamente.

Pontos negativos:

– Ainda carrega o ranço que caracteriza as equipes da américa central.
– Falta de costume em chegar com possibilidades a decisões internacionais.

Elenco:

Al Horford – Pivô – 25 anos – Atlanta Hawks (NBA)
Charlie Villanueva – Ala-pivô – 27 anos – Detroit Pistons (NBA)
Francisco Garcia – Ala-armador – 29 anos – Sacramento Kings (NBA)
Michael Martinez – Ala-pivô – 29 anos – Cocolos (DOM)
Luis Flores – Armador – 30 anos – Krasnye Samara (RUS)
Kelvin Pena – Ala-armador – 30 anos – Tiburones (DOM)
Manuel Guzman – Pivô – 29 anos – Leones Santo Domingo (DOM)
Manuel Fortuna – Ala-armador – 26 anos – Dosa (DOM)
Ricardo Soliver – Ala-armador – 27 anos – Elan Chalon (FRA)
Ronald Ramon – Armador – 25 anos – Winner Limeira (BRA)
Edgar Sosa – Armador – 23 anos – Angelico Biella (ITA)
Elius Baez – Ala – 29 anos – Valladolid (ESP)

Técnico: John Calipari

Posição nas últimas edições de Copa América

5° – Copa América 2009
6° – Copa América 2005
8° – Pré-Olímpico das Américas 2003
7° – Pré-Olímpico das Américas 1999
9° – Copa América 1997
9° – Copa América 1993
6° – Copa América 1989

Brasil (16° Ranking FIBA)

Está entre as candidatas a uma das vagas para Londres 2012. O Brasil vai para o torneio com a missão de resgatar o status da modalidade no país. Sua ultima participação em olimpíadas foi em Atlanta 1996. Desde então, o basquete no país está em nítido declínio.

O Brasil é conhecido mundialmente pelos contra ataques em extrema velocidade e pelo bom aproveitamento nas bolas de longa distância. A principal função do técnico é adaptar esta seleção a uma filosofia tática moderna (escola europeia, cujo foco é a posse de bola e a defesa) que se for bem assimilada pelos jogadores, tem tudo para mudar os rumos do basquete brasileiro.

Pontos positivos:

– Técnico Rubén Magnano, campeão olímpico 2004 (Argentina).
– Tempo de preparação.

Pontos Negativos:

– Ausência dos atletas que atuam na NBA.
– Estar em uma transição de filosofia tática.

Elenco:

Marcelo Tieppo Huertas – Armador – 28 anos – 1,90m – Regal FC Barcelona (ESP)
Tiago Splitter – Pivô – 26 anos – 2,11m – San Antonio Spurs (EUA)
Alex Garcia – Ala-armador – 31 anos – 1,91m – Uniceub/BRB/Brasília (DF)
Guilherme Giovannoni – Ala-pivô – 31 anos – 2,04m – Uniceub/BRB/Brasília (DF)
Marcus Vinicius Vieira de Sousa (Marquinhos) – Ala – 27 anos – 2,07m – Pinheiros (SP)
Marcelo Magalhães Machado – Ala-armador – 36 anos – 2,00m – CR Flamengo (RJ)
Augusto Cesar Lima – Ala-pivô – 19 anos – 2,07m – Unicaja (ESP)
Caio da Silveira Torres – Pivô – 24 anos – 2,11m – Flamengo (RJ)
Rafael Hettsheimeir – Pivô – 25 anos – 2,05m – CAI Zaragoza (ESP)
Rafael Freire Luz – Ala-armador – 19 anos – 1,85m – Lucentum Alicante (ESP)
Vitor Alves Benite – Ala-armador – 21 anos – 1,90m – Winner/Limeira (SP)
Welington Reginaldo dos Santos – Armador – 30 anos – 1,85m – Uniceub/BRB/Brasília (DF)

Técnico: Ruben Magnano

Posição ans últimas edições de Copa América

Campeão – Copa América 2009
4° – Pré Olímpico das Américas 2007
Campeão – Copa América 2005
7° – Pré Olímpico das Américas 2003
2° – Copa América 2001
6° – Pré Olímpico das Américas 1999
3° – Copa América 1997
4° – Copa América 1993
3° – Copa América 1989

Venezuela (22° Ranking FIBA)

Venezuela vem com uma geração bem diferente em relação às últimas edições. Jogadores como Carl Herrera, Victor Dias já não possuem condições de atuar numa competição deste nível. Mesmo com alguns veteranos, é uma equipe remodelada. Basta saber se a reposição terá a mesma qualidade e característica dos jogadores que deixaram a equipe. Dificilmente briga pela vaga, mas sempre é uma equipe dificil de ser batida.

Pontos positivos:
– O basquete é um dos principais esportes no país. Existe cultura de basquetebol
– Mesmo com uma liga não oficial, o campeonato é forte com uma quantidade de estrangeiros que sempre agrega valores aos jovens atletas locais.

Negativos

– Outra seleção estilo “caribeño” sempre abusou muito das bolas de 3 pontos.
– A defesa nunca foi caracteristica das equipes venezuelanas.

Elenco:

Gregory Echenique – Pivô – 20 anos – Creighton (NCAA)
Greivis Vasquez – Armador – 24 anos – Memphis Grizzlies (NBA)
Luis Bethelmy – Pivô – 24 anos – Cocodrilos (VEN)
Hector Romero – Ala-pivô – 31 anos – Indios de Mayaguez (POR)
Axiers Sucre – Ala – 33 anos – Marinos (VEN)
Oscar Torres – Ala-armador – 34 anos – Marinos (VEN)
Jose Vargas – Ala-armador – 29 anos – Trotamundos (VEN)
Richard Lugo – Pivô – 38 anos – Espartanos de Margarita (VEN)
Windi Graterol – Pivô – 24 anos – Cocodrilos (VEN)
Jose Bravo – Pivô – 25 anos – Gigantes de Guayana (VEN)
David Cubillan – Ala-armador – 24 anos – Marquette (NCAA)
Heissler Guillen – Armador – 24 anos – Bucaneros de la Guaira (VEN)
Nestor Colmenares – Ala-pivô – 23 anos – Cocodrilos (VEN)

Técnico: Eric Musselman

Posição nas últimas edições de Copa América

8° – Pré Olímpico das Américas 2007
3° – Copa América 2005
5° – Pré Olímpico das Américas 2003
5.° – Copa América 2001
5° – Pré Olímpico das Américas 1999
7° – Copa América 1997
6° – Copa América 1993
4° – Copa América 1989

Cuba (76° Ranking FIBA)

Cuba é a seleção mais difícil de ser estudada.  Por conta do regime político todos os atletas convocados atuam no país. Nenhum jogo é transmitido, porém, por se tratar de uma potência esportiva existe sempre a possibilidade de surpreender.

Pontos Positivos:

–  É uma seleção permanente, entrosada e se caracteriza pela força física.
–  Falta de informações dos adversários sobre as características de seus jogadores e filosofia de jogo.

Pontos negativos:

– Pouca experiência internacional, o que dificulta a evolução de seus jogadores.
– Ainda é uma seleção muito jovem.

Juan Pineiro Marrero – Ala-armador – 21 anos – Matanzas (CUB)
Abraham Cruz – Pivô – 22 anos – Capitalinos (CUB)
Yaser Rodriguez Alfonso – Armador – 23 anos – Ciego de Avila (CUB)
Orestes Torres – Ala-pivô – 24 anos – Capitalinos (CUB)
Osmel Oliva Garcia – Armador – 24 anos – Capitalinos (CUB)
Leonel Batista Aguero – Pivô – 25 anos – Camaguey (CUB)
Yudniel Perez Arango – Ala-armador – 27 anos – Ciego de Ávila (CUB)
Yordanis Jaca Calderon – Ala – 28 anos – Camaguey (CUB)
Lisan Valdez Maza – Ala – 22 anos – Capitalinos (CUB)
Alexis Mestre Mencia – Armador – 25 anos – San Spiritus (CUB)
Yoan Luis Haiti – Ala-pivô – 29 anos – Ciego de Avila (CUB)
Yorman Pólas Bartolo – Ala – 26 anos – Camaguey (CUB)

Técnico: Ariel Amarillo

Posição nas últimas edições de Copa América

10° – Pré Olímpico das Américas 1999
6° – Copa América 1997
5° – Copa América 1993
7° – Copa América 1989

Tabela Grupo A:

30/08
11:30  República Dominicana vs.  Cuba
30/08
14:00  Brasil  vs.  Venezuela

31/08
11:30  Venezuela  vs.  República Dominicana
31/08
20:30  Canada  vs.  Brasil

01/09
14:00  Cuba  vs.  Venezuela
01/09
18:00  República Dominicana  vs.  Canada

02/09
11:30  Cuba  vs.  Canada
02/09
18:00  Brasil  vs.  República Dominicana

03/09
11:30  Venezuela  vs.  Canada
03/09
18:00  Cuba  vs.  Brasil

Voce pode acompanhar a Copa Américas nos canais de TV a cabo, Sportv e ESPN.

Fonte: www.fiba.com e www.basketbrasil.com.br

Por: Marcello Berro

Author avatar
Marcello Berro

2 comentários

  1. Fellype Ribeiro

    Quais serão os canais que irão transmitir os jogos?

  2. Marcello Berro

    SPORTV e SPORTV2 Canais 39 e 38 da NET/RJ.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.