Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Kyrie Irving minimiza reencontro com Cleveland e enaltece tradição do Celtics

Depois de seis anos como atleta do Cleveland Cavaliers, onde conquistou um título da NBA, três troféus da Conferência Leste e quatro indicações para o All-Star Game, o armador Kyrie Irving disputará, na noite desta terça-feira (17), o seu primeiro jogo de temporada regular com a camisa do Boston Celtics, que o adquiriu em agosto, após uma troca de muita repercussão e polêmica. Logo de cara, Irving terá um reencontro com o Cavaliers e a torcida de Cleveland, que promete fazer muito barulho, para o bem e para o mal, na Quicken Loans Arena. Afinal de contas, mesmo com uma história bonita na franquia de Ohio, o armador pediu para ser trocado e ainda foi parar em um rival recente do Cavs.

Leia mais

Jayson Tatum deve ser titular do Boston Celtics na abertura da temporada 2017/2018

Para quem vê de fora, era esperado que Kyrie Irving apresentasse alguns sinais de nervosismo. Afinal de contas, não dá para esquecer os anos de sucesso em Cleveland. Entretanto, o camisa 11 celta esbanjou tranquilidade e até mesmo um certo desdém em entrevista ao jornalista Chris Forsberg, da ESPN. Irving deixou claro que não há nada o que temer nessa partida e disse que está focado somente na vitória do Boston Celtics.

“A empolgação e a energia estarão lá, mas tudo o que foi criado a mais foi por influência externa”, disse Irving, se referindo a alguns boatos, como a suposta rixa com o astro LeBron James. “Eu não me preocupo com isso, porque, se eu fizesse isso, estaria fazendo um desserviço, para mim e para o meu time. Todos têm direito a uma opinião, e eu respeito, mas o meu trabalho é entrar em quadra, ser o melhor que posso para os meus companheiros de equipe e tentar vencer todos os jogos. Eu entendo isso (a euforia em Cleveland), mas deixo para outras pessoas”.

Kyrie Irving também falou sobre o elenco que o Cleveland Cavaliers montou para a temporada 2017/2018, reforçado não só pelos ex-celtas Isaiah Thomas e Jae Crowder, mas também pelo armador Derrick Rose, pelo ala-armador Dwyane Wade e pelo ala Jeff Green. Para o armador, Cleveland está ainda mais forte, mas nada que o Celtics não possa bater de frente.

“Há apenas um cara faltando lá, eles adicionaram várias peças fantásticas. Conheço muito sobre eles, e eles sabem muito sobre mim. Estou ansioso por esse desafio, porque agora só preciso pensar no jogo quando colocar os pés lá. Eu sei que temos um ótimo time e um ótimo treinador, que está empenhado em nos deixar preparados”, afirmou Kyrie.

Além de mostrar tranquilidade com o retorno a Cleveland, Irving encheu a cidade de Boston e o time do Celtics de elogios. O camisa 11 destacou a cultura vencedora da capital de Massachusetts, disse que quer fazer história com a camisa verde e branca e agradeceu aos torcedores celtas pela ótima recepção, mesmo sendo um jogador que veio de um time rival e terá a dura missão de substituir Isaiah Thomas, ídolo dentro e fora de quadra.

“É muito mais do que eu esperava. Mesmo que você ouça muita coisa sobre o Boston Celtics, você só consegue entender realmente quando se torna abençoado o suficiente para vestir essa camisa e se enriquecer com toda essa cultura. Basta olhar os banners ao redor, cara. Todo dia, nós percebemos a tradição e a cultura que foram construídas aqui, além do que estamos defendendo e o que estamos tentando alcançar. Teve um preço alto (a troca), tem uma expectativa elevada, mas valeu a pena. É emocionante ver quanta cultura tem aqui, isso é o que mais me entusiasma”, frisou o armador.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

5 comentários

  1. Iris Brito

    O rapaz está focado!

  2. Ele vai fazer a diferença para nós nesse ano!!!

  3. Marcio

    Hoje eu não perco esse jogo!!!!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.