Prévia – Indiana Pacers (47-32) x Boston Celtics (47-32)

Embalado por duas vitórias consecutivas sobre o Miami Heat, o Boston Celtics terá, na noite desta sexta-feira (5), uma amostra de toda a intensidade, emoção e drama que o aguardam nos playoffs da temporada 2018/2019 da NBA. Restando cinco dias e três jogos para o encerramento da fase classificatória da liga, o time verde e branco de Massachusetts encara, no Bankers Life Fieldhouse, o Indiana Pacers, que é o seu rival na briga pelo quarto lugar da Conferência Leste e provável adversário no primeiro round dos playoffs. A partida entre Pacers e Celtics, a quarta entre as duas franquias na temporada, será disputada a partir das 21h (horário de Brasília) e terá transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Precisando de vitórias para confirmar a quarta colocação da Conferência Leste, ao mesmo tempo em que poupa alguns atletas, o Boston Celtics fez bem o seu papel antes do duelo decisivo contra o Indiana Pacers, já que, com quatro triunfos nos últimos cinco jogos, o Alviverde está na frente da franquia de Indianapolis por ter melhor desempenho no confronto direto. De confiança renovada pelos bons resultados, o Celtics tem alguns objetivos importantes em Indianapolis: além de consolidar sua posição no Leste, o Alviverde quer demonstrar sua força diante de seu provável oponente no primeiro round dos playoffs e provar que está pronto para maiores desafios em busca do 18º título da NBA.

Para a decisão diante do Indiana Pacers, o técnico Brad Stevens deve manter o australiano Aron Baynes como titular no garrafão do Boston Celtics, ao lado de Al Horford, que sente dores no joelho esquerdo, mas não deve ser problema para o duelo em Indianapolis. Na rotação, o ala-armador Jaylen Brown ainda se queixa de dores musculares na região lombar e só terá presença confirmada minutos antes do confronto. O desfalque certo do Alviverde é o ala-pivô Marcus Morris, em recuperação de uma lesão no joelho direito.

Após sofrer sete derrotas em oito jogos e se complicar na classificação da Conferência Leste, o Indiana Pacers teve dois confrontos duríssimos contra o Detroit Pistons, que ainda luta para avançar aos playoffs, e passou no teste, aumentando a esperança da torcida em busca da quarta colocação. Com um time organizado e trabalhador, o Pacers aposta na pressão do Bankers Life Fieldhouse para vencer e ultrapassar o Celtics: vale lembrar que o único triunfo de Indiana sobre o Alviverde nesta temporada foi em casa, no dia 3 de novembro.

Contra o Boston Celtics, o técnico Nate McMillan não deve fazer mudanças no quinteto titular do Indiana Pacers. O armador Darren Collison, com dores na virilha, e o ala-armador Wesley Matthews, em recuperação de uma lesão no joelho direito, são dúvida para o confronto, mas a expectativa é pela presença dos dois titulares do perímetro. A única e principal baixa do Pacers é o ala-armador Victor Oladipo, cestinha da equipe, que se recupera de uma grave lesão no joelho direito e não entra mais em quadra nesta temporada.

FICHA TÉCNICA

Local: Bankers Life Fieldhouse (Indianapolis, IN)

Horário (de Brasília): 21h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

INDIANA PACERS: Darren Collison, Wesley Matthews, Bojan Bogdanovic, Thaddeus Young e Myles Turner. Treinador: Nate McMillan

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

12 Comments

  1. Erondi Nunes disse:

    Se vencer é possível chegar em 3 o que seria péssimo pois enfrentaria o Toronto no 2 round.

    Sei q é loucura dizer isso, mais to torcendo pra perdemos esse jogo.

    Chegar em 4 ou 5 não faz diferença nenhuma, Pacers ou Sixers não são pareos para nós.

    O melhor seria enfrentar Bucks no 2 round e deixar o mais difícil (Toronto) pro final.

    0

    6
    • Vinicius disse:

      É simples, se quiser ir pra final, não importa o adversário. Tem que ganhar, porque pra mim não há diferença entre perder no round 1 ou na East Finals. Quero NBA Finals, independente do que enfrentar. Então ativem modo Playoffs And thats ALL!

      9

      0
  2. Lucas disse:

    Quem falou pro smart que ele sabe arremessar ?? Que air ball ridiculo

    0

    0
  3. Murilo disse:

    Acho que o velho Hayward voltou hein, ta 9/9 nos FG. E por favor, alguém avisa o Smart que ele não é o Curry…

    4

    0
  4. Fernando Silva disse:

    Jogamos bem, de forma constante e firme. Espero que assim seja nos offs.

    Difícil a 3° seed, faltam poucos jogos.

    Seja a 3 ou a 4, tanto faz.

    Lets Go Celtics !!!

    2

    0
  5. Lucas disse:

    Hoje foi aquele jogo que deu aquela empolgada pros playoffs.

    2

    0
  6. Tiago Coelho disse:

    O melhor de tudo nesse jogo não foi a vitória, foi a vibração que o time está em cada ponto que era feito, isso sim faz um coletivo, to ficando mais otimista, Goooo Celtics.

    2

    0
  7. Gustavo Rangel disse:

    Bom ver Hayward jogando assim. Bom ver a minutagem do Rozier reduzida. Bom ver a meritocracia reinando nesse elenco. E melhor ainda foi ver as reações do banco de reservas em cada jogada de efeito. Defesa funcionando, jogo coletivo no seu mais puro estado. Isso é o Boston Celtics, não há como mudar essa cultura. É assim que ganhamos 17 vezes essa liga.

    Queria muito ver o Myles Turner fazendo um frontcourt com Al Horford. Seria perfeito!! 23 anos, com teto pra evoluir ainda mais e uma proteção de aro nível elite. Provavelmente figurará num dos dois quintetos de defesa da liga. E não seria necessário fazer nenhuma loucura: negocia-se picks razoáveis e role players medianos. Melhoraria muito nossa proteção de aro e rebotes.

    Que venham os playoffs, estou muito empolgado.

    []s Verdes!!!

    8

    0
  8. Tom disse:

    Gostei, e muito.crescer na hora certa.é agora.
    Hayward 6th man que precisavamos.agora preocupação é com Morris e Rosier, estão em um momento muito ruim. Precisam melhorar senão vão prejudicar muito nosso banco nos P’offs.
    Jaylen precisa voltar bem também, essencial pra nossa campanha

    2

    1
  9. Beto Castro disse:

    Hayward jogou muitos minutos a mais do que mereceu a temporada inteira justamente porque essa era a única maneira de ele ter alguma chance de voltar a ser o que ja foi um dia.

    Houve quem pedisse afastamento, G League, mas se ele nos dá esperança nesse ponto da temporada (ainda não temos certeza se está definitivamente de volta) é porque Stevens insistiu nele

    A temporada foi horrível, mas o time é forte e tem talento, sempre teve. Faltou o tempo todo encaixe e mentalidade de time

    Aos trancos e barrancos, parece que conseguimos uma pequena estabilidade. Claro que não e a forma ideal, mas eu não gostaria de enfrentar o Boston Celtics

    PS.: Se Rozier tivesse cabeça, espirito de equipe e fizesse o feijão com arroz, aposto que conseguiria muito mais dinheiro na off-season

    2

    0
  10. Marco Antônio de Paula disse:

    Gostei do time nos últimos 2 jogos, sem oba oba e otimismo exagerados. Os problemas ainda existem, mas podem ser minimizados. Horford jogando na 4, melhorou o garrafão defensivo da equipe. Morris estava muito mal. Vai ter que esquentar um bom banco. Hayward recuperando a confiança, isso é bom. Kyrie sendo mais solidário, é importante. Rozier está mal, isso é chato. Agora é trabalhar mais forte na defesa fora do garrafão também. Smart e Kyrie serão fundamentais. Tatum precisa se ligar mais na defesa. Mas acho que ele melhorou seu jogo, nessas 2 últimas partidas. Agora é ganhar do Magic em casa e garantir o mando por antecipação.

    1

    0

Deixe um comentário