Semifinais do Leste (Jogo 1) – Boston Celtics (0-0) x Philadelphia 76ers (0-0)

Publicidade

Após uma desgastante série de sete jogos contra o Milwaukee Bucks, em que apenas os times da casa foram vitoriosos, o Boston Celtics aproveitou-se do mando de quadra conquistado durante a temporada regular e seguiu em frente no 2018 NBA Playoffs. Agora, o adversário é certamente mais complicado, representando uma ameaça de fora da linha dos três pontos que não se viu na primeira rodada da pós-temporada: Philadelphia 76ers. Na noite desta segunda-feira (30), o maior campeão da história da NBA recebe, no TD Garden, às 21h (horário de Brasília), o seu maior rival histórico na Conferência Leste.

O Alviverde de Boston levou a vantagem sobre o time de Philadelphia durante a temporada regular, fechando a série em 3 a 1, tendo vencido, inclusive, o jogo disputado em Londres. A única vitória do time do estado da Pensilvânia foi justamente na última partida disputada entre as duas equipes, em pleno o TD Garden, ainda no mês de janeiro. Deste período até o final da temporada, os dois times enfrentaram momentos distintos. O Boston Celtics perdeu a liderança da Conferência Leste para o Toronto Raptors, enquanto lidava com as diversas lesões de seus jogadores. Por sua vez, o Sixers cresceu sua produção e manteve o time saudável, culminando num espetacular final de temporada regular, com 16 vitórias consecutivas.

Diferente do que foi apresentado pelo Milwaukee Bucks, a equipe de Philadelphia possui diversas ameaças na linha dos três pontos. Jogadores como J.J. Redick, Marco Belinelli e Ersan Ilyasova, em conjunto com a armação e excelentes passes do calouro Ben Simmons, podem fazer a diferença. Além disso, o espaçamento de quadra causado pelos alas permite ao perigoso pivô Joel Embiid trabalhar no garrafão. No entanto, nas partidas da temporada regular, Embiid teve problemas para vencer a marcação de Al Horford, que o defendeu extremamente bem.

Quando parecia que a lista de desfalques iria diminuir, o técnico Brad Stevens deverá, novamente, ser criativo para montar o quinteto titular. Na última partida, o ala Jaylen Brown saiu de quadra direto para o vestiário com uma pequena lesão no tendão da perna direita e deverá desfalcar a equipe no primeiro jogo das semifinais da Conferência Leste. Além de Brown, os astros Gordon Hayward e Kyrie Irving seguem em recuperação de suas cirurgias, respectivamente no tornozelo esquerdo e joelho esquerdo. Além das estrelas, o ala-pivô Daniel Theis também está em processo de recuperação da lesão sofrida no menisco do joelho esquerdo e não joga mais nesta temporada. O alemão, inclusive, postou um vídeo animador em suas redes sociais nesta semana no qual andava pela primeira vez sem o auxílio de muletas.

O Philadelphia 76ers, comandado pelo técnico Brett Brown, não terá desfalques para a partida desta noite. O time que bateu o Miami Heat na primeira rodada dos playoffs está descansado para o confronto, já que sua série durou apenas cinco jogos e a última partida aconteceu na última terça-feira (24), o que representará um desafio ainda maior para o time de Massachusetts. O desafio do time de Philadelhpia será manter a boa fase contra uma equipe que é sua rival história e com uma torcida apaixonada, que sempre lota seu ginásio e pressiona o adversário como nenhuma outra, como bem alertado pelos veteranos do elenco.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h

Transmissão: SporTV 2 e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Marcus Smart, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

PHILADELPHIA 76ERS: Ben Simmons, J.J. Redick, Robert Covington, Dario Saric e Joel Embiid. Treinador: Brett Brown

 

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

29 Comentários

  1. Publicidade

  2. Sandro disse:

    Celtics em 6

    2

    0
  3. SERGIO disse:

    CELTICS 113 x 109 PHILADELPHIA

    0

    0
  4. Marcos disse:

    Vamos ganhar no overtirme.

    0

    0
  5. Alex Sampaio disse:

    cara sou 1 torcedor realista Philadelphia hoje é mais time .

    0

    0
    • Lucas disse:

      O Philadelphia hj é mais time , estao em uma fase melhor , estão mais descansados , estamos desfalcados , mas esse time ja mostrou tantas vezes esse ano que consegue superar adversidades que nos da esperança
      Nao é que nao somos realistas , é que esse time nos deu motivos pra sonhar

      Go Celtics

      6

      0
  6. João disse:

    Esta franquia foi extremamente infeliz este ano com lesões.
    Aconteça o que acontecer já me enchem de orgulho.
    Só uma coisa peço e tenho a certeza que acontecerá, vender cara a derrota lutando até ao fim.

    0

    0
  7. Tom disse:

    Jogando bem até aqui, as lineups com horford sempre dando certo, impressionante o trabalho do nosso ALL star
    Bola do Morris tá caindo,bom sinal. Rozier e Tatum assumindo a responsabilidade
    Continuar assim esse jogo 1 pode ser nosso

    2

    0
  8. Barros disse:

    O time tá jogando bem, só o Smart parar de forçar que a vitória vem.

    2

    0
    • romuloe2 disse:

      Pra mim essa é a pior e melhor caracterisca do smart, ele sempre acredita que vai conseguir… na defesa isso é fundamental, mas no ataque isso é revertido em tijoladas sinistras! rsrsrs

      1

      0
  9. Murilo Gomes disse:

    Assistindo o time jogar desse jeito mesmo desfalcado, me faz imaginar como seria se nosso celtão estivesse completo kkk

    8

    0
  10. André disse:

    Smart achando que é Curry irrita demais, pqp

    7

    3
  11. Tom disse:

    Que rebote de ataque do smartao em cima do embiid…último quarto, temos o jogo em nossas mãos

    6

    1
  12. Fernando Silva disse:

    A falta de experiência dos principais nomes dos 76’s nos ajudou.

    A defesa dos caras resta bem atrapalhada algumas vezes. Algumas rotações bem perdidas: dobrando no Morris (isso mesmo no Morris) e deixando Rozier e AH livres para chutar de 3.

    A partida consistente do Rozier foi essencial (se jogar sempre assim, vamos longe sim senhor).

    Morris bem.

    A bola de 3 caiu.

    Nossa defesa esteve bem.

    9

    0
  13. Marcos disse:

    Obrigado Stevens, você honra essa casa. Obrigado.

    Al Horford está fazendo o melhor playoff da carreira. Parabéns.

    Os caras vão vir mordidos, importante manter a pressão.

    Abs verdes

    14

    1
  14. Fernando Silva disse:

    Vitória com autoridade.

    Os 76’s levaram um bom baque.

    Aproveitemos a onda!

    8

    0
  15. Sandro disse:

    Prazer offs…Tatum. AH destruindo, o cara é monstro nos offs, Rozier doutrinando, e Smart…que homem!!! Lets Go Celtics!!!

    1

    0
  16. Sander disse:

    Bela vitoria!!
    Com a volta do Brown nossa defesa vai crescer, mais alguém para colocar em cima do Simmons ( Smart, Ojeleye e Brown) e fora que no ataque também ira crescer.

    Galera, estão exaltando os Sixers, mas se repararem, eles não tem banco. Quem joga no lugar do Simmons e do Embiid?? Basicamente eles vão depender da bola de 3 ( Reddick, Belinelk e Ilyasova) só isso.
    Ganhando o segundo jogo em casa, vamos para a casa deles, e eles estarao sob uma pressão que nunca tiveram antes, dá para vim de la com pelo 3 a 1 a nosso favor.

    7

    0
  17. Marco Antônio disse:

    Grande vitoria do Celtão. Agora é manter a pegada para os proximos jogos. Acho que precidamos exploear mais o garrafão deles. Nesse jogo nossas bolas de fora cairam. Mas nem sempre será assim. Gostei do crescimento do Tatum. Rozier sem comentários. Time honrou a camisa. Avante Celtão

    4

    0
  18. Marcos disse:

    Calcanhar de Aquiles foi o covington tb. Fraco na defesa e no ataque. Esse cara é perigoso de fora.

    Abs verdes

    0

    0
    • Fernando Silva disse:

      Concordo. Nossa bola de 3 caiu. Nem sempre acontece. O Covington ficou no vestiário. Pelo que percebi o adversário não tem bom aproveitamento na linha de lance livre. Não os acompanho mas parece que podemos explorar isso no Simmons.

      1

      0
  19. VINICIUS DELLANO disse:

    Não lembro de ter visto isso, todo mundo que jogou fez pelo menos uma de três. Tirando Yabusele e Nader, que jogaram o minuto final quando estava ganho. Doutrinaram pra cimas da pirralhada do sixers. Baynes 6 pontos de duas bolas de três, insano. É não perder o jogo 2, e estaremos bem encaminhados.

    4

    0
  20. Marchall disse:

    Não existe nenhuma possibilidade de segurar o Horford ano que vem e contratar um Blake Griffin da vida pra dar sustentação na defesa e no garrafão?

    Levando em consideração uma possivel troca oferecendo Brown + Smart + Theis por Griffin?

    0

    19
  21. Marchall disse:

    Teriamos um time chato, hein?

    ✓Hayward ✓Morris
    ✓Tatum
    ✓Irving ✓Rozier
    ✓Griffin
    ✓Horford

    0

    16
  22. Barros disse:

    84pontos foi a maior marca de um big3 celta. Parabéns Rozier,Tatum e Horford. E Stevens seu lindo você é um gênio. Meu filho se chamará Brad Stevens.

    5

    0
  23. Netto Santos disse:

    Não dá pra guardar o Horford só pros offs não? Kkkk… O cara tá um monstro nessa pós temporada, jogando tudo que não jogou na regular e muito mais.

    2

    0
  24. Fernando Silva disse:

    AH é jogador de offs. Quantas temporadas vimos PP e KG guardando o melhor para o final. Rondo é assim também.

    2

    0

Deixe um comentário