Prévia (Jogo 4) – Milwaukee Bucks (1-2) x Boston Celtics (2-1)

Publicidade

A vida de time visitante em jogo de playoffs não é fácil e o Boston Celtics foi a prova disso na última sexta-feira (20), quando foi derrotado pelo Milwaukee Bucks pelo placar de 116 a 92, fazendo a série melhor de sete jogos ficar 2 a 1 para o time de Massachusetts. A derrota fora de casa não foi suficiente para o maior campeão da NBA perder o mando de quadra, já que venceu as duas primeiras partidas no TD Garden e, na tarde deste domingo (22), buscará a a terceira vitória na série para ter a chance de fechar a primeira rodada da pós-temporada diante do fanático torcedor celta em Boston.

Relembre os jogos anteriores da série:

Jogo 1 – Celtics 113 x 107 Bucks

Jogo 2 – Celtics 120 x 106 Bucks

Jogo 3 – Bucks 116 x 92 Celtics

O baixo desempenho do armador Terry Rozier na última partida destoou daquilo que vinha fazendo desde a parte final da temporada regular. Espera-se que o camisa 12 do Alviverde de Boston dê a volta por cima e atue novamente de forma confiante. Por outro lado, o pivô Al Horford vem em grande fase e está brilhando nos dois lados da quadra, principalmente na defesa, já que tem a missão de marcar o principal jogador adversário, o ala Giannis Antetokounmpo. Horford, que é o principal jogador ativo no elenco, terá novamente a responsabilidade de atacar a cesta, o que tem dado certo na série, já que o Giannis tem se pendurado com faltas quando marca o dominicano.

O técnico Brad Stevens, após a terceira partida da série, disse que o time “não foi bem defensivamente, mas foi horrendo ofensivamente, especialmente no primeiro tempo”. Tal fato poderia ser corrigido se o comandante celta pudesse contar com os astros Gordon Hayward e Kyrie Irving, os quais se recuperam de lesões no tornozelo e joelho, respectivamente. Além deles, Daniel Theis, que sofreu cirurgia no menisco, está fora da temporada. Por fim, Marcus Smart segue fora do time, pois está se recuperando da cirurgia na mão direita. Smart, inclusive, treinou arremessos antes da última partida com o assistente técnico Jay Larranaga e, se liberado pelos médicos na próxima semana, poderá voltar à equipe.

No lado do Milwaukee Bucks, as mudanças promovidas pelo técnico Joe Prunty surtiram efeito imediato, já que a troca de Malcom Brogdom por Tony Snell, que nada produziu na série até então, permitiu ao time de Wisconsin espaçar mais a quadra. Além disso, Thon Maker teve mais minutos em razão do desfalque do pivô John Henson, com dores nas costas. Maker entrou com bastante energia e conseguiu 5 tocos que ajudaram seu time a manter a liderança da última partida. Henson, inclusive, é dúvida para o jogo de domingo (22), sendo listado como “questionável”, sendo que sua participação depende somente do técnico Prunty.

FICHA TÉCNICA

Local: BMO Harris Bradley Center (Milwaukee, WI)

Horário (de Brasília): 14h

Transmissão: NBA League Pass

MILWAUKEE BUCKS: Eric Bledsoe, Malcom Brogdom, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e John Henson. Treinador: Joe Prunty

BOSTON CELTICS: Terry Rozier, Jaylen Brown, Jayson Tatum, Al Horford e Aron Baynes. Treinador: Brad Stevens

Eduardo Quirino
Eduardo Quirino
Eduardo, 31 anos, nascido em Niterói/RJ mas é Resendense de coração. Bacharel em Direito, estudante de Administração e flamenguista, é apaixonado por esportes e envolvido com o basquete desde os 14 anos. Ex-pilar do Volta Redonda Rugby, ex-capitão do Resende Rugby e atual ala-pivô do Basquete Resende, tem como espelho a lenda Kevin Garnett, razão pela qual começou a torcer para o Boston Celtics em 2008. KG se foi, mas o amor pelo Celtics é pra sempre! Sou um dos calouros do Celtics Brasil e espero vê-los muitas vezes por aqui!

18 Comentários

  1. Publicidade

  2. Fernando Silva disse:

    Acredito que Maker e Snell comecem jogando.

    Com ou sem eles, nos compete conduzir melhor o ataque, com tranquilidade.

    A nossa defesa tem que ser o diferencial.

    Temos, e teremos com os desfalques, dificuldade no ataque.

    Uma defesa bem postada e em pressão deve nos permitir o jogo de transição: facilita a pontuação de Brown, Tatum e até Rozier.

    0

    0
  3. Daniel Carvalho disse:

    Que isso Morris?

    0

    0
  4. Barros disse:

    O Celtics veio jogar hoje? O ataque tá horrível.

    0

    0
  5. Tá foda! Vamos acordar time

    0

    1
  6. é simplesmente inacreditável quantos minutos o larkin tem em quadra …

    1

    0
  7. Daniel Carvalho disse:

    Time deles pega sempre a nossa defesa desmontada, fora do lugar, assim é ruim de defender.

    0

    0
  8. Que aproveitamento ridículo nos lances livres. Ninguém acertou os dois ainda

    0

    0
  9. Douglas disse:

    Num jogo de playoffs você ver a vaca deitar tão cedo é osso

    0

    1
  10. Lucas Oliveira disse:

    Repetição do último jogo, Tatum sentindo a pressão, Morris só fazendo besteira e Rozier muito abaixo do que precisamos dele. Diferença é que o Horford não esteve tão bem quanto esteve no outro jogo e estamos dependendo só do Brown.
    Nessas horas eu me lembro que eu não posso ser técnico, porque já chegaria no vestiário chutando qualquer coisa que estivesse na minha frente.
    Vamos torcer para que o Brad consiga colocar a cabeça do time no lugar.

    1

    0
  11. Marcos disse:

    Por sorte, o técnico do bucks ė besta o suficiente para jogar o dellavedova no lugar do brogdon.

    08 pontos no 4o quarto.

    Abs verdes

    0

    0
  12. Ricardo T. disse:

    Poe a derrota na conta do Jaylen Brown… Segura aquela bola filhote… PQP…

    2

    5
  13. Lucas Oliveira disse:

    Foi uma falta ridícula no Brown que não deram, mas faltou um pouco de maturidade para segurar e gastar o relógio. Mas considerando o jogo que fizemos até o intervalo tem mais coisas boas do que ruins para se tirar desse jogo.
    E que partida do Brown… Esperava um Rozier voando nesses playoffs, mas o cara do time no momento é o Brown, dos dois lados da quadra.

    7

    0
  14. Fernando Silva disse:

    Derrota nos detalhes.

    Deixamos para acordar tarde, não é a primeira vez.

    E os lances livres? Mais uma vez incomodando.

    1

    0
  15. Bruno Ferronato disse:

    Celtics precisa começar bem os jogos. Ter que toda vez correr atrás, ainda mais jogando fora de casa, é complicado. Por outro lado é evidente o poder de reação, o time nunca se entrega. Agora é fazer o resultado novamente em casa. Do contrário a classificação fica difícil.

    3

    0
  16. Fernando Silva disse:

    Aquela última bola do Brown, poderíamos ter gastado o tempo, mas é leite derramado.

    Assim a molecada ganha experiência

    1

    0
  17. marco_rio5 disse:

    Hoje é jogo decisivo. Temos que vencer de qualquer maneira, em caso de derrota, pode dar adeus; Temos que melhorar nosso garrafão defensivo. Também temos que melhorar nossos arremessos de fora. Momento dos garotos mostrarem ao que veio. Tatum será muito importante nesse jogo. Brown deverá receber forte marcação. Depois daquela controvérsia entre Bledsoe e Rozier, o Rozier caiu muito em seu jogo. Acho que entrou na pilha do Bledsoe. hoje é dia de lutar muito pela Vitória. Avante Celtão.

    0

    0

Deixe um comentário