Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Qual o real valor das futuras escolhas de Draft do Celtics?

Hoje estava conversando com um torcedor sobre o real valor da enorme quantidade de picks que o Celtics possui para os próximos quatro anos.

Segundo esse torcedor, com a melhora de nosso time com o passar dos anos, essas picks se tornariam cada vez mais inúteis, assim como as picks de outras equipes como Mavs, Grizzlies e Nets que segundo ele fariam boas campanhas e nos dariam escolhas no máximo intermediarias.
Por fim, na opinião dele, picks do meio para o fim da primeira escolha não nos ajudaria a montar um time bom.
Bom, primeiramente gostaria de dizer que respeito a opinião, mas eu não concordo nem um pouco, e disse pra ele que faria uma matéria sobre isso, para explicar minha opinião. E bem, aqui estamos.

Primeiramente, eu gostaria de falar sobre as picks citadas por ele que possuímos de outras equipes. Mavs (2015), Nets (2016 e 2018), Grizzlies (2017).

As escolhas alheias

A escolha do Mavs é protegida entre 1 e3 e também entre 15 e 13, para este ano, o que quer dizer que é quase impossível que ela seja nossa nesse próximo Draft. No entanto, para o próximo ano, ela é protegida apenas entre a escolha 1 e 7, ou seja, é MUITO provável que a tenhamos no ano que vem.
Na próxima temporada, Dirk e Chandler estarão com 34 e 35 anos.
Ellis, Rondo, Barea, Amare e outros, se tornarão agentes livres e um desmanche pode vir a ocorrer em Dallas.
Salvo Cuban tire algum grande coelho da cartola, o Mavs terá dificuldades para repetir uma campanha igual a deste ano, e uma queda no desempenho da equipe pode ocorrer, o que nos daria uma escolha entre 15 e 22 no Draft, creio eu.

Grizzlies pode sofrer o mesmo problema de desmanche. Zach Randolph, Gasol e Green podem virar agentes livres e isso causaria uma queda gigantesca no desempenho da equipe.
Sua pick tem proteção de loteria por alguns anos, então seria bom se eles não encarassem um rebuilding total e mantivessem posições intermediarias na tabela como a do Mavs, para termos uma escolha entre 14 e 25.

Por fim, as escolhas do Nets.

Essas sim fazem os olhos do torcedor brilhar, afinal a equipe de NY já deu totais demonstrações de que está prestes a entrar em rebuilding, tendo negociado Garnett e colocado à disposição para trocas, Deron, JJ e Lopez, seus três melhores atletas.

O melhor de tudo? Ambas as escolhas do Nets não possuem proteção alguma, portanto se eles entrarem em rebuilding como previsto, são grandes as chances do Celtics acabar com duas escolhas top 5 nas mãos.
Sendo assim, já deu para ver que as escolhas alheias não são tão ruins quanto alguém poderia acreditar.

As escolhas próprias

As escolhas próprias do Celtics vão depender muito do que será feito nessa FA.
Se contratarmos um jogador de calibre All Star como pretendido, fatalmente essas escolhas serão do meio para o fim do projeto, mas caso o processo de rebuilding continue na aposta com jovens, daí teremos escolhas de loteria mais uma vez.
Sendo assim, é muito difícil julgar a qualidade dessas picks, mas o mais importante é. Teremos nossas próprias escolhas nos 4 próximos anos, independentemente da posição (pelo menos essa é a verdade até o mercado se abrir novamente).

Mas qual o real valor?

Picks de primeiro round tem um valor alto para os GM’s da NBA, mesmo que elas não sejam de loteria. E posso provar isso.

Não gosto de julgar atletas com menos de 3 anos de NBA, pois muitos são talentosos mas simplesmente ainda não vieram preparados, sendo assim vou analisar quatro Drafts não tão recentes, mas não tão distantes (2011 até 2008).
Olhem abaixo a quantidade de jogadores interessantes e com bons minutos na NBA de hoje em dia, foram selecionados entre as escolhas 15 e 30 desses Drafts:

 

NBA Draft 2011 | Kawhi Leonard, Nikola Vučević, Tobias Harris, Iman Shumpert, Kenneth Faried, Nikola Mirotić, Reggie Jackson, Jimmy Butler

NBA Draft 2010 | Larry Sanders, Eric Bledsoe, Avery Bradley, Jordan Crawford, Greivis Vásquez

NBA Draft 2009 | Jrue Holiday, Ty Lawson, Jeff Teague, Taj Gibson, DeMarre Carroll

NBA Draft 2008 | Roy Hibbert, Serge Ibaka, Nicolas Batum, Robin Lopez, Marreese Speights, Ryan Anderson, Courtney Lee, George Hill

 

São quase 30 jogadores com seu espaço conquistado na NBA, sendo que 4 deles já foram All Star (Roy Hibbert, Jrue Holiday, Jeff Teague, Jimmy Butler) e dois deles estarão na próxima FA como sonho de consumo de muitos torcedores celtas (Hibbert e Butler).

Mas não precisa ir longe para provar que do bloco intermediário podem sair bons talentos, afinal o Celtics é a maior prova disso. Quer exemplos?
Sullinger (22ª pick), Bradley (19 ª pick), Rondo (21 ª pick) Al Jefferson (15 ª pick), Delonte West (24 ª pick), Tony Allen (25 ª pick), e por aí vai….

Sem contar que Joe Jhonson e Pierce também não foram escolhas top. Foram ambos selecionados na posição 10.

Conclusão

A infinidade de escolhas que o Celtics possui são muito valiosas e podem trazer muitos bons e jovens jogadores no futuro, ou podem ter alto valor de mercado.
Não se surpreenda se Ainge conseguir reforços de elite nessa próxima FA, dando em troca apenas contratos expirantes e pacotes de picks.
Afinal, esse sempre foi o plano de AInge. Se forrar de ativos comerciais para buscar reforços de peso, ou em um segundo caso, seguir com uma construção mais demorada baseada em Drafts.

Author avatar
Daniel Emiliano
https://danielemiliano.com.br
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

13 comentários

  1. Danilo Jeolás

    Muito boa matéria. As escolhas e o swap do Nets devem nos dar picks Top 15 por três anos seguidos. indiscutivelmente valem muito.

    E temos um bom CAP na FA, sem contar a majoração quase sacramentada em torno de 20 MI de dólares.

    Quanto às picks de Mavericks e Grizzlies, não me empolgo muito. Entendo que devem ser empacotadas em alguma negociação com um tanker, à exemplo do que aconteceu com a escolha que tínhamos do Cavaliers.

    E ainda temos a escolha do Clippers no próximo recrutamento, que deve oscilar entre #19 e #23, intervalo de draft no qual o Ainge costuma pescar bons atletas.

  2. Barry

    Como assim picks do meio para o fim não ajudam.
    Nossos maiores sonhos de Center na proxima FA sairam na rodada 2, Jordan ( 33 eu acho ) e Gasol ( 48 eu acho ). É so saber garimpar.
    Esse monte de picks na mão de alguns GMs pode não dá nada msm, mas nas mãos do Ainge, duvido que não saia uma troca boa pro Celtão.

  3. luis

    O melhor de tudo é que além de todas essas escolhas temos uma base que já é promissora (compara nosso elenco com o Sixers, que está em rebuild também).

    Temos Smart, Bradley, Thomas, Sullinger, 4 jogadores que podem formar um excelente grupo de apoio para uma ou duas estrelas ou moeda de troca para uma dessas estrelas.

    Dos times que estão em processo de reconstrução (Sixers, Nuggets, Lakers, Wolves, Magic, Jazz), acho que somos que está em melhor situação.

  4. Danilo Jeolás

    JaVale McGee acertou com o Celtics. Ainge quer os playoffs, imagino que a pressão tenha aumentado com o título do Patriots.

    Mais seis faltas no paint, aumento de rebotes e maior descanso para o Zeller.

    Gostei da aquisição, apesar da absoluta falta de neurônios do McGee.

  5. Barry

    Vamos pegar o contrato dele antigo? Ou é um novo.
    O antigo era ate o ano q vem, 12 milhoes eu acho.

  6. Junior Magalhães

    Adquirindo McGee, Ainge admite que vai em busca dos OFFS, vai ser uma grande disputa com Pacers, Heat, Nets, Pistons e Hornets.

    Indiana vem numa crescente muito forte, ainda acredito que eles possam terminar até na 6ª posição, pois vão ter o elenco completo agora.

    Nets é um time sem rotação, isso deve pesar na reta final.

    Nossa briga deve (acho que vai) ser com Heat e Hornets pela 8 colocação e creio que temos ´poucas chances, a tabela é difícil, porém faremo 13 jogos no TDG e 10 como visitantes , 12 vitórias nos levaria aos playoffs e temos condições de ir buscá-las;

    Somos celtas e quando a temporada afunila, o sangue ferve em quadra, vamos torcer e desfrutar, perdendo ou ganhando, de partidas com muita raça, e aprendizado para o nosso jovem elenco.

  7. Renato

    Acho essa aquisição excelente por parte do Celtics, a recompensa pode ser grande, ele tem apenas 27 anos!!!

    Teremos um cara forte dentro do garrafão, para vir do banco e compensar as falhas defensivas do Thomas, além do que, se ele tiver vontade de reconstruir a carreira , tem espaço para ser nosso center no futuro.

    Acho que nossas chances de playoffs aumentam muito com essa aquisição, acredito que seremos batidos apenas pelos Pacers, mas Heat e Nets ficam inferiores a gente, já que seus diferenciais eram os caras da posição 5.

    GO Celtics.

  8. Renato

    Em relação as escolhas draft, sem dúvidas as do Nets devem ser preciosas no TOP 15, acho que TOP 5 seria sonhar demais. Essas escolhas Ainge só negociará por 1 All Star.

    As demais são ativos, para negócios futuros inclusive as nossas.

    Pergunto qual seria o preço para subir ao TOP 5 da loteria em termos de Ativos?

    Olynyk + Celtics Pick e Clippers Pick seriam suficientes?

    Se for acho que deveríamos fazer isso, e usar nossas duas seconds picks.

  9. Adilson

    Go Celtics! Rumo ao #18!

  10. drakes

    McGee, pelo visto não vem, não aceitou um contrato de duas temporadas, sendo que na próxima teria um opt-out do Celtics.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.