Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Especial: Danny Ainge por um dia (2/4)

Dando sequência ao especial realizado pelo Celtics Brasil, hoje eu, Daniel Emiliano, vou me colocar no papel de GM celta e dar palpites sobre a próxima offseason do Celtics.


Draft

Esse draft está forrado de talentos até mais ou menos a 15ª escolha. Dalí em diante eu vejo uma queda muito grande na qualidade dos jogadores.

Sendo assim eu faria um grande esforço para negociar a pick do Clippers e descer até uma escolha top 12 ou 13. Para isso eu estaria disposto a oferecer além da pick do Clippers de primeiro round deste ano, mais uma pick de primeiro round futura e mais uma escolha de segunda rodada desse ou de próximos drafts.

Meus alvos no Draft seriam jogadores de garrafão especialistas em defesa e alas (SF) com poder ofensivo. Meus alvos seriam:

Myles Turner, Willie Cauley-Stein e Kristaps Porzingis para o garrafão e Kelly Oubre e Justise Winslow para as alas.

Turner e Porzingis podem defender as posições 4 e 5, enquanto Willie seria mais especificamente um defensor de pivôs.

Se por ventura ganhássemos na loteria e tivéssemos uma escolha top3, meus alvos seriam Karl-Anthony Towns e D’Angelo Russell.

Um traria defesa e atleticismo para a posição 5 e o outro trás uma capacidade incrível de pontuação, podendo se revesar entre as posições 1 e 2.

Claro que com Smart, Bradley, Young e Thomas, o setor de armação do Celtics é provavelmente o que menos carece de reforços, mas não se deixa um jogador como D’Angelo Russell passar pelos dedos. Se isso acontecer, pode vir a se tornar um erro lembrado e eternizado na história da NBA.

Dakari Johnson e Moussa Diagne seriam minhas opções de segundo Round. Um bom protetor de aro pode sair daí. Tendo duas escolhas de segundo round, eu não exitaria em pegar ambos, caso possível.


Free Agency

Meus alvos para a FA seriam LaMarcus Aldridge e Marc Gasol mas acho muito difícil que ambos saiam de suas equipes. Motivo? Simples. Existem 6 equipes que ao fim da temporada terão mais espaço disponível no CAP do que o Celtics e tanto Blazers quanto Grizzlies estão nessa lista, o que me leva a crer que as equipes oferecerão contrato máximo e com um ano a mais de duração do que o Celtics pode dar, o que deve impossibilitar as contratações.

Sendo assim minha busca na FA seria por jogadores relativamente jovens que pudessem colaborar dos dois lados da quadra na posição 3 e atletas que adicionassem altura e defesa ao garrafão.

As opções de SF seriam Jimmy Butler e Kawhi Leonard, com Tobias Harris correndo por fora.

No Garrafão que carece de defesa tanto na posição 4 quanto na 5 as opções seriam Draymond Green e Roy Hibbert com DeAndre Jordan correndo por fora, devido ao over-paid que acho que será criado sobre ele.

A possibilidade de trazer Kevin Love seria considerada por mim, mas esse é um movimento que eu só faria se antes conseguisse um Center defensivo.

Em outros momentos fui contra a contratação de Love por confiar na evolução de Sullinger, mas com a recente lesão e a constante falta de compromisso em reduzir seu peso, temo que o gorduxinho celta possa estar rumando para uma carreira de lesões e que seu desenvolvimento seja estagnado em breve.

Contratar Love então passou a ser uma possibilidade aceita por mim. Com isso, colocaria Sully e Olynyk a disposição no mercado, de forma que eu negociaria um deles, quem sabe empacotado com picks para obter um outro bom talento para a equipe, como um bom scorer para dividir a responsabilidade de pontuação do banco com Thomas, ou mais um big defensivo.


Trades

Como GM no entanto, meu foco seria talvez maior em explorar trades do que entrar nos leilões da FA, onde devido ao iminente aumento no CAP em 2017, os pedidos salariais podem estar extremamente inflacionados.

Sixer e Kings já demonstraram interesse em negociar Joel Embiid e DeMarcus Cousins. Embiid nos manteria no caminho de uma renovação muito forte em médio prazo, enquanto Cousins que é um dos mais dominantes pivôs da liga, daria um enorme e imediato “up” na busca por playoffs.

Já na posição 3 eu teria uma boa conversa com o GM do Nets. A equipe está entrando em rebuilding e pode ceder seu melhor jogador, Joe Johnson, por uma oferta bem abaixo do seu real valor.

Com mais de uma dezena de escolhas de primeira roda nos próximos drafts, eu não hesitaria em colocar ao menos 5 dessas picks em jogo para obter bons ativos através de comercio. Olynyk e Young também poderiam entrar na pauta, dependendo da negociação.


Resumo

Abaixo vou fazer uma projeção realista do que acho que seria possível fazer dentro dessas minhas tentativas:

Draft: Selecionamos Myles Turner (PF/C), Kelly Oubre (SF) e Dakari Johnson (C). Young seria enviado na troca para descer no draft.

FA: Contratamos Love e DeAndre por salários maiores do que acho que realmente merecem, e cobrimos as ofertas por Jae Crowder

Trade: Enviamos Sullinger + Exceções comerciais + 1 pick de primeiro round do Wolves em 2016 para o Nets, Joe Johnson

Elenco final seria:

Titulares:

Smart – Bradley – Joe Johnson – Love – DeAndre Jordan

Banco:

Thomas, Turner, Kelly Oubre, Crowder, Gerald Wallace, Olynyk, Zeller, Myles Turner e Dakari Johnson

Seria um elenco de 14 jogadores, com defesa muito forte no quinteto inicial e muitos jovens vindo do banco.

Com esse elenco formado, seria a hora de ir atrás de Pierce para repatriar o ídolo, dar a oportunidade de se aposentar em casa, trazer bolas de 3pts do banco, assim como experiência para a molecada.

KG merece encerrar a carreira no Wolves, onde já está e por tanto eu sequer iria propor a ele um contrato.

Notem que o quinteto titular é relativamente jovem e pode permanecer junto por muitos anos, exceção a Joe Johnson. O fato de eu optar por sua contratação é porque ele pode contribuir efetivamente dos dois lados da quadra por mais uns 2 ou 3 anos, tempo necessário para o desenvolvimento de Kelly Oubre, futuros  postulante a titular da equipe. Crowder por sua vez, é um jogador de papel, e prefiro ele vindo sempre do banco, trazendo defesa, energia e bolas de 3pts.

Author avatar
Daniel Emiliano
https://danielemiliano.com.br
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics.Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

15 comentários

  1. Fernando C S

    Prezado Daniel, concordo em praticamente tudo. Me mantenho reticente com o Love. Ele já deixou claro onde pretende estar. Sinceramente, este não vem seja qual for a condição. Eu sempre escrevi em favor do Lamarcus mas me parece muito distante. Me animo com o Joe Johnson e com o Cousins.

  2. R Silva

    Um kr q esta desacreditado eh o Roy Hibbert, considero um bom nome
    Tenho la minhas duvidad q DeAndre Jordan saia do LAC.
    Embilid, Love, Hibb, Jordan e Monroe… Tem boas variacoes que podem acontecer
    Na 3 um kr q m enche os olhos eh o Harris…. Butler eh um otimo jogador mas ele mesmo afirma q n eh bom o suficiente para carregar um status d estrela
    Smart, Bladley, Harris, Love e Hibb seria espetacular… Mas muitooi dificil d acontecer
    E nesse time o elo fraco seria a dupla d armadores no lado ofensivo…

    No final das contas oq nos salvara sera as TPEs pq CAP muita gente tera

  3. Luca

    Gosto muito dessa possibilidade, mas ainda assim vejo o Joe Johnson como mais um SG do que SF mesmo que jogue nas duas posições mas acho ele uma ótima alternativa para SF se draftarmos um SF e ai como está ai no Texto o tempo que ele ainda jogaria seria o tempo dele realmente se estabelecer na liga se não for um Bust, claro(Como foi Fab Melo, J.R. Giddens, JaJuan Johnson, etc) e nas posições de PF e C acho as melhores opções, porém dificeis de acontecer (mais provável a do DeAndre Jordan) então teria alternativas , para SF pensaria em Jimmy Butler mesmo sendo de origem um SG sua defesa impressiona e acho uma opção mais jovem mesmo que mais difícil já que não temos muitos SF de qualidade na FA e é difícil conseguir por via de trocas , mas Tobias Harris seria uma boa opção para um SF de “Verdade” porém de menos qualidade.
    Já na posição de PF acho o Love a melhor opção mas acho que ele não sai de Cleveland agora, então temos como outras opções draftar Myles Turner só para Pressionar o Sullinger a realmente emagrecer e fazer com que ele tenha que se esforçar cada vez mais para não perder a vaga titular, em pior caso há possibilidade de fazer uma troca com os 76ers por Nerlens Noel mandando Sullinger e PickS e talvez mais algum jogador de menor importância no elenco Celta.
    Já na Posição 5 acho DeAndre Jordan a melhor opção trazer ele na FA já que o Clippers não vai ter Cap para manter o elenco já que ele vai querer um contrato maior, uma segunda opção seria o DeMarcus Cousins , já que o Kings se mostrou disposto a trocar ele o Celtics fazendo uma proposta Generosa pode trazer Cousins para Boston e a última porém não pior opção para mim seria a Vinda de Embiid seria uma troca parecida com a de Noel mas seria um ou outro , isso dependeria das outras opções mas isso se torna bastante provável já que os 76ers mostraram que podem trocar qualquer um como fizeram com MCW ainda mais Joel Embiid que desde o Draft já não mostrava interesse nos 76ers e mostrava muito no Celtics e Lakers (Com esperança de subir no Draft seu agente so mostrou o “exame” de sua lesão para Celtics, Lakers… E não para os 76ers) .
    Já no Draft a minha escola seria Cauley-Stein

  4. Luca

    Com isso teríamos espaço para trocas e teríamos de cara um time muito bom.
    É essencial à troca de Gerald Wallace
    Smart-Isaiah Thomas
    Bradley-Young
    Butler-Jae Crowder-Turner
    Love-Jerebko-Bass
    Cousins-Cauley
    *Completando

  5. The Real Jay

    Marcus Smart rookie do mês pelo leste, boa garoto.

  6. Gerson Guarino

    Boa Ainge Emiliano ,perfeito na opinião .

  7. Eduardo Rocha

    Algumas trocas me parecem muito absurdas, Joe Johnson é o 2º jogador mais bem pago da liga, e não está nem entre os 10 melhores, não vejo ele jogando no Celtics de novo, também não acho que valeria a pena se esforçar tanto pelo Cousins, apesar de acha-lo um ótimo jogador teríamos que dar muito aos Kings. Por mim o Ainge mantem o esqueleto do time, que cresceu muito nesses últimos meses, Smart-Bradley-(?)-Sullinger(?) e focaria exatamente nas posições que são nossa carência, sem necessariamente comprometer nosso cap, o importante aqui não é fazer um time pra ganhar o 18º titulo, e sim fazer um time que em 10 anos ganhe pelo menos 3, ta certo que não estamos nos anos 60, e hoje em dia a disputa é maior ( nos play-offs, pois na regular a maioria fica com o freio de mão puxado).
    Então eu focaria em um center na FA e pra mim poderia ser o Jordan que vem segurando o garrafão do Clippers muito bem sem o Griffin, e subiria a nossa pick pra selecionar um SF de ponta, minha escolha seria Stanley Johnson que tem dificuldades pra criar seu próprio arremesso, mas já demonstra lampejos de um ótimo jogador.
    Tendo o Jordan no elenco nosso garrafão melhoraria absurdamente, tendo em vista que os outros jogadores poderiam aprender mais com ele no dia a dia de treinamento.
    A, só mais um detalhe, nunca fui muito fã do Bass, não pelo basquete e sim pelo salario, mas eu acho que o Ainge deveria renovar com ele, e não com o Jerebko, ele pode não arremessar tão bem fora do garrafão, mas ele tem sido um celta de verdade a muito tempo, e poderia continuar fazendo seus raps no vestiário.

    • Fernando C S

      Sobre o Bass, assino embaixo. Esse sim tem perfil, diferente do Love por exemplo.

    • Daniel Emiliano

      JJ teria só mais um ano de contrato. Com o CAP disponível imenso e a gigantesca quantidade de exceções comerciais que temos, poderíamos absorver esse contrato dele numa boa.

      Existem outros jogadores que podem atuar de SF na liga, melhor que ele, massss… não são fáceis de se conseguir.

      JJ por outro lado, me parece MUITO fácil de se adquirir, pois o Nets vai doar ele.

      Como pode atuar bem dos dois lados da quadra, seria uma contribuição muito valiosa para a equipe no primeiro ano. Após isso, é só ver se o SF draftado já está preparado, ou então renovar com JJ por um valor bemmmmm menor.

      • Fernando C S

        Sobre o JJ concordo mas não o acho nosso FP. Se ele assumir tal função não levamos o banner. Em resumo: podemos traze-lo e acho até uma boa. Mas precisaremos de um senhor CENTER para brigarmos pelo título.

  8. Eduardo Rocha

    Esse Ainge é imprevisível, e nossas opiniões não, enquanto estamos todos indo com a maré ele anda sobre a água, assinou com um Javalí!
    Sabe-se lá o que passa pela cabeça dele.

  9. Thiago Reis

    Mudaria apenas algumas coisas, Turner é cru demais, muito potencial, mas o risco é grande, me lembra muito o caso do Vonleh, que nem consegue minutos nos Hornets, pra mim, ainda mais com uma trade up, é WCS all the way, já é um exímio defensor HOJE, poderá contribuir imediatamente, lembra muito o Tyson Chandler, muita energia e marra rsrs. Tentaria o Butler antes do Love, pelo simples fato de a oferta de PFs ofensivos ser muuuito maior que SFs, e o Butler é mais novo e mais completo, caso não role, Love seria o segundo alvo. Mas nada muda enquanto não conseguirmos nosso center defensivo.

  10. Digor33

    Sei não, estou tudo achando muito longe para nos.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.