Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Spurs 115 x 135 Celtics

O Boston Celtics entrou em quadra nesse sábado (09), diante do San Antonio Spurs, na AT&T Center. Fora de casa, os comandados de Brad Stevens conseguiram um grande triunfo, sendo dominantes por toda a partida e vencendo pelo placar de 135 a 115.

Com um ótimo primeiro quarto, o Celtics mostrou toda sua coletividade e dominou todo o período, jogando novamente de uma maneira leve e controlada. Aproveitando a rotatividade da bola, Boston teve muitos destaques, já que Jaylen Brown, Marcus Smart e Gordon Hayward tiveram muito volume de jogo no primeiro quarto. Mesmo com algumas dificuldades na defesa, a transição defensiva da equipe de Brad Stevens permaneceu sólida, conseguindo conter o San Antonio Spurs no garrafão.

No segundo quarto, a defesa continuou encaixada, trazendo novamente problemas para o Spurs, mas dessa vez no perímetro. O time texano, por sua vez, dominava os rebotes ofensivos, mas tinha dificuldades para converter os pontos de segunda chance. Contando com o bom poderio ofensivo, o Celtics manteve a regularidade no ataque, e teve novamente Jaylen Brown e Marcus Smart como destaques.

O maior revés de Boston na partida veio nesse período. Gordon Hayward, que vinha fazendo uma partida regular, lesionou a mão esquerda e ficou fora do restante da partida. O ala irá fazer exames com especialistas na segunda-feira para saber a gravidade da lesão e se será necessário uma cirurgia. Confira o lance:

Na volta do intervalo, Boston parecia um pouco desanimado, com algumas falhas tanto defensivas quanto ofensivas. Durante o período, o ataque se encaixou e começou a distribuir novamente as pontuações, principalmente em chutes de Kemba Walker. O problema do Celtics no terceiro quarto foi novamente os rebotes, que possibilitaram muitos pontos de segunda chance para o Spurs, que não desperdiçaram dessa vez. Alem disso, a defesa se desorganizou em alguns momentos, mas nada que mudou o cenário do jogo.

Com a partida praticamente decidida, Brad Stevens começou a rodar o elenco, dando oportunidades para outros jogadores entrarem na rotação. Mesmo sem suas principais peças, o Boston Celtics continuou jogando de maneira certa, rodando a bola e explorando os espaços. Com destaques para Brad Wanamaker, Robert Williams e Javonte Green, o time verde e branco manteve o ritmo de toda a partida e confirmou, no Texas, a sua sétima vitória seguida.

O Boston Celtics volta a quadra novamente na próxima segunda-feira (11), diante do Dallas Mavericks, no TD Garden, ás 21h30 (horário de Brasília)

Destaques do Celtics

Jaylen Brown – 30 pontos, 7 rebotes e 3 assistências.

Kemba Walker – 26 pontos, 5 rebotes e 8 assistências.

Jayson Tatum – 19 pontos, 7 rebotes e 4 assistências.

Destaques do Spurs:

DeMar DeRozan – 22 pontos, 2 rebotes e 4 assistências

Patty Mills – 20 pontos, 1 rebote e 2 assistências

Bryn Forbes – 14 pontos, 1 rebote e 2 assistências

Author avatar
Diego Marcondes
Paulistano, 16 anos. Torcedor do Boston Celtics desde 2015, sonho em ser jornalista no futuro. Escrevo sobre o basquete do São Paulo no SPFC 24 Horas e sobre NBB no Jumper Brasil.

7 comentários

  1. Edivaldo

    GH parece ser feito de papel.

  2. Tiago Coelho

    Não consegui ver o jogo todo, vi só melhores momentos num vídeo de 10 min, pelo que vi parece que Robert Willians tá evoluindo bastante.

  3. Marco Antônio de Paula

    Time jogou bem coletivamente. Esse time ficado e bem concentrado pode dar trabalho aos favoritos, apesar de alguns problemas de garrafão defensivo. Uma pena a lesão do GH. Vinha jogando um excelente início de temporada. Gostei da personalidade do Brown no jogo. Tatum evoluindo muito em relação a temporada passada. Kemba bem, um cara coletivo, sem ser egocêntrico. RW. Se bem preparado vai dar caldo. Atributos físicos absurdos do garoto. Se conseguir conciliar seu físico com vc inteligencia poderá ser dominante na posição. Enfim , o caminho é longo e o trabalho é duro. Mas temos que manter essa visão , de concentração e defesa forte ao longo da temporada.

  4. joao paulo joaozinho

    Poh, já começou a palhaçada das lesões. Triste isso. Parece que enterraram um chifre de bode em massachusetts. VSF.

  5. R2

    Mais um jogo que o calouro Grant Willian sai zerado… Esse cara precisa desinibir e começar a ajudar ofensivamente. Nosso banco tem que pontuar e já temos o ojelei que é nulo..

  6. Aleluia
    Não aguentava mais ser saco de pancada do Spurs…kkkkkkkkkk

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.