Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

1ª escolha no Draft – “Sonhar não custa nada, esse sonho é tão real…”

Quando Paulinho Mocidade cantou o samba enredo de 1992 da escola de samba alviverde Mocidade Independente de Padre Miguel jamais imaginou que em 2017 este serviria para uma matéria do Celtics Brasil relacionada ao Draft da NBA.

Como todos sabem, este ano o Boston Celtics tem o direito de trocar sua escolha com o Nets, mas o que poucos imaginavam é que essa pick poderia se tornar número 1. Mas como diz o enredo “está na hora de sonhar, porque esse sonho é muito real!”

Até o momento o Brooklyn Nets fez 47 jogos na temporada, obtendo apenas 9 vitórias, o que significa um aproveitamento de 19%. Ou seja, a cada 5 jogos, O Nets vence apenas 1, o que o coloca como a pior equipe isolada da NBA.

Se observarmos o aproveitamento do Nets até aqui, levando em conta que para a equipe faltam 35 jogos até o final da temporada, a previsão é de que eles terminem com um recorde de 16 vitórias. Para se ter uma ideia, a segunda pior equipe da liga hoje já tem 15 vitórias (Phoenix Suns). Dessa forma, se o aproveitamento do Nets se mantiver, bastará apenas mais 2 vitórias para que o último lugar seja de Brooklyn.

Esporte não tem lógica matemática, existem outros fatores internos e externos, contextos emocionais e estratégias executivas que podem variar a tendência acima citada. Mas a verdade é que o sonho da 1ª escolha geral no Draft nunca foi tão real pro Boston Celtics.

Vale lembrar que ser o último colocado na temporada não garante a primeira escolha automaticamente, visto que é realizado ainda um sorteio com 1000 bolinhas, com cada uma das 14 equipes fora dos playoffs tendo direito à um certo número de bolas. Quanto pior a colocação na tabela, maior é esse número e consequentemente maiores as chances de obter uma boa escolha. No caso, o Celtics teria a seu favor 250 das 1000 bolinhas da loteria,  uma grande chance para ser a primeira pick (25%)

A pior colocação do Nets garantiria, no pior dos casos, uma 4ª escolha em um Draft que promete ser extremamente talentoso. As escolhas de Brooklyn estão se transformando em um tesouro jamais imaginado, e embalado pela proximidade do Carnaval, fica aqui mais uma passagem do samba enredo da Mocidade 92:

“Não custa nada sonhar, neste mundo infinito onde tudo é ilusão, mergulhar na realidade é sonhar com o Celtics, é sonhar com o pé no chão, estrelaaa, estrela de luz que me conduz para a primeira escolhaaa!”

 

Author avatar
Renato Machado
Meu nome é Renato Gaspar Machado, formado em Direito, atuo na área de liquidação financeira do Banco do Brasil, tenho 35 anos, Casado com 1 filha de 4 anos. Sou torcedor fanático do Celtics, apaixonado pela NBA. Moro no Rio de Janeiro.

12 comentários

  1. Francisco Machado

    Por mim traria um armador.
    Se vier Fultz, Ball ou Smith seria perfeito.
    Ainda tem o Jackson. Entao na pior das hipoteses, uma pick 4, sobraria um desses armadores.

  2. drakes

    Ficando no top 2 do draft está ótimo, ou Fultz ou Ball, atrás um pouco eu vejo o Josh Jackson, menos interessantes Denis e Monk.

  3. Pra galera que aompanha mais o College, o Jackson não seria um bom encaixe no time não? Completando a lacuna de SF. Isso se ficarmos em 3º ou 4º e não vierem Fultz ou Ball

    • Paulo Robeto

      Cara tenho acompanhado bastante o College justamente pelo fato de termos picks altas acho q o Jackson nao é o melhor encaixe.Acho q deveríamos pegar um dos armadores Fultz/Ball/Smith por que tem um potencial absurdo.
      Mas se for pensar em encaixe vejo o Jonathan Isaac de Fsu como um encaixe perfeito pro time o cara traz duas coisas que precisamos ja de cara rebotes e proteçao de aro, ele teve um jogo de 7 blocks ja, e ofensivamente entraria sem problemas no esquema do Stevens porque é o otimo arremesador.Jackson vem sendo parecido com o Jaylen Brown no basquete universitario nao creio que precisamos de outro dele.

      • drakes

        Jaylen Brown nos dois jogos que vi na NCAA não me impressionou, pode ser azar, acho o Josh O’Neal Jackson muito melhor, ele tem bom passe, ontem anulou o Monk no segundo tempo, e anda acertando as bolas de 3.

        Me parece além do potencial que sempre é discutível, um jogador com menos furos no jogo, a pulga para mim é o FT dele ser tão ruim, mas se o Stevens emparelha o Jerebko e Brown, dá pelo menos em tese para mim, fazer uma dupla Josh e Jaylen.

        Mas, eu vejo que o Celtics deveria pegar o jogador que a diretoria ser a estrela, depois encaixe.

  4. iria seco seco no Fultz em caso de pick1…. pra daí preparar pra possível trade com Smart ou até mesmo perda do Bradley caso este queira renovar somente pelo máximo!!!!

    daí Fultz seria um encaixe pra entra jogando e de repente adaptado na SG ao lado do Thomas, já que não faz sentido algum até aqui, não pensar em renovar com o Thomas mesmo que pelo máximo!

  5. Lucas Oliveira

    Com a “sorte” que a franquia tem eu prefiro manter o pé no chão e analisar os 4 melhores mesmo…

    Quanto a escolha, varia de acordo com a qualidade do draft, mas para mim pick 1 e 2 obrigatoriamente tem de ir para os melhores jogadores. Questão de encaixe deve ser pensada para frente, se os melhores são PG paciência, pegamos um PG.

    Até porque é muito mais fácil trocar um jogador pick 1 ou 2 por um encaixe com mais ativos envolvidos – não estou sugerindo nada, só explicando o ponto de vista -.

  6. Maurício Green

    Renato vc estava certo e eu fiquei precupado com a postura do início de temporada do Nets a toa. Fora eles serem péssimos o valor do “único” assets q eles tem, Lopez, caiu muito. Ou seja, ano que vem devem continuar muito fracos….

    Sobre o draft sou a favor de draftar o melhor talento disponível sempre, encaixe no time tem q ser um fator de desempate. Esse caras tem que dar, ao mínimo, mais um grande passo para se estabelecer na NBA. Com mais talento tem mais chance de dar esse passo.

  7. Junior

    Ball.facio de Lonzo Ball. Pontua muito e defende muito

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *