Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Após acerto com o Celtics, Gordon Hayward exalta “cultura vencedora” de Boston

Anunciado como reforço do Boston Celtics para a temporada 2017/2018 da NBA na noite de terça-feira (4), o ala Gordon Hayward publicou um artigo no site The Players’ Tribune para se despedir dos torcedores do Utah Jazz e falar um pouco sobre a decisão de trocar a franquia de Salt Lake City, que defendeu por sete anos, por um novo desafio na capital de Massachusetts.

Hayward admitiu que foi muito difícil deixar o Utah Jazz, que foi semifinalista da Conferência Leste na última edição da NBA, mas disse que o Boston Celtics foi o “ajuste certo” para o que deseja no momento. Além disso, o camisa 20 exaltou a tradição vitoriosa do Celtics, maior campeão da história da liga, e da cidade de Boston, que também coleciona títulos com New England Patriots (futebol americano), Boston Red Sox (beisebol) e Boston Bruins (hóquei). Por fim, o ala rasgou elogios ao atual elenco celta e ao treinador Brad Stevens, com quem trabalhou no Butler Bulldogs, da NCAA.

“Depois de sete anos em Utah, decidi me juntar ao Boston Celtics. Muitas coisas boas me puxaram nessa direção. Existe a cultura vencedora de Boston, como uma cidade do Red Sox, do Patriots, do Bruins. Existe a história especial do Celtics como uma franquia, de Russell, de Bird, de Pierce, e continuando. Existe o potencial incrível dessa equipe do Celtics, dos proprietários, dos dirigentes, até o elenco talentoso com Isaiah Thomas, Al Horford e outros. E, claro, existe o treinador Stevens, não só pelo relacionamento fora da quadra, mas também pelo que começamos a construir em quadra, todos esses anos atrás, em Indiana. E esse negócio inacabado que tínhamos juntos, em 2010, quando deixei Butler para jogar na NBA, continua, mesmo depois de tantos anos. Vamos em busca de um campeonato”, afirmou Hayward.

Gordon Hayward assinou contrato de quatro anos e US$ 128 milhões com o Boston Celtics, sendo que o último ano desse vínculo é opção do atleta. Para não ter problemas na folha salarial, o time verde e branco ainda deve fazer trocas nos próximos dias, e o atleta mais cotado a sair da franquia é Jae Crowder, que joga na mesma posição de Hayward.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 comentários

  1. Lucas Braga

    Alguém está acompanhando os jogos da Summer League? Cadê o ZIzic? Morto em quadra, nem bloquear sabe!

  2. Francisco Machado

    Rumores de uma S&T com o Jazz, pra limpar o CAP.

  3. Francisco Machado

    Tatum me faz lembrar o Melo em alguns momentos. Esse vai ser um scorer nato.

  4. phabio passos

    O CARA NEM CHEGOU E PESSOAL JÁ CRITICA, PARA TIME DE FUTEBOL, DEPOIS DIZEM QUE EU SOU CHATO E ANTIPÁTICO AQUI,POIS, O JOGADOR VEIO DE ESTILO DE JOGO DIFERENTE DO EUROPEU E DA NBA, O TIME DO CELTICS TEM ESTILO DE JOGO DIFERENTE QUE PIVÔ DE GARRAFÃO QUASE NÃO JOGA,O JOGADOR SÓ FEZ O SEGUNDO JOGO DA NBA,ESSE JOGOS DO SUMMER E MUITO IMPORTANTE PARA SE ADAPTAR A NBA E TIPO DE JOGO,AINDA VAI TREINAR COM BRAD, ELE SERA MUITO UTIL PARA NOS,OK

  5. Digor33

    Pô galera, para a vinda de Hayward teremos que perder todo o nosso poder ofensivo? Bradley, Smart e Crowder!!!!!

    Não vão trazer mais ninguém de nome não, IT ano que vem vai querer o máximo, já era!!!!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.