Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Boston Celtics acerta troca do pivô Aron Baynes para o Phoenix Suns

Durante o 2019 NBA Draft, realizado na última quinta-feira (20), no Barclays Center, o Boston Celtics confirmou a transferência do pivô australiano Aron Baynes para o Phoenix Suns, com a intenção de aliviar a folha salarial para a montagem do elenco que disputará a temporada 2019/2020 da NBA. Baynes defendeu a franquia verde e branca de Massachusetts por dois anos, depois de passagens por San Antonio Spurs e Detroit Pistons.

Dono da 24ª escolha do 2019 NBA Draft, após troca com o Philadelphia 76ers durante o recrutamento, o Boston Celtics repassou essa escolha e Aron Baynes para o Phoenix Suns em troca da escolha de primeiro round do Milwaukee Bucks no Draft de 2020, que tem proteção top-7 e foi obtida pelo Suns como parte do acordo que levou o armador Eric Bledsoe para Milwaukee. Com essa escolha adquirida junto ao Celtics, Phoenix selecionou o armador Ty Jerome, campeão universitário por Virginia em 2019.

Contratado pelo Boston Celtics em 2017, Aron Baynes tem 32 anos e se tornou uma peça importante na rotação verde e branca nas últimas duas temporadas da NBA. Em 2018/2019, Baynes defendeu o Celtics em 51 partidas, 18 delas como titular, com médias de 5,6 pontos e 4,7 rebotes em 16,1 minutos, com 47,1% de aproveitamento nos arremessos.

Mesmo sendo reserva na maior parte do tempo em Boston, Aron Baynes se tornou um dos atletas favoritos da torcida do Celtics, por sua aplicação defensiva e disposição em quadra. Em entrevista no mês de maio, o australiano fez vários elogios aos fãs celtas e manifestou interesse em permanecer na franquia.

“Eu sei que meu coração ainda está aqui em Boston. Eu amo Boston, tem sido ótimo para a minha família. Não há lugar melhor para jogar do que o TD Garden durante os playoffs ou quando você está reagindo durante uma partida. Quando eu penso nisso, sei onde quero estar”, disse Baynes.

Com a troca de Aron Baynes, além da ida de Al Horford para o mercado de agentes livres, o Boston Celtics terá que se reforçar no garrafão para 2020. O único pivô confirmado no elenco celta é Robert Williams, que completa 22 anos em outubro e disputou a sua primeira temporada como profissional em 2018/2019. Apelidado de “Timelord” pelos torcedores celtas, Williams é visto como uma promessa em Boston, mas tem pouca experiência: na última temporada, o jovem pivô disputou apenas 32 jogos, com médias de 8,8 minutos por partida. Nomes como Clint Capela, do Houston Rockets, e Nikola Vucevic, do Orlando Magic, já estão sendo ventilados em Boston como possíveis reforços para o setor.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

16 comentários

  1. Samucarj

    D’Angelo Russell ficou bem animado com a escolha do Langford pelo Boston…
    Inclusive está no feed dele pra todo mundo ver.
    Com essas escolhas Brown ou Gordon H devem sair tem muita gente pra posição 2/3.
    Baynes foi importante mais já deu sua contribuição.

  2. Erondi Nunes

    Ainge “se livrou” do Baynes e ainda conseguiu uma first round pick, ainda falam q não é um bom dirigente.

    OKC colocou Steven Adams pra troca, é mais uma excelente possibilidade.

  3. Fernando Silva

    E essa do KI? Teria dito que não gosta da cidade de Boston…

    Foi a cereja do bolo!

    Já vai tarde.

  4. Fernando Silva

    Torço muito para que KI vá jogar pelos Nets.

    De preferência que Russel, que já manifestou querer vestir verde, venha.

  5. Marchall

    Vai tarde já!
    KI pode até ser um cara que desequilibra e um enorme pontuador.. mas não marca nada. Longe de ser um Kawhi, LeBron, Westbrook, etc

  6. Sander

    O W.Cauley-Stein pediu para sair do Sacramento, seria uma boa ??

  7. Lucas Busulo

    Kyrie Irving at 22 (Year 4)

    21.7 PTS, 5.2 AST, 3.2 REB (36.4 MPG)
    46.8 FG%, 41.5 3PT%

    D’Angelo Russell at 22 (Year 4)

    21.1 PTS, 7.0 AST, 3.9 REB (30.2 MPG)
    43.4 FG%, 36.9 3PT%

    D’angelo so venha ganhar seu primeiro titulo com a gente

    • R2

      Acredito que essa seria a melhor movimentação para Boston… Russel, Big Al e Vucevic (se couber) ou um pivô reboteiro tipo o capela (por troca) ou até um meia boca na FA tipo Lopez ou Kanter.

  8. Marchall

    Pra você ver como Kyrie Irving é superestimado. É um jogador muito bom, só que longe de ser um MVP!

    Se DA não fosse tão lerdo poderíamos tentar Russell, mas as especulações dele no Mavs está fortíssima!

  9. Marcelo Gouveia

    Baynes é um jogador razoável, vindo numa negociação razoável, como foram algumas das contratações do Boston nos últimos tempos.

    De razoável em razoável, os anos foram se passando e essa década vai terminando com certo ar de melancolia. Time grande não pode ficar tanto tempo sem frequentar as finais. E jogadores como o Baynes não mudariam esse estado de coisas.

    O Celtics precisa rever a postura dos últimos anos, tanto dentro qto fora de quadra. Pragmatismo demais atrapalha. Jogadores razoáveis demais atrapalham.

    • Teobaldo

      O último parágrafo de seu comentário é sintomático, Marcelo Gouveia, e reflete exatamente o que ocorreu com o Boston Celtics na última década. Ficamos, na minha opinião, “montando o time do futuro que nunca chegou”. Abraços!

  10. […] 2019/2020, e a escolha 30 foi adquirida em julho de 2019, após negociação com o Phoenix Suns, que levou o pivô Aron Baynes e os direitos do armador Ty Jerome. A escolha 47, por sua vez, foi parar nas mãos do Celtics depois da troca envolvendo o Charlotte […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.