Boston Celtics e os lances livres da morte