Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 103 x 102 Kings

Em seu retorno ao TD Garden, após cinco jogos seguidos como visitante na Conferência Oeste, o Boston Celtics tinha algumas contas a resolver diante do Sacramento Kings, em partida disputada na noite desta segunda-feira (25) e válida pela temporada 2019/2020 da NBA: além de se vingar da derrota sofrida para o Kings no último dia 17, o time verde e branco de Massachusetts precisava da vitória para não se distanciar dos líderes da Conferência Leste. Com muito sufoco e emoção, o Celtics fez valer o mando de casa, bateu a franquia de Sacramento por 103 a 102 e manteve os 100% de aproveitamento em Boston nesta edição da liga.

Sem contar com Kemba Walker, Gordon Hayward e Daniel Theis, o Boston Celtics teve dificuldades para controlar o Sacramento Kings. Depois de vencer o primeiro quarto por 22 a 19, Sacramento abriu vantagem de 11 pontos durante o período seguinte. O Celtics, entretanto, conseguiu a virada antes do intervalo e ficou com sete pontos de frente. Nos dois últimos quartos, o Celtics esteve na liderança por boa parte do tempo, sofreu alguns sustos do Sacramento Kings no último quarto, mas garantiu a vitória com quatro pontos de Marcus Smart nos segundos finais.

Com tantos desfalques, o Boston Celtics concentrou as suas jogadas na quadra de ataque nos alas Jaylen Brown e Jayson Tatum, que não sentiram a responsabilidade: enquanto Brown foi o cestinha celta, com 24 pontos, Tatum anotou 20 pontos e pegou seis rebotes. O destaque do Alviverde, porém, foi o combo guard Marcus Smart, com 17 pontos, sete assistências e cinco roubadas de bola.

Pelo lado do Sacramento Kings, quem chamou a atenção foi o ala-armador Buddy Hield, que estava em uma noite inspirada e anotou 41 pontos, com 11 arremessos certeiros de longa distância. O ala Harrison Barnes, com 20 pontos, foi o principal auxiliar de Hield, enquanto o ala sérvio Bogdan Bogdanovic saiu do banco de reservas para chegar perto de um duplo-duplo, anotando 13 pontos e distribuindo oito assistências.

Com 12 vitórias em 16 partidas e 75% de aproveitamento, o Boston Celtics está na segunda colocação da Conferência Leste, ao lado de Miami Heat e Toronto Raptors. O líder do Leste é o Milwaukee Bucks, que tem duas vitórias e um jogo a mais que a franquia de Boston. O Sacramento Kings, por sua vez, permanece na nona posição da Conferência Oeste, com sete vitórias em 16 partidas e 43,8% de aproveitamento.

Boston Celtics e Sacramento Kings voltam a jogar pela temporada 2019/2020 da NBA em compromissos marcados para a noite desta quarta-feira (27), a partir das 21h (horário de Brasília). Enquanto o time verde e branco de Massachusetts recebe o Brooklyn Nets no TD Garden, o Kings enfrenta o Philadelphia 76ers no Wells Fargo Center.

Destaques do Celtics

Jaylen Brown (24 pontos e quatro rebotes)

Jayson Tatum (20 pontos e seis rebotes)

Marcus Smart (17 pontos, sete assistências e cinco roubadas de bola)

Destaques do Kings

Buddy Hield (41 pontos e cinco rebotes)

Harrison Barnes (20 pontos e três rebotes)

Bogdan Bogdanovic (13 pontos e oito assistências)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

2 comentários

  1. drakes

    Buddy Hield ama o celtics e acabou em 1 x 1 o confronto contra o Kings, sobre a campanha em si, o importante é ir somando vitórias já que contratempos existem na NBA, Celtics já pegou quase todos alguns dos favoritos a finalistas de conferência seja no oeste ou leste, e só se deu mal contra o sixers, um jogo vencido por ampla margem pelo time adversário.
    No geral, as surpresas positivas até aqui heat, raptors, suns, já as negativas são o Spurs, blazers, apesar da campanha do Boston estar acima do pensava, eu via (e vejo) o time como terceira força do leste, mas acho que dá para abocanhar a segunda colocação, o que seria ótimo por que no leste me parece só ter 6 times competitivos.

  2. R2

    Que bola ruim do Tatum no fim do jogo, airball num momento desses é tenso, melhor ter partido pra dentro e esperado a falta!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *