Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 103 x 86 Cavaliers

Já houve análises de jogos, nessa temporada, nas quais comentamos péssimos jogos do Celtics, com estatísticas horríveis e desempenhos sofríveis de nossos jogadores. Pois bem, esqueçam tudo isso. No jogo de ontem, contra o Cleveland Cavaliers, o Boston Celtics fez de tudo e mais um pouco. Até mesmo contamos com a presença do saudoso Gino Time (dos áureos tempos de Big 3).

O Celtics entrou no jogo sob risco de igualar a maior sequência de derrotas, em casa, desde a temporada 2006/2007 (pré Big 3). Felizmente, não alcançamos esse marco negativo. Desde o primeiro minuto, a equipe de Boston mostrou um basquete bastante eficiente, tendo marcado 18 dos primeiros 20 pontos da partida. Não obstante, a defesa celta continua mostrando considerável evolução, já que o Cleveland Cavaliers terminou o primeiro quarto com míseros 10 pontos (5/21 nos arremessos). A equipe alviverde, que costuma sofrer nos quartos iniciais, terminou os primeiros doze minutos de jogo com incríveis 61,1% de aproveitamento nos arremessos.

Em um cenário desses, melhor oportunidade não há para quebrar tabus ou estabelecer partidas individuais memoráveis. No último momento do 3º quarto, Brandon Bass (isso mesmo que você leu) acertou a primeira cesta de 3 de sua carreira ! Até o jogo de ontem, Bass, em sua 9ª temporada na NBA, estava 0/16 nos arremessos de longe. Esse bendito arremesso foi apenas o quarto de Brandon Bass, na área de 3 pontos, desde que chegou ao Celtics, ainda em 2011. Jared Sullinger continua impressionando aos fãs celtas, tendo feito quatro cestas de 3 no jogo de ontem.

Destaque também para Jeff Green, que, com 31 pontos, foi o cestinha do jogo e alcançou seu season-high. Contudo, quem merece maior atenção é o armador Jordan Crawford. Ainda na temporada passada, quando chegou a Boston, o outrora ”Fake Jordan” sofreu inúmeras críticas, devido ao seu estilo de jogo egoísta e afobado. Crawford, no entanto, vem tratando de dissipar quaisquer críticas, sendo, discutivelmente, o melhor jogador celtic, até esse momento, na temporada.

Jordan Crawford conquistou seu primeiro triple-double, com a camisa celta, na partida de ontem. Foi o terceiro em sua carreira. Com esse nobre feito, Crawford passa a ser o 9º jogador celta a conseguir um triple-double. Cabe dizer que o Triple-Double só virou uma estatística oficial em 1979. Apenas Larry Bird, Antoine Walker, Paul Pierce e Rajon Rondo conseguiram mais de 1 TD com a camisa celta. Será que “Fake Jordan” consegue seu segundo e integrará esse seleto grupo? O mundo dá voltas…

Por fim, mais uma vez a equipe de Boston distribuiu bem a bola, tendo todos os membros do seu quinteto titular feito 10 ou mais pontos. O Boston Celtics volta às quadras, ainda neste Sábado, para enfrentar o Bucks, em Milwaukee. Depois, volta ao TD Garden, no dia 03/12, para enfrentar, novamente, a equipe de Wisconsin. O Cleveland Cavaliers segue em seu calvário de derrotas, agora com o ridículo desempenho de 4 vitórias em 16 jogos. Seu próximo jogo será contra o Chicago Bulls, ainda hoje.

Destaques do Jogo:

Boston Celtics:

– Jordan Crawford: 11 pontos, 10 assistências e 11 rebotes (3º triple-double da carreira);
– Jeff Green: 31 pontos (season-high);
– Avery Bradley: 21 pontos (9/11 nos arremessos);
– Brandon Bass: 12 pontos e 8 rebotes (acertou a primeira cesta de 3 em sua carreira).

Cleveland Cavaliers:

– Dion Waiters: 21 pontos e 6 assistências;
– Anderson Varejão: 10 pontos e 12 rebotes;
– Kyrie Irving: 17 pontos.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

6 comentários

  1. Daniel Emiliano

    Ontem deu TUDO certo…não tinha como perder.

    – Bradley parecia o Michael Jordan nos crosovers e jump shots com aproveitamento surreal.

    – Bass defendendo MUITO e guardando bola de 3

    – Sullinger metendo mais bolas de 3pts que Ray Allen

    – Green naqueles noites de All Star

    – Crawford metendo TD !!!!!!!!!

    Ou seja, os CINCO titulares mitaram !
    Não tem como perder pra ninguém, assim…rs

    Destaque pro Humphries que de mansinho ta tirando os minutos do Vitor, jogando duro e fazendo o serviço sujo do time, sem buscar estatísticas.

  2. Danilo Jeolás

    No mar de mediocridade do Leste, Stevens levará os Celtics aos playoffs.

    E chama muito a atençäo a evoluçäo de Bass e Crawford (principalmente) na temporada.

  3. Raphael

    ontem foi um massacre fazia tempo que não via os celtics jogarem tão bem.

  4. […] Leste, o Boston Celtics volta a jogar já neste sábado (30), em mais um back-to-back e 24h após derrotar o Cleveland Cavaliers em casa. Desta vez, o time celta vai até Wisconsin, onde enfrentará o Milwaukee Bucks no BMO Harris […]

  5. Fernando

    Boa observação sobre o Bass. Temos que criricar, como eu e imagino que praticamente todos do site já fizeram, e também devemos reconhecer quando o jogador vai bem. Espero que ele continue assim e não tenhamos mais críticas ácidas ao seu desempenho (mas acho difícil). Próximo jogo: é hora se tirar a má impressão da partida.anterior contra o Bucks.

  6. […] nos duelos contra o Cavaliers e contra o Bucks, Lee foi submetido a uma ressonância magnética durante a última semana, que […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.