Celtics 105 x 114 Nuggets

Restando menos de um mês para o início dos playoffs da temporada 2018/2019 da NBA, o Boston Celtics teve um jogo em clima de decisão na noite de segunda-feira (18), contra o Denver Nuggets, dono da segunda melhor campanha da Conferência Oeste. Contando com o apoio da torcida verde e branca, que preencheu os 18.624 assentos do TD Garden, o time verde e branco de Massachusetts fez um duelo equilibrado diante da franquia do Colorado, mas não teve forças no último quarto e foi derrotado por 114 a 105 pelo Nuggets. O duelo em Boston também foi marcado pelas homenagens dos torcedores ao ídolo celta Isaiah Thomas, que agora defende Denver.

Mais uma vez, o cestinha do Boston Celtics foi o armador Kyrie Irving, que precisou de 36 minutos para anotar 30 pontos e pegar cinco rebotes. Referência no garrafão celta, o pivô dominicano Al Horford contribuiu com 20 pontos, seis rebotes e seis assistências, enquanto o ala-pivô Marcus Morris fez 13 pontos e pegou cinco rebotes. Já o armador Marcus Smart, em noite pouco inspirada no ataque, anotou 10 pontos e pegou quatro rebotes.

Destaque do Denver Nuggets na temporada, o pivô sérvio Nikola Jokic fez uma grande atuação no TD Garden e chegou perto de um triplo-duplo, com 21 pontos, 13 rebotes e sete assistências. Parceiro de Jokic no garrafão da franquia do Colorado, o ala-pivô Paul Millsap também encerrou o jogo com um duplo-duplo: 12 pontos e 11 rebotes. O ala-armador Will Barton, por sua vez, fez 20 pontos e pegou quatro rebotes.

Com a derrota em casa, o Boston Celtics permanece na quinta colocação da Conferência Leste: o Alviverde venceu 43 das 71 partidas que disputou e tem 60,6% de aproveitamento. Já o Denver Nuggets, que sacramentou sua classificação para os playoffs com a vitória no TD Garden, está empatado com o Golden State Warriors na liderança da Conferência Oeste, sendo que cada equipe tem 47 triunfos em 69 jogos.

Agora, após três jogos seguidos como mandante, a equipe do Boston Celtics pega a estrada para dois duelos fora de casa. O primeiro desses confrontos será na noite desta quarta-feira (20), às 20h (horário de Brasília), contra o Philadelphia 76ers, no Wells Fargo Center. O Denver Nuggets terá um tempo maior de descanso e só volta a jogar na noite desta quinta-feira (21), diante do Washington Wizards, na Capital One Arena.

O jogo

Após anotar os quatro primeiros pontos da partida e empolgar a torcida no TD Garden, o Boston Celtics sofreu 13 pontos consecutivos do Denver Nuggets, que assumiu a liderança do jogo contando com arremessos certeiros de três pontos de Gary Harris e o domínio da dupla Millsap/Jokic no garrafão. Pressionado, o Celtics não permitiu que o Nuggets disparasse: com Al Horford acertando jogadas importantes na quadra de ataque, Boston perdeu o primeiro quarto por apenas dois pontos.

No segundo quarto, com Kyrie Irving acertando jogadas e Jayson Tatum participativo, o Boston Celtics virou o jogo. Denver, entretanto, não se entregou: com Nikola Jokic e Will Barton comandando o ataque, a franquia do Colorado reassumiu a liderança no placar e levou uma vantagem de três pontos para o intervalo.

Depois do intervalo, o Boston Celtics encaixou a marcação, começou a contar com cestas de Marcus Morris e virou mais uma vez o placar, empolgando a torcida. Porém, na reta final do período, o Denver Nuggets aproveitou os erros da defesa verde e branca e deixou tudo igual antes do período decisivo: 80 a 80.

Animado pelo empate na reta final do Q3, o Denver Nuggets entrou no último quarto em um ritmo alucinante, enquanto o Boston Celtics cometia vários erros na quadra de defesa. Com jogo coletivo forte, Paul Millsap dando trabalho no garrafão e Nikola Jokic acertando cestas de três pontos, a franquia do Colorado abriu vantagem e deixou Boston em situação delicada. Mesmo com Kyrie Irving chamando a responsabilidade no fim, o Celtics falhou: a 31 segundos do fim, Millsap praticamente decretou a vitória no Nuggets, com uma jogada de quatro pontos. Pouco depois, veio a confirmação do tropeço celta por 114 a 105.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (30 pontos e cinco rebotes)

Al Horford (20 pontos, seis rebotes e seis assistências)

Marcus Morris (13 pontos e cinco rebotes)

Destaques do Nuggets

Nikola Jokic (21 pontos, 13 rebotes e sete assistências / duplo-duplo)

Will Barton (20 pontos e quatro rebotes)

Paul Millsap (12 pontos e 11 rebotes / duplo-duplo)

Melhores Momentos

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

7 Comentários

  1. Publicidade

  2. eric diegues disse:

    o time deles e bom

    3

    0
  3. Fernando Silva disse:

    Muito bacana a homenagem ao IT.

    Saudade do nosso anão.

    1

    0
  4. Fernando Silva disse:

    ET: parece que o casaca vai voltar a jogar. Convidado foi. Não me surpreenderá se aceitar para tentar mais um anel.

    0

    0
  5. Gustavo Melo disse:

    Era a chance de encostar no Pacers…

    0

    0
  6. Sandro disse:

    Acho que a temporada passada fez mal pra quem torce pro Celtics…aquele time todo remendado nos fez sonhar alto demais.A volta das nossas estrelas e a quase certeza de ver nossa molecada evoluir nessa temporada nos fez ter esperança, e ainda tinhamos a confiança que nosso técnico também ia melhorar.Tomara que que nos offs as coisas mudem e tudo comece a ir a nosso favor…não acredito muito nisso mas….
    LETS GO CELTICS!!!

    0

    0
  7. Erondi Nunes disse:

    O Stevens tem sim culpa no cartório, mais o baixo APROVEITAMENTO (incluindo o Kyrie) é culpa dos jogadores.

    Derrota mais q normal, não muda nada o cenário para os playoffs.

    Precisamos q o Hayward tenha média de 15 pontos nos offs.

    1

    0

Deixe um comentário