Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 108 x 100 Pelicans

Mesmo estando em um processo de renovação e promovendo um novo tank, o Boston Celtics encontrou tempo para surpreender o New Orleans Pelicans, na noite desta segunda-feira (12), no TD Garden. Diante de um candidato aos playoffs da Conferência Oeste, o Alviverde soube equilibrar as ações e ter sangue frio para bater o oponente por 108 a 100, com direito a uma excelente atuação no último período.

Substituto do negociado Jeff Green, o ala Jae Crowder teve uma noite histórica. Além de se destacar na defesa, o camisa 99 registrou 22 pontos, sua melhor marca na carreira. Do banco de reservas, o armador Marcus Smart anotou apenas sete pontos e seis assistências, mas deu uma aula de defesa e foi importantíssimo no resultado. Jared Sullinger terminou o jogo com um duplo-duplo e como cestinha celta: 27 pontos e 10 rebotes.

Grande nome do New Orleans Pelicans, o ala-pivô Anthony Davis foi o único a se salvar na derrota, com 34 pontos e nove rebotes. Além de Davis, o único titular a pontuar bem foi Eric Gordon, que registrou 21 pontos. O melhor reserva foi Tyreke Evans, com 19 pontos e oito rebotes.

A vitória diante de sua torcida não alterou muito a situação do Celtics na Conferência Leste. Com 13 vitórias e 36,1% de aproveitamento, a franquia de Massachusetts segue na 12ª posição da Conferência Leste, empatado com o Detroit Pistons. O Pelicans, por sua vez, permanece na nona posição do Oeste, mas perdeu os 50% de aproveitamento.

Sem partidas marcadas para esta terça-feira, Boston Celtics e New Orleans Pelicans terão compromissos difíceis na quarta-feira (14). O Alviverde recebe, em seu TD Garden, o Atlanta Hawks, que lidera a Conferência Leste. O Pelicans segue no Leste e visita o Detroit Pistons, no Palace of Auburn Hills.

Destaques do Celtics

Jared Sullinger (27 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Jae Crowder (22 pontos e quatro roubadas de bola)

Evan Turner (10 pontos, sete rebotes e cinco assistências)

Destaques do Pelicans

Anthony Davis (34 pontos e nove rebotes)

Eric Gordon (21 pontos e três assistências)

Tyreke Evans (19 pontos e oito rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 comentários

  1. Mauricio Green

    Bom jogo, espaço p os novos se desenvolverem e decidirem o jogo. Sully arrebentou!Gostei de ver o Smart ficar em quadra no 4 quarto, defesa insana.
    É tank ok, estamos no plano B…. Mais na minha visão o tank tem q ser do GM e não do time ou do técnico. Assim depois de mais de uma troca do Nelson, acho q o Bass vai sair de um jeito ou de outro.

  2. Rodrigo

    Ja comentei aqui antes e repito!
    Excelente jogador esse Jae Crowder!

  3. Luiz

    Comentei aqui que não gosto dele, acho ele muito fraco ainda, mas jovem.

    Muito cedo pra dizer que mudei de opinião, mas destruiu no jogo. Vamos ver hoje.

  4. Renato

    Mauricio,

    Concordo com vc o “tank” é uma decisão do GM, nunca deve ser do técnico ou jogadores.

    Na verdade o Celtics terá uma díficil missão para ficar com a 6 ou 7 pior campanha, já que mesmo com jovens temos talento para ir mais longe.

    Acho o Crowder um ótimo reserva, até pq defende todas as posições, mas o futuro terá que nos trazer um jogador melhor para SF, se quisermos brigar por títulos

  5. Maurício Green

    Renato, acho que o Ainge ainda vai piorar mais o roster com trades de Marcus Thornton e Bass. Papel do GM que esta em modo tank…
    Não me importo que o Celtis seja o 7, 6 ou 5, no fim das contas tem as bolinhas. Tudo bem que as chances de pick altas são maiores indo muito mal, mas o Cavs tinha há 1,7% de pegara primeira pick ano passado.
    Não vou é torcer para perder, mas vamos perder bem mais do ganhar, ok já me acostumei q estamos em plano B. O que vale agora é o desenvolvimento do Sulli, KO, Smart, Yong e Zeller. Cobrar a regularidade do AB (está difícil) e fazer testes.

    Quanto a Crowder pode ser uma boa surpres mais precisa de mais tempo para mostrar.

    Abs

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.