Celtics 126 x 120 Kings

De volta aos braços da fanática torcida verde e branca no TD Garden, após quatro partidas consecutivas como visitante na Costa Oeste, o Boston Celtics mostrou suas duas faces diante do Sacramento Kings, em partida válida pela temporada 2018/2019 da NBA e disputada na noite desta quinta-feira (14). No primeiro tempo contra o Kings, o Alviverde abusou dos erros na quadra de ataque, foi apático na defesa e permitiu que a franquia californiana abrisse 17 pontos de vantagem, situação já vista em vários compromissos celtas nesta edição da liga. Depois do intervalo, entretanto, o Celtics mudou de postura, lembrando os triunfos como visitante na Califórnia: atento, disposto e com a mão calibrada, o time de Boston dominou o jogo, conseguiu a virada sobre o Kings e venceu por 126 a 120, resultado crucial na briga pelo mando de quadra nos playoffs da Conferência Leste.

Cestinha do Boston Celtics na temporada, o armador Kyrie Irving fez uma de suas melhores partidas com a camisa verde e branca diante do Sacramento Kings. Além de liderar o ataque celta, com 31 pontos, o armador registrou o segundo triplo-duplo da carreira e o primeiro por Boston, após distribuir 12 assistências e pegar 10 rebotes. O ala-pivô Marcus Morris, por sua vez, registrou um duplo-duplo com 21 pontos e 13 rebotes. Na rotação, o destaque foi o ala-armador Jaylen Brown, que fez 22 pontos.

Pelo lado do Sacramento Kings, quem chamou a atenção foi o ala-armador Buddy Hield, que esbanjou habilidade e deixou a quadra com 34 pontos, além de sete assistências. O ala Harrison Barnes também se destacou pelo Kings, anotando 20 pontos, e o pivô Willie Cauley-Stein registrou um duplo-duplo, após marcar 10 pontos e pegar 13 rebotes.

Com a vitória sobre o Sacramento Kings, a quarta nos últimos cinco jogos da temporada, o Boston Celtics permanece na briga pelas quatro primeiras colocações da Conferência Leste. No momento, o Alviverde ocupa o quinto lugar, com 42 vitórias em 69 jogos e 60,9% de aproveitamento. Já o Kings, com 34 derrotas em 67 partidas e 49,3% de aproveitamento, ocupa a nona colocação da Conferência Oeste e está em situação difícil na briga por uma vaga nos playoffs.

O próximo duelo do Boston Celtics na temporada 2018/2019 será disputado na tarde deste sábado (16), às 13h30 (horário de Brasília), contra o Atlanta Hawks, no TD Garden. Será o segundo dos três compromissos consecutivos do Alviverde como mandante na reta final da fase classificatória. O Sacramento Kings, por sua vez, não terá descanso e já enfrenta o Philadelphia 76ers na noite desta sexta-feira (15), no Wells Fargo Center.

O jogo

O primeiro quarto da partida entre Boston Celtics e Sacramento Kings lembrou a dolorida derrota celta para o Los Angeles Clippers, com direito a 140 pontos sofridos em apenas 48 minutos. Pouco inspirado na quadra de ataque, Boston permitiu que o Kings acertasse arremessos e abrisse vantagem sem sustos, liderado por Buddy Hield e Harrison Barnes. Kyrie Irving e Jayson Tatum ainda reduziram um pouco o prejuízo, que ficou na casa dos 13 pontos.

Com seu forte perímetro, formado por Buddy Hield e De’Aaron Fox, o Sacramento Kings manteve o ritmo no segundo quarto e atingiu uma liderança de 17 pontos no placar. Usando e abusando das infiltrações, o Boston Celtics rapidamente se recolocou na partida e foi para o intervalo perdendo apenas por seis pontos.

Na volta do intervalo, mesmo com Kyrie Irving errando arremessos seguidos, o Boston Celtics assumiu a liderança da partida. O Sacramento Kings, entretanto, reagiu com três cestas de três pontos de Buddy Hield, voltou a liderar o placar e abriu 10 pontos de diferença. A resposta celta veio na mesma moeda, com Jaylen Brown, que contribuiu com nove pontos em uma corrida de 14 a 0 do Celtics no período e recolocou os donos da casa em vantagem.

O último período foi marcado pelo equilíbrio nos primeiros minutos: enquanto o Boston Celtics mantinha a liderança, o Sacramento Kings evitava uma disparada verde e branca no placar. Depois de um instante de oscilação, o Celtics encaminhou a vitória nos últimos minutos, com Kyrie Irving fazendo boas jogadas e contando com o auxílio dos experientes Marcus Morris e Al Horford.

Destaques do Celtics

Kyrie Irving (31 pontos, 12 assistências e 10 rebotes / triplo-duplo)

Jaylen Brown (22 pontos e um rebote)

Marcus Morris (21 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Destaques do Kings

Buddy Hield (34 pontos e sete assistências)

Harrison Barnes (20 pontos e cinco rebotes)

Willie Cauley-Stein (10 pontos e 13 rebotes / duplo-duplo)

Melhores Momentos

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 26 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, consumidor de danone, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

3 Comentários

  1. Publicidade

  2. Marcos disse:

    A minutagem está sendo ajustada e o rendimento subindo.
    Quem sabe não dá para chegar?

    Abs verdes

    0

    0
  3. Eu amo o hioford disse:

    Quem nos salvou foi o Jaylen Brown, que acertou 3/3 3PTs no fi, do 3ª quarto e passamos a frente.
    O Brown joga melhor vindo na 3 do que na 2.

    3

    0
  4. Erondi Nunes disse:

    O time deles é bom e complicado pra qualquer um, boa vitória no final das contas.

    O aproveitamento é o q mais me preocupa.

    0

    0

Deixe um comentário