Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics 85 x 76 Heat

Em um jogo acirrado e de muita briga, inclusive no sentido literário da palavra, a equipe de Boston mantém a escrita contra a equipe de Miami e sai na frente na disputa para avançar de fase.

http://www.youtube.com/watch?v=3Yt3muU1CGY

1ª Quarto

Após um começo arrasador, onde chegou a abrir 8 pontos de vantagem logo nos primeiros 2 minutos, a equipe de Boston cometeu vários erros e permitiu diversos contra ataques rápidos da equipe de Miami que logo equilibrou o jogo e conseguiu a virada no placar.
A situação piorou ainda mais, quando em uma tentativa de cortar uma infiltração de Wade, Ray Allen foi atingido no nariz e teve que ir até os vestiários tratar o ferimento.
Foi a deixa pra Tony Allen entrar em quadra e dar novo gás para a equipe, inclusive evitando que o primeiro quarto terminasse de forma pior para a equipe celta, convertendo um arremesso no estouro do cronometro, deixando a equipe a apenas 1 ponto de desvantagem no placar.

2ª Quarto

O segundo quarto veio e o que se viu foi um show de erros cometidos pelas duas equipes.
Pior para o Celtics que dava muitos espaços em seu garrafão e permitiu nada menos do que 7 rebotes ofensivos do adversário no quarto.

Ray Allen aparentemente incomodado com a contusão no nariz, não acertava a mão e as coisas começaram a se complicar, com a equipe de Miami chegando a abrir  sete pontos no placar.

Mais uma vez em uma superação nos segundos finais, a equipe celta conseguiu tirar a desvantagem e em uma nova bola no estouro do cronometro, dessa vez em um chute de Rondo, a equipe foi para os vestiários com uma desvantagem de apenas 3 pontos.

3ª Quarto

O terceiro quarto veio e o sonho por uma reação começou a virar pesadelo com vários erros defensivos e um show particular de Dwyane Wade, que conduziu sua equipe a 14 pontos de vantagens na metade do quarto.

Neste momento Tony Allen e Gleen Davis entraram em quadra para tentar mudar o panorama da partida que se encaminhava para uma vitória tranquila para o time de Miami. E não é que deu certo ?

Tony Allen conseguiu acertar a marcação em Wade de tal forma que este só conseguiu acertar 2 cestas em 7 tentativas. Numero bem diferente do que vinha tendo até então de  9 acertos em 11 tentados. Por outro lado, Gleen Davis ia pontuando la na frente e ajudando a defesa no que lhe era possível.

Paul Pierce, que vinha totalmente discreto até então, começou a entrar no jogo e a desvantagem foi sendo pulverizada pouco a pouco.

Fim do quarto e a vantagem caía de 14 para apenas 2 pontos !

4ª Quarto

Veio então o quarto derradeiro e a equipe de Boston finalmente mostrou que era dona da casa e que sairia com a vitória de qualquer forma.

Com uma ótima jogada tramada por Rondo e concluída por Gleen, a equipe green tomou a liderança do placar pra não mais perdê-la.

A defesa parou o ataque do Heat, permitindo que o adversário fizesse apenas 10 pontos e a vantagem dessa forma foi se ampliando naturalmente.

Faltando 40 segundos para o fim do jogo, Richardson e Haslem fizeram falta não marcada em Pierce, terminando com um empurrão de Haslen, que jogou Pierce para fora da quadra. Na queda, Pierce sentiu o ombro e ficou no chão sentindo dores.

KG foi até ele ver o que acontecia e logo Richardson chegou por trás proferindo algumas palavras que não se sabe quais foram, mas que irritaram KG que desferiu uma cotovelada no adversário. O tempo fechou mas logo a turma do deixa disso, liderada por Gleen Davis, acalmou a situação. KG foi expulso da partida e aguarda para saber se vai ser punido por mais algum jogo.

No entanto a confusão não foi suficiente para desequilibrar a equipe de Boston, que inclusive conseguiu aumentar a vantagem nos segundos finais.

Destaques da partida:

Celtics:

Kevin Garnett – 15 Pts, 9 Rebs, 3 Ass
Rajon Rondo – 10 pts, 10 Ass, 7 Reb, 2 Roubadas
Tony Allen – 14 Pts, 3 Roubadas, 2 tocos

Heat:

Dwyane Wade – 26 Pts, 8 Rebs, 6 Ass
Quentin Richardson – 15 Pts, 4 Reb, 3 Ass

Por: Daniel Emiliano

Author avatar
Daniel Emiliano
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics. Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

5 comentários

  1. Grillo

    Aee mostramos que podemos virar um jogo!!!
    Pohh KG nervosaoo!! fora do 2 jogo, merdaaa

    Vooaaa Tony Allenn e Big Dady

  2. Felippe

    Meus Deus, a NBA esta parecendo o STJD, punindo jogadores atoa, na minha opinião não era pra tanto ¬¬, o KG vai fazer muita falta no jogo 2, + celtics é celtics, ao contrario d Lakers e Cavs, agente não time d um jogador só xD

  3. dayber

    ray allen e garnet estão muito abaixo do esperado nesta temporada , os dois nem aparecem como lideres de algum fundamento do time nesta temporada, sofrivel…

  4. RFORNER

    Tony destruiu na marcação de Wade.

    Show de bola, e ainda meteu 14 pontos, foi MUITO bom !!!

  5. Iago Oliveira

    Glen Davis parecia um trem indo com tudo pra cima do garrafão de Miami,Tony Allen também jogou na raça…e é assim que deve ser…mesmo o banco do celtics não sendo um dos melhores se aqueles caras derem a vida por cada rebote o time vai longe…não só o banco mas o time todo assim a torcida pode retribuir e incentivar o time e infernizar a vida do adversário…
    (Essa torcida também deverá incluir,no jogo 2,um certo cidadão conhecido por KG que não vai deixar a defesa do Miami em paz)

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *