Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Celtics apresenta oficialmente Brad Stevens como novo treinador

Confirmado na última quarta-feira (3) como novo treinador do Celtics, Brad Stevens foi apresentado pela franquia nesta sexta-feira (5), em Boston. Stevens, que será o 17º comandante da história do Alviverde em 67 anos de história, foi anunciado ao lado do GM celta Danny Ainge e do presidente do Celtics, Wycliffe ‘Wyc’ Grousbeck.

Ainge, inclusive, foi o primeiro a falar sobre o escolhido para liderar o Celtics nas próximas seis temporadas. “Brad foi a minha primeira escolha, e eu não poderia estar mais animado. Estamos contentes porque ele concordou em vir aqui e treinar o Celtics. Terá um grande apoio”, disse. O manager celta lembrou também da longa admiração que possui pelo jovem treinador. “Adoro a forma como suas equipes jogam. Amo sua postura quando está à beira da quadra. Em 2010, eu e Stephen (Pagliuca, coproprietário) estivemos na final da NCAA contra Duke. Quando sentei lá, disse a Steve naquele momento: está bem ali, nos bastidores, o melhor treinador do basquete universitário, e ele pensou que estava falando de Coach K (Mike Krzyzewski, treinador de Duke e da seleção dos Estados Unidos)”, relembrou.

Sobre o contrato de longa duração, que vai até a temporada de 2018/2019, Ainge afirmou que conta com Stevens para manter o Celtics na briga por títulos, como foram nos últimos cinco anos. “Confiei em suas opiniões quando conversamos sobre as perspectivas para o nosso projeto. Um contrato de seis anos fala alto, não acho que nenhum treinador na NBA com todo esse compromisso. Estamos investindo bastante nele”, informou Ainge, que recebeu também o apoio do presidente Grousbeck. “Dentro e fora da quadra, pensamos que Brad vai nos ajudar a levar para onde ela precisa estar”, disse .

Após os elogios, Stevens enfim se pronunciou e elogiou bastante o novo time. “Primeira coisa a dizer: é o Boston Celtics. Nossa… é uma honra e um privilégio estar aqui, é bastante lisonjeiro. Me senti muito simples por estar nesse local, com os banners que o cercam”, afirmou Stevens, que não conseguia esconder a emoção e o deslumbramento com a oportunidade concedida. Treinador revelação da NCAA e com um grande desempenho pelo modesto Butler Bulldogs, o novo comandante celta lamentou a saída após 13 anos, mas celebrou a escolha por Boston. “Foi emocionante (o convite do Celtics). Essa foi a coisa certa para a nossa família”, diz Brad, que lembrou ainda que o Celtics faz parte da sua vida como fã de basquete. “Eu cresci na década de 80, quando o Celtics teve essas equipes inacreditáveis. Segui ali a carreira do (Danny) Ainge e depois como executivo”, relembrou, fazendo referência ao atual GM celta.

Ainda sem estabelecer contatos com os jogadores, Stevens afirmou que pretende fazer isso o mais cedo possível. “Estou animado para sentar e atender a todos os jogadores. O que eu tenho a fazer agora é continuar a estudar e me cercar de pessoas com quem possa me apoiar”. Um atleta, entretanto, já recebeu o primeiro contato do novo chefe: o armador Rajon Rondo, único remanescente do time campeão pelo Celtics em 2008 e tido como o líder da equipe para a próxima temporada. Brad Stevens confirmou que entrou em contato com Rondo na última quinta-feira (4), e elogiou jogador. “Não há maior fã de Rajon Rondo do que eu. Seus instintos… Ele não é só realmente um bom jogador de basquete, mas é muito inteligente. mal posso esperar para conhecê-lo”, disse.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

25 comentários

  1. Daniel Ferreira

    Promissor. Simplesmente o melhor reforço para a temporada haha
    Se tivermos um bom Roster ele pode fazer um trabalho memorável tendo a possibilidade de ganhar o título e ser o melhor técnico, mas tudo depende do Ainge em contratar bons jogadores que possa trazer um retorno imediato e futuro tambem.

  2. PHABIO PASSOS

    deu pra ver o cara é fã dos celtics desta decada de 80,issso contou bem pra entender como e o celtics.deu pra ver cara de felicidade ver aqueles banner e camisa e o simbolo do boston…boa sorte stevans…

  3. Acredito que fará um excelente trabalho, teremos uma renovação de sucesso mais rápida do que muitos imaginam!

  4. Digor

    Espero que ele não fique intimidado frente o tamanho do Celtics e do gênio do Rondo, passando por isso ficará mais fácil ter sucesso. Afinal, talento tem.

  5. Jean

    Passou muita confiança na entrevista. Espero que a empolgação dele com o Rondo signifique que ele não será negociado rs.

  6. Guilherme

    Não sei se alguém viu/frequenta o extratime, mas achei esse texto lá e ele esclarece bem o perfil do novo técnico do nosso time:
    http://extratime.uol.com.br/stevensceltics/

  7. Marco Fernandes

    Se o Rondo gostar dele o bicho pega !

  8. Rajon Rondo

    Galera, o mercado dos FA está se movendo, agora só resta Ellis e JSmith de bom, eu acho que o Ellis seria um bom passo pra renovação do celtics, além de ser novo e pa, ele e o Rondo coitada da defesa adversária hehe, pq o Ainge não tenta trazer ele?

    • sebas

      Simples,não temos cap.E com Ellis teríamos no máximo um time pra playoffs sem condições de título.Melhor apostar no draft do ano que vem pra ter um time forte nos próximos anos e com dinheiro pra gastar do que ser um time mediano sem perspectiva de melhoras.

  9. junior

    JSmith tudo que indica que vai pro houston jogar com d12, hardem, e lin

  10. Digor

    Bem, acho que é um técnico que não se incomoda em passar um ano jogando para ficar entre os últimos – programa tank. Portanto, a escolha deixou claro definitivamente qual é o projeto de Boston, e que brigaremos pelo futuro

    • Victor

      A proposta é o futuro sim, mas acho que não é que ta na mente dele por agora, é um cara jovem que tenta fazer o impossível, mesmo com um time mediano acho que o objetivo dele é chegar nos play offs…

    • Cid Santiago

      O cara trabalhava em uma universidade de pouco cultura no basquete cm jogadores regulares. Ele é um montador de time nato, sabe tirar água de pedra. Com certeza o objetivo do Ainge não é tankar. O Celtics nao é time disso, ele ja disse. Ele contratou o Brad pra desenvolver esses varios jovens que estão no elenco do Celtics para virar moeda de troca. Nos temos várias picks no Draft, verdade, mas pouca possibilidade de alguma delas ser top 10. Ainge ta tentando fazer a mesma coisa que fez em 2008. Arrecadar varias moedas de trocas para pegar um ou dois all-star e fazer uma corrida para o título. Mas isso não significa que vamos tankar. Pelo menos, é o que eu acho.

      • Guilherme

        Concordo, as picks do Nets e do Clippers praticamente seram acima do top 10, e o Celtics mesmo fazendo uma das piores campanha pode ser que não fique com a pick 1, que seria o Wiggins, já que é feita por sorteio. Acho que faltou mesmo trazer um All-Star pra fazer dupla com o Rondo. Não consigo entender como não temos cap, se dois dos maiores salários saíram?

    • Digor

      Desculpe pessoal, mas eu duvido que sejam os planos irmos para playoffs.

  11. Anderson Tomás

    Gostei muito,mas a minha memória quer sempre lembrar do Rick Pitino. Deus queira que com Brad seja diferente…

  12. junior

    jsmith foi pro pistons os agentes livres que valiam a pena ja acertaram seus futuros. o negocio e tankar mesmo e acabou-se

  13. Carlos Gadelha

    Ainge! Qual é a tua? Se é pra jogar pra perder fala logo. Já desmarquei viagem pra Boston.

  14. […] afirmou que o desejo de Wilcox é altamente improvável por causa da nova comissão técnica, agora chefiada por Brad Stevens. Além disso, outra dificuldade apresentada para o retorno de Wilcox está no elenco: com 15 […]

  15. […] irascível do camisa 9, ficou no ar uma dúvida: como Rondo reagiria com a saída de Rivers e com a chegada do novo treinador Brad Stevens? Será que o armador, único remanescente do título celta em 2007-2008, aceitaria bem um técnico […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.