Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Hostilizado no TD Garden, Oubre Jr. confessa: “O meu nome ainda está ecoando na minha cabeça”

A confusão entre Kelly Olynyk e Kelly Oubre Jr., como já é de conhecimento geral, tomou proporções maiores do que deveria. O camisa 41 de Boston, desde o ocorrido, vê o mundo cair sobre seus ombros, ao ser rotulado de “sujo”, “violento” e outras palavras tão desonrosas quanto.

Contudo, não pense que o ala de Washington se safaria livre e impune. Não em Boston, pelo menos.

Em sua primeira atuação no TD Garden, desde a polêmica havida com Olynyk, no jogo 3 da série entre Celtics e Wizards, o camisa 12 do Wizards foi recebido, pelo TD Garden, com gritos de “Nós queremos Oubre!”.

Minutos depois, porém, os gritos passaram a ser mais intensos e hostis: “Vai se f—-, Oubre!”, era o que se ouvia, mesmo pela televisão, o público presente na casa do Celtics gritar ontem.

https://www.youtube.com/watch?v=GIh8Y0JF4CE

“Estamos em Boston, cara. Você tem que se preparar para tudo quando está aqui. É como eu encaro a situação”, declarou o companheiro de Oubre, Markieff Morris.

Conforme o maior campeão da NBA ia disparando no placar e matando quaisquer esperanças da equipe da capital norte-americana, os torcedores locais passaram a gritar, a plenos pulmões, o xingamento supracitado, mesmo quando o Wizards cometia apenas um desperdício de bola.

“As coisas são como elas são, cara”, disse Bradley Beal. “Eles (jogadores e torcedores celtas) querem levar o jogo para um outro nível. Querem dar proporções maiores do que é preciso. Nós só estamos aqui para jogar basquete. É natural que Olynyk seja protegido aqui. Nós, por outro lado, vamos ficar do lado de Oubre. No jogo 6, na próxima sexta-feira, eles receberão o tratamento que nos foi dado aqui. Faz parte do jogo e eu, sinceramente, não dei a mínima para isso”, encerrou o camisa 3 de Washington.

O All-Star John Wall, principal jogador do rival celta, disse que esperava uma recepção hostil a seu companheiro de time, mas confessou que foi pego de surpresa ao ouvir o nível dos gritos direcionados a Oubre Jr.:

“Eles são livres para fazer o que bem entendem. Eu acho que Kelly soube lidar bem com a situação. Ele só jogou seu basquete. A gente esperava hostilidade da torcida deles, mas não esperávamos esse nível de xingamento. De todo modo, somos uma família, jogaremos por ele e usaremos isso como combustível”, prometeu o armador de Washington.

Por fim, a imprensa foi atrás do alvo de xingamentos do TD Garden. Oubre começou sua entrevista, recordando que havia dito que já esperava uma recepção nada agradável, mas deixou vazar que os gritos celtas ainda o atordoam:

“Eu ainda ouço o meu nome ecoar na minha cabeça. Ainda estou atônito, porque foi a única coisa que ouvi durante toda a noite”.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

12 comentários

  1. Lucas Oliveira

    Eu não estou compactuo com tal hostilidade, acho que o Oubre errou, deixou o clima subir a cabeça, mas não vejo ele como um jogador violento nem nada do tipo, é coisa de garoto e ele não deveria ser tratado desta forma.

    Dito isso, o que estão fazendo com o Olynyk é fora do comum! A um ponto que pode prejudicar a sua carreira e de modo completamente injustificável.
    E o tratamento da torcida em Washington com ele foi semelhante (diferença é que a torcida de Boston é sempre a mais apaixonada). Do meu ponto de vista a torcida em Boston procurou uma vingança ao que foi feito com o Olynyk é acabou sobrando para o Oubre.

    O episódio todo é lamentável.

  2. Daniel Fialho

    Bom, eu devo dizer que…….. fuck you Oubre kkkkkkk. Foi ele quem procurou isso.

  3. Christiano Costa Novo

    Acho q bastavam vaias, penso que quanto mais o nível de insultos subirem a recíproca será verdadeira. Lets Go Celtics !

  4. Paulo Kulsar

    Também acho que quem mais vai sofrer com isso é o Olynyk. Ele está queimado com jogadores de outras equipes, está pegando a pecha de sujo, e terá dificuldades para encontrar seu espaço. Isso somado à dificuldade de se afirmar como possível titular, vai ser uma dura batalha.

  5. Quanto mimimi!

    Torcida 100% correta, veja se caras como o Lebronha/Kobe/Pierce se intimidam com esse tratamento.
    O resto que vá afundar a cara em antidepresivos.

    E KO x Oubre é nivelar por baixo os dois times. Os dois Kellys são fracos.

    []s verdes

  6. Cara, os Spurs perderam o Parker e o Kawhi (o 2nd melhor jogador da Liga) e ainda assim trucidaram esse time ‘queima-bola’ dos Rockets.

    Estilo de jogo, defesa e técnico que manja ganham campeonato.
    Precisam fazer uma estátua para o Gregg Pop lá no Texas igual a do Red em Boston.

    De um lado já tem GSW x Spurs, aqui é esperar para ver se será Cavs x BOS.

    []s verdes

  7. Matheus

    O que fizeram com o Olynyk é ridículo. Geral saiu chamando ele de sujo, até, veja bem, Draymond Green, o chutador de sacos e lugares lesionados dos adversários, chamou ele de sujo.

    Isso de o Olynyk ser supostamente desleal repercutiu tanto que chegou até no site da ESPN Brasil, coisa que eu não lembro de ter visto nos episódios dos chutes do Green.

    O Paulo disse ali em cima que isso pode trazer consequências para a carreira do Olynyk e eu concordo. O que seria uma das coisas mais idiotas que eu já vi, pois muitos dos que disseram algo só aproveitaram a chance pra soltar alguma coisa na mídia, assim como o John Wall fez ao dizer que os xingamentos da torcida foram além do esperado, que os torcedores são muito maus e magoaram os sentimentos dele e da família Wizards.

    Ah me faz um favor né Wall, ele com certeza já xingou alguém de coisa 1000x pior na vida dele, muito melodrama.

    E se o Oubre ficou mesmo sentido, o que tenho minhas dúvidas, imagina se ele viesse jogar um clássico do brasileirão? Ia ficar uma semana sem dormir com as vozes na cabeça.

    Então, falei de mais hahaha mas em suma é: Muito dos que falaram aí, por mais que talvez não pensem o que disseram, acharam uma boa oportunidade pra assumir o papel de vítima e jogar a pressão no adversário, seja Green, Wall ou Oubre

  8. Celso Cachali Jr

    EU acho que tenha que ter pressão sim, mas desrespeito é complicado fica feia para a torcida, e acaba ate perdendo as chances de fechar com um jogador que possamos querer numa Free Agent.

    Mas é o Jogo, como disso o brother la em cima segue o jogo…

    E vamos para cima se jogarmos como jogamos, na ultima partida o jogo é nosso.

    Al e Bradley são os jogadores que devem levar esta vitoria.

  9. Sander

    Os adversários tem que ter medo de jogar no TD Garden sim. Se não aguenta pressão? Vai jogar tênis (onde a torcida fica calada). A torcida não xingou ngm da família dele, nem falou nada racista, então se ele não aguenta que vá chorar na cama que é um lugar quente.
    Só para lembrar: Eles foram de preto em um jogo, falando que iria para o nosso funeral, se não aguenta não começa.
    Geração MiMiMi chata, jogo é lugar para homens.

  10. “À toda ação corresponde uma reação de mesma intensidade, mesma direção e em sentido contrário” isso quer dizer que na Capital também receberemos o mesmo tratamento, normal. Let`s Go Celtics!

  11. Daniel Fialho

    La no jo go 4 o cara virou para o isaiah e disse : leve seu traseiro desdentado para boston. Isso é do jogo. Mais feio fez o Oubre que agrediu o Oly e ainda sai aplaudito pela torcida da capital. A torcida de boston esta certíssima.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.