Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Kyrie Irving nega pressão após derrota do Celtics e atuação ruim em Milwaukee

Esperança de cestas e grandes jogadas na quadra de ataque, o armador Kyrie Irving decepcionou o torcedor do Boston Celtics no segundo jogo das semifinais da Conferência Leste, disputado na noite de terça-feira (30), diante do Milwaukee Bucks, no Fiserv Forum. Com apenas quatro arremessos certeiros em 18 tentativas, Irving anotou apenas nove pontos e não teve como impedir a vitória do Bucks por 123 a 102, que deixa a série empatada em 1 a 1.

Em entrevista ao jornalista Tim Bontemps, da ESPN, Kyrie Irving negou um incômodo acima do normal por causa de sua atuação abaixo das expectativas em Milwaukee e disse que está pronto para melhorar seu desempenho nos confrontos seguintes. Além disso, Irving comemorou o retorno do Celtics aos braços de seu torcedor, que deve fazer muito barulho e pressão nos dois jogos consecutivos contra o Bucks em Boston.

“Não há nenhuma pressão extra. É para isso que assinei contrato, é para isso que Boston fez trocas por mim. Ser capaz de voltar, voltar para as trincheiras e se preparar para outra batalha na sexta-feira, é para isso que eu vivo. Basquete é divertido quando você está nessa situação e precisa dar uma resposta, é esse o tipo de basquete que você quer jogar nesta época do ano. Vencer aqui de novo seria ótimo, mas nós não fizemos isso, agora é hora de voltar para casa, onde sempre nos sentimos muito bem, e redefinir nossa mentalidade, entrando em quadra e se divertindo com o basquete”, afirmou o camisa 11.

A terceira partida da semifinal entre Boston Celtics e Milwaukee Bucks será disputada na noite de sexta-feira (3), às 21h (horário de Brasília), no TD Garden, com transmissão da ESPN para todo o Brasil. O vencedor dessa série encara Toronto Raptors ou Philadelphia 76ers na decisão da Conferência Leste.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 comentários

  1. Erondi Nunes

    Toda pressão do mundo agora está em nossos ombros, mais o Bucks também precisa vencer.

    Kyrie sabe q todos estarão olhando para ele, e já vimos várias vezes ele nessa situação em Cleveland.

    Geralmente ele destrói no jogo seguinte.

    Tatum precisa entrar na série.

    Alguém sabe o q aconteceu com Middleton? Como melhorou esse m*****

    Ele é mais perigoso q o grego, tá levando eles nas costas. É aí q o Smart faz falta.

    • Fernando Henrique

      Eu acho que a marcação no Middleton ta boa, mesmo com Smart ele ia acertar umas bolas impossíveis

      Tatum precisa chegar nesse próximo jogo, até pra elevar sua moral.

      Ja o Kyrie, não da pra duvidar dele. Vai comandar o ataque nos próximos dois jogos em casa. Confio que a serie sai de Boston como Celtics liderando por 3×1

  2. Murilo

    Tem alguma previsão a respeito do Smart…se ele volta ou não?….Na temporada passada ele também havia se machucado, mas a partir do jogo 5 da série ele retornou e ajudou muito os celtics contra os Bucks, com tocos, roubadas de bola e quase 10 pontos de média….Se ele estiver saudável e apto para jogar, será uma ótima ajuda na marcação de perímetro…

  3. Fernando Silva

    Ufa! KI foi muito bem na entrevista.

    Tatum precisa sim aparecer. Está nos fazendo falta, uma baita falta.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.