Kyrie Irving nega pressão após derrota do Celtics e atuação ruim em Milwaukee

Esperança de cestas e grandes jogadas na quadra de ataque, o armador Kyrie Irving decepcionou o torcedor do Boston Celtics no segundo jogo das semifinais da Conferência Leste, disputado na noite de terça-feira (30), diante do Milwaukee Bucks, no Fiserv Forum. Com apenas quatro arremessos certeiros em 18 tentativas, Irving anotou apenas nove pontos e não teve como impedir a vitória do Bucks por 123 a 102, que deixa a série empatada em 1 a 1.

Em entrevista ao jornalista Tim Bontemps, da ESPN, Kyrie Irving negou um incômodo acima do normal por causa de sua atuação abaixo das expectativas em Milwaukee e disse que está pronto para melhorar seu desempenho nos confrontos seguintes. Além disso, Irving comemorou o retorno do Celtics aos braços de seu torcedor, que deve fazer muito barulho e pressão nos dois jogos consecutivos contra o Bucks em Boston.

“Não há nenhuma pressão extra. É para isso que assinei contrato, é para isso que Boston fez trocas por mim. Ser capaz de voltar, voltar para as trincheiras e se preparar para outra batalha na sexta-feira, é para isso que eu vivo. Basquete é divertido quando você está nessa situação e precisa dar uma resposta, é esse o tipo de basquete que você quer jogar nesta época do ano. Vencer aqui de novo seria ótimo, mas nós não fizemos isso, agora é hora de voltar para casa, onde sempre nos sentimos muito bem, e redefinir nossa mentalidade, entrando em quadra e se divertindo com o basquete”, afirmou o camisa 11.

A terceira partida da semifinal entre Boston Celtics e Milwaukee Bucks será disputada na noite de sexta-feira (3), às 21h (horário de Brasília), no TD Garden, com transmissão da ESPN para todo o Brasil. O vencedor dessa série encara Toronto Raptors ou Philadelphia 76ers na decisão da Conferência Leste.

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 Comentários

  1. Publicidade

  2. Erondi Nunes disse:

    Toda pressão do mundo agora está em nossos ombros, mais o Bucks também precisa vencer.

    Kyrie sabe q todos estarão olhando para ele, e já vimos várias vezes ele nessa situação em Cleveland.

    Geralmente ele destrói no jogo seguinte.

    Tatum precisa entrar na série.

    Alguém sabe o q aconteceu com Middleton? Como melhorou esse m*****

    Ele é mais perigoso q o grego, tá levando eles nas costas. É aí q o Smart faz falta.

    1

    1
    • Fernando Henrique disse:

      Eu acho que a marcação no Middleton ta boa, mesmo com Smart ele ia acertar umas bolas impossíveis

      Tatum precisa chegar nesse próximo jogo, até pra elevar sua moral.

      Ja o Kyrie, não da pra duvidar dele. Vai comandar o ataque nos próximos dois jogos em casa. Confio que a serie sai de Boston como Celtics liderando por 3×1

      5

      1
  3. Murilo disse:

    Tem alguma previsão a respeito do Smart…se ele volta ou não?….Na temporada passada ele também havia se machucado, mas a partir do jogo 5 da série ele retornou e ajudou muito os celtics contra os Bucks, com tocos, roubadas de bola e quase 10 pontos de média….Se ele estiver saudável e apto para jogar, será uma ótima ajuda na marcação de perímetro…

    0

    0
  4. Fernando Silva disse:

    Ufa! KI foi muito bem na entrevista.

    Tatum precisa sim aparecer. Está nos fazendo falta, uma baita falta.

    2

    1

Deixe um comentário