Jogo 2 – Bucks 123 x 102 Celtics

Embalado por uma vitória inquestionável no primeiro jogo das semifinais da Conferência Leste da NBA, o Boston Celtics voltou a enfrentar o Milwaukee Bucks na noite de terça-feira (30), no Fiserv Forum, sonhando em manter a invencibilidade nos playoffs e encaminhar a classificação para a decisão do Leste. Nos dois primeiros quartos, o time verde e branco de Massachusetts até teve um bom desempenho e conseguiu neutralizar a maioria das jogadas dos donos da casa, mas o Bucks voltou para o segundo tempo em um ritmo alucinante, voltou a jogar o basquete que lhe rendeu a melhor campanha da temporada regular e derrotou a equipe celta por 123 a 102.

Promovido ao quinteto titular do Boston Celtics na série contra o Milwaukee Bucks, o ala-pivô Marcus Morris foi o cestinha verde e branco no segundo jogo das semifinais do Leste, com 17 pontos, seguido pelo ala-armador Jaylen Brown, que contribuiu com 16 pontos e seis rebotes. Responsável pela marcação a Giannis Antetokounmpo, o pivô Al Horford também foi bem, anotando 15 pontos e pegando oito rebotes. O armador Kyrie Irving, por outro lado, foi a decepção da noite, com apenas nove pontos e quatro arremessos certeiros em 18 tentativas.

Neutralizado pelo Boston Celtics no Jogo 1, o ala Giannis Antetokounmpo ainda encontrou dificuldades na segunda partida, mas, jogando todas as suas fichas nos lances de garrafão e contando com uma arbitragem que lhe concedeu 18 lances livres, chamou a responsabilidade no Fiserv Forum: em 31 minutos, Antetokounmpo conseguiu um duplo-duplo de 29 pontos e 10 rebotes. O ala Khris Middleton, por sua vez, infernizou os celtas com arremessos certeiros de longa distância e anotou 28 pontos, enquanto o armador Eric Bledsoe, criticado após atuação apática no Jogo 1, fez 21 pontos.

Com a vitória diante de seu torcedor no Jogo 2, o Milwaukee Bucks empatou a semifinal da Conferência Leste em 1 a 1, mas o Boston Celtics, apesar do tropeço, volta para casa com a sensação de dever cumprido, já que, com o triunfo na primeira partida em Milwaukee, conseguiu quebrar o mando de quadra do Bucks. Agora, o Celtics terá dois jogos em casa para abrir vantagem na série, e o primeiro desses confrontos será nesta sexta-feira (3), às 21h, no TD Garden, com transmissão da ESPN para todo o Brasil.

O jogo

Com o ala-pivô Nikola Mirotic como novidade no quinteto titular, o Milwaukee Bucks tentou ditar o ritmo no primeiro quarto, mas o Boston Celtics, liderado por Marcus Morris e Al Horford, garantiu a vitória no período por 30 a 25. Já no segundo quarto, o Celtics continuou pontuando bem, só que as ações ofensivas do Alviverde foram insuficientes para frear a reação do Bucks, que acertou três arremessos de três pontos nos últimos 1:15 do período e levou quatro pontos de vantagem para o intervalo.

No terceiro quarto, depois de um equilíbrio do Boston Celtics nos quatro primeiros minutos, o Milwaukee Bucks mostrou sua força e deu um passo gigantesco para a vitória: com 24 pontos anotados em oito minutos, contra apenas quatro da equipe celta, os donos da casa se consolidaram na liderança. Com 25 pontos de prejuízo, o Celtics não quis arriscar e poupou os seus titulares no Q4, transformando os últimos 12 minutos de jogo em mera formalidade para Milwaukee.

Destaques do Bucks

Giannis Antetokounmpo (29 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Khris Middleton (28 pontos e sete rebotes)

Eric Bledsoe (21 pontos e cinco assistências)

Destaques do Celtics

Marcus Morris (17 pontos e sete rebotes)

Jaylen Brown (16 pontos e seis rebotes)

Al Horford (15 pontos e oito rebotes)

Melhores Momentos

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

4 Comentários

  1. Publicidade

  2. Everton disse:

    Mesmo com as estrelas do Bucks jogando muito, acho que perdemos esse jogo para nós mesmos. Irving, Hayward e Tatum simplesmente não jogaram.

    1

    1
  3. Sandro disse:

    Jogo estranho…acho que eles acabaram com seu arsenal de bolas de 3 ontem…tomara. Nosso segundo tempo foi sofrível, amassamos o aro, deu raiva em alguns momentos, esses apagões tem que acabar.E por fim quando algum jogador não ta bem alguém tem que aparecer…Irving as vezes também joga mal, não da pra ficar sempre nas costas dele. GH e Tatum precisam ser mais consistentes. Vejo JB muito mais pronto que Tatum. É muito mais criticado, mas pontua mais e defende melhor. Mesmo assim estamos no lucro com a vitória fora de casa …é que depois daquele primeiro jogo deu pra pensar que tinhamos atingido nosso auge na hora certa Vamos pro TD Garden agora…
    LETS GO CELTICS!!!.

    3

    1
  4. Fernando Silva disse:

    Cuca fresca, água de coco e temos o mando de quadra.

    Foi uma noite ruim de:

    1. KI

    2. Tatum

    3. GH (mais para menos).

    4. Defesa

    Por isso placar elástico.

    Claro que os Bucks têm méritos nisso.

    Precisamos melhorar para garantir em casa.

    Se vencermos as 2 em casa, creio que finalizemos.

    2

    1
  5. Marco Antônio de Paula disse:

    Acho que precisamos mudar nossa mentalidade. Jogar com mais intensidade defensiva. Pontos chaves para Boston nesse duelo são Tatum e Hayward. Se esses caras nao entrarem na série, vai ser muito complicado.

    0

    0

Deixe um comentário