Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Lenda dentro e fora das quadras, Bill Russell será homenageado pela NBA em sua cerimônia de premiações da temporada

Um dos maiores nomes do século XX, Bill Russell cansou de escrever seu nome na história, seja dentro das quadras de basquete, seja no aspecto social.

Russell, de 83 anos, é integrante do Hall da Fama do Basquete, 11 vezes campeão da NBA, recebeu medalha de honra do ex-presidente Barack Obama, por sua luta pelos direitos civis, e foi o primeiro afrodescendente americano a ser treinador de um time profissional dentre as quatro principais ligas norte-americanas (NFL, NBA, MLB e NHL).

No próximo dia 26, a ilustre e ímpar carreira de Russell será premiada mais uma vez, já que a lenda do Celtics receberá o Lifetime Achievement Award (Prêmio dado a alguém do mundo do basquete que conquistou ou realizou algo impactante em sua vida). O troféu será entregue na cerimônia de premiações da temporada 2016/2017, o NBA Awards Show, que ocorrerá pela primeira vez na história.

Enquanto jogador, Russell foi o primeiro atleta a vencer o NCAA Championship (torneio nacional universitário), a ser campeão na NBA e a ser medalhista de ouro nas Olimpíadas. O ex-pivô ainda foi nomeado, cinco vezes, como MVP das finais e foi selecionado para o All-Star Game em 12 oportunidades. Bloqueador nato, sua presença na proteção do garrafão do Celtics ajudou a revolucionar os conceitos de defesa no basquete.

Fora das quadras, Russell sempre chamou atenção pelo seu ativismo social, sobretudo na luta pelos direitos civis das minorias.

Como prova, o eterno camisa 6 do Celtics participou da Marcha de 1963, na capital Washington (DC). Após o ativista Medgar Evers ter sido assassinado em Jackson (Mississippi), também no ano de 1963, Russell foi até o local da tragédia e realizou um evento de basquete, utilizando o esporte como instrumento de união e empoderamento da população local. Russell, ainda, fez uso de sua imagem pública para defender Muhammad Ali, quando o lutador se negou a servir às forças militares norte-americanas na Guerra do Vietnã.

O NBA Awards Show, que será realizado em New York, será apresentado pelo cantor Drake e será transmitido pela TNT (para os Estados Unidos). Na mencionada cerimônia, além do prêmio dado a Russell, teremos anunciados os vencedores para MVP, calouro do ano, treinador do ano e demais prêmios.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

3 comentários

  1. R Green

    Lenda Master!
    São raros os que conseguem ser gênio dentro e fora de quadra!
    Nos faz sentir muito orgulho por ter sido um Celta…

    Ídolo maximo….

  2. R Green

    Sei que não tem nada relacionado a esse assunto, mas os boatos sobre Griffin estão crescendo hein?
    Não sei se seria o nome certo mas na minha opinião é de um PF que mais precisamos.
    Me agrada!

  3. phabio passos

    BEM, E MUITO DIFICIL FALA DE BILL RUSSELL, PARA NOS CESTAS, ELE É IDOLO, MITO, REFERENCIA, E ELE TUDO PELO PARA NOS TORCEDORES DO BOSTON
    E MINIMO QUE TEM DIZER E MUITO OBRIGADO POR TUDO, E POR SER CELTICS…
    🙂

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.