“Nós contra o mundo”: a mentalidade que incendeia o Celtics nos playoffs