Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

O adeus e a eternidade de Paul Pierce e Kevin Garnett

Já esperávamos por isso. Só não queríamos admitir a realidade. Eu mesmo segurei muito antes de pensar em escrever algo sobre a iminente saída de Paul Pierce e de Kevin Garnett do Boston Celtics. O nosso Boston Celtics. Por mais que todos tentassem se enganar, acreditar que iríamos ter a honra de contar com eles em 2014, todos já imaginavam que uma hora isso ia acontecer. E aconteceu, nesta noite de 27 de junho, em meio à escolha do promissor Kelly Olynyk no NBA Draft 2013. Para nós, foi simplesmente o fim de uma era. E de uma era feliz.

Conheci Pierce e Garnett juntamente quando eu conheci o Boston Celtics, em 2003 para 2004, em tempos de Fleet Center e de vacas magérrimas. The Truth, muito jovem, era um dos craques da NBA desde aquela época, mas sofria demais com times que não honravam a camisa mais vitoriosa da NBA, que não levantava a Larry O’Brien desde 1986. Em tempos que internet era a coisa mais difícil, redes sociais não existiam e fãs de NBA pareciam não existir, eu me resumia ao que via pela TV, e foi por aí que eu acabei conhecendo, levemente, Boston, Celtics e Pierce. E naquele tempo, algo chamava ainda mais a atenção: nada me impressionava mais do que ver Kevin Maurice Garnett em quadra com a camisa de outra equipe, sem ser a que me encantou a primeira vista: o Minnesota Timberwolves.

Se, por um lado, o time de Minneapolis não me fazia arrancar aplausos, Garnett fazia. Pontos a rodo, rebotes, enterradas, lances de velocidade. Para quem só conhecia Michael Jordan, o maior de todos, KG fazia os olhos brilharem. Para uma criança de 12 anos, era difícil não se impressionar e não idolatrar aquele camisa 21. Não viria a ganhar o campeonato daquele ano, é verdade. Nem a ganhar nada com os Lobos anos depois. Mas importava? Garnett virou, ali, a representação do basquete eficiente, do show que era um jogo da NBA.

Cresci. Quatro, quase cinco anos se passaram. Sem ter acesso à NBA desde então, acabei tendo meu reencontro triplo na mágica temporada de 2007-2008. Achei de novo o Boston Celtics, que abandonava de vez o passado de tristeza; com Paul Pierce, de energia renovada e a liderança costumeira; e com Kevin Garnett, mais velho, mais raçudo, brilhante. E os três, quase que como sinônimos um do outro, se tornaram símbolos de uma nova geração de torcedores. De camisas verdes. De luta. De raça. De pontos. De vitórias. De triunfos. E Boston, maltratada após tantas temporadas ruins, voltou a sorrir e a conquistar o mundo. Daí em diante, nunca mais deixou de ser o protagonista que era acostumado a ser. E fez com que a minha identificação fosse completa, criando um vínculo eterno com a franquia e tudo que a envolve. Graças, claro, a The Truth e Big Ticket.

O tempo passou. Os tempos em que sofria para assistir um jogo qualquer da liga em um sábado a noite de tédio passaram. Mas a magia com que eu via Paul Pierce, de camisa 34, e de Kevin Garnett, com a número 5 às costas, nunca mudou. Pelo contrário, só aumentou. E vou ficar para sempre com as imagens eternas deles na minha cabeça. Do Pierce arremessando uma cesta de três no soar da sirene. At the buzzer. Dos lances em que a jogada parecia morta, mais dois pontos ou uma assistência. De acertar cesta contra o Lakers e apontar para o chão, como quem diz “aqui é a minha casa!”. Ou mesmo um lance de três pontos em pleno Madison Square Garden, mandando beijos para os anfitriões e causando a ira de Spike Lee. E mesmo de KG batendo no peito a cada cesta conquistada no suor, da raça em cada rebote no garrafão, do ponto marcado mesmo com a mão de Lamar Odom querendo impedir no Game 6 de 2008, das flexões feitas após sofrer uma falta dura, dos trash talks contra os adversários e, principalmente, do abraço na lenda Bill Russell após conquistar o seu tão sonhado título de campeão. Anything is possible.

É difícil dar adeus. Nunca é fácil. Mas ficam as boas lembranças e a sensação de dever cumprido. Serão sempre lembrados nos corações e mentes de cada celta e também no teto do TD Garden, muito em breve. Obrigado, Paul Pierce. Valeu, Kevin Garnett. A eternidade no maior campeão da história da NBA os aguarda.

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

52 comentários

  1. lodymd

    Eu realmente não tenho palavras. Dor de uma perda, da perda até mesmo de um familiar.

    (obs: A cesta do FAMOSO E INESQUECÍVEL beijo, foi de 2 pts, mas o texto está tão bom que chega a passar batido)

    Todos os Celtas estão de luto!

    • RICARDO SOUZA

      BANDO DE MARICAS ! COMECEI A ASSISTIR O CELTICS NA TEMPORADA 89-90 NA BAND COM LUCIANO DO VALLE E ME ENCANTEI COM LARRY BIRD(CELTA DE VERDADE ) E AGORA UM BANDO DE MARICAS CHORANDO KG E PP .VÃO TORCER P O MIAMI SEUS MERDAS E DEIXEM O CELTICS SE RENOVAR E SEGUIR SEU CAMINHO . FICAM AGRADECENDO OS CARAS COMO SE ELES GANHASSEM UM SALARIO MÍNIMO ! CELTICS FOREVER !

  2. Neto Gato

    não tem palavra que descreva a dor nesse momento… é como perder uma pessoa da família,li e reli o texto e me arrancou lágrimas de dor,sentindo um vazio por perder duas pessoas tão importante!!

    • RICARDO SOUZA

      BANDO DE MARICAS ! COMECEI A ASSISTIR O CELTICS NA TEMPORADA 89-90 NA BAND COM LUCIANO DO VALLE E ME ENCANTEI COM LARRY BIRD(CELTA DE VERDADE ) E AGORA UM BANDO DE MARICAS CHORANDO KG E PP .VÃO TORCER P O MIAMI SEUS MERDAS E DEIXEM O CELTICS SE RENOVAR E SEGUIR SEU CAMINHO . FICAM AGRADECENDO OS CARAS COMO SE ELES GANHASSEM UM SALARIO MÍNIMO ! CELTICS FOREVER !

  3. Paulo Victor

    Pierce e garnett fizeram história no Celtics.

  4. Matheus Porto

    Triste, é como eu me sinto com isso tudo. KG é o motivo para eu torcer para o Celtics, e não é simpatizar, é TORCER de verdade. Sou do futebol, mas torço mais para o Celtics do que para meu time de futebol o Flamengo.
    PP é sem comentário, alma celta por mais de uma década, merece todo o respeito.
    Mas vamos lá, hoje nós somos Celtics e não KG ou PP então tinhamos que passar por isso, por mais que essa troca seja maluca, eu acredito no Aigen.

    • Everton Paiva

      concordo que hoje tb torço com mais amor pro Celtics que o Flamengo, vibro mais e neste final de ano já programei uma viagem para assitir KG no TD Garden, por isso, estou duplamente frustrado, com a saída de KG e PP e de não realizar um sonho de alguns anos em vê-los jogando com a camisa verde, camisa que tenho e exibo com orgulho o número 5 e o nome Garnett, espero que o amor Celta supere todas estas mudanças, Let´s Go Celtics!

  5. Mazinho

    É em um momento como esse que dá para entender o Ray Allen… Pq ter algum respeito pelo o time, se o mesmo não terá por você?

    Hj vai ser lembrado por muitos anos como um dos mais tristes da história Celta.

    Estou de luto!

  6. Renato TD

    Estou achando que o Vinicius sempre esteve com a razao sobre o Ainge !

    • Cadu

      não fala isso pelo amor de Deus… o Vinícius com razão é de doer, mas concordo que a troca foi, no mínimo, estranha.

      mas calma, as trades estão apenas começando e muita coisa ainda tem para vir aí…

  7. Lucas

    Paul Pierce e Kevin Garnett, lendas, mitos n importa aonde forem jogar sempre vo me lembrar desses dois, principalmente do último, meu ídolo no esporte.

  8. Cadu

    Alguma troca engatilhada pelo Gerald Wallace o Ainge tem que ter, não é possível. Nem muito CAP para a free agency ele conseguiu abrir com essa troca, muito estranho isso… quero acreditar que tem mais alguma troca encaminhada, não pode ser só isso porque se for, é torcer para o time ir MUITO mal e pegar uma pick alta em 2014 porque 2013 já era.

    Mas ainda acho que é algum movimento para trazer o Josh Smith e o Monta Ellis, sei lá. Seria tipo o Gerald Wallace + umas dessas picks por ele, e o Lee + Bass ou Humpries + uma das outras picks pelo Ellis.

    Uma coisa é certa, pelo bem pelo mal, o Ainge sempre nos surpreende, e as trocas começaram só agora, vamos esperar o mercado de free agency para ver o que mais nos espera.

  9. Fernando

    De fato os nomez do BN não se comparam a um KG de 38 anos. Evans é raçudo, as vezes até desleal. Mas acredito que tenha o perfil dedicado da nossa camisa. Mas sem a técnica. Pegas muitos rebotes. Wallace é aproitável na 4. Mas é só. Não esqueçamos que eles perderam os offs para o time 3 do Bulls. Acredito que outra troca esteja prevista ou que abramos muito espaço no CAP para uma contratação de peso. Pois vamos precisar. Na pior das hipóteses, que seria manter os jogadores do BN sem contratação, a minha conclusão é que o Ainge aposta no futuro. Em montar um time jovem pelo Draft.

  10. joao gabriel

    mtas trocas estao por vir e acho q liberou 22 milhoes pra prox temp

  11. Simão pedro

    Putz parbéns pelo texto, quase chorei, só não choreo por que eu não to em casa muito emocionante

  12. sebas

    O Ainge só tem feito cagada nos últimos 3 anos.Essa loucura atrás de uma renovação forçada pode nos estar custando muito alto.Em 2011 tínhamos um time arrumado,liderando a NBA e ai o que ele faz?Troca um dos nossos principais lideres.É só comparar o rendimento antes e depois da troca.

    Na temporada seguinte,o Green que chegou se quer jogou,trocamos o Glen Davis que era um bom defensor e jogava com raça pelo limitado Brandon Bass,que até fez uma boa temporada mas depois que assinou um contrato maior nunca mais jogou bem.E não nos esqueçamos de toda a ladainha do Allen ser trocado,sendo que no final não deu em nada.Quer dizer,deu merda pra gente.O cara ficou chateado e saiu do time sem agente ganhar nada em troca.

    E nessa ultima temporada inteira foram rumores de troca envolvendo o KG e o PP mas em nenhum momento jogadores como o Bass que vinha muito mal,foram envolvidos neles.Ai chega nessa noite,agente consegue subir 3 posições no draft pra pegar o Olynyk.

    E pra finalizar trocamos nossos dois maiores idolos na década com a desculpa de inciarmos uma reconstrução mas recebemos dois jogadores de contratos altos e no caso do Wallace,muito longo.Não podemos nem anistiar o cara ainda.Se a ideia é trazer um bom FA,qual o sentido dessa troca?Se era pra deixar pra abrir espaço no cap pro ano que vem,era melhor deixar o Kevin e o Pierce no time,já que eles devem se aposentar em 2014.O mais foda é que reforçamos um rival de divisão e pegamos as escolhas dos caras.Vai ser muito difícil alguma dessas virar uma top 10 pra gente.

    E mais,Wallace,Humpries e Rondo no mesmo time?Não duvido nada que com um time medíocre que estamos montando que o Rondo peça pra sair nos próximos meses.

    Paul Pierce e Kevin Garnett mereciam pelo menos mais respeito nesse processo de reconsrução e nós torcedores da franquia mais vencedora da NBA mereciamos um GM melhor.Enquanto isso os Spurs está a 17 anos com a dupla Tim Duncan e Pop sempre entre os melhores da liga e disputando títulos,sem precisar fazer grandes trocas e respeitando seus ídolos,sem muito alarde.

    Só não digo que o Ainge é o GM mais burro da liga porque vai que alguém aceite uma troca envolvendo o Wallace e o Humpries,mas tá difícil.

    • Leo Ro

      É o que vinha escrevendo aqui desde antes da saída do Doc. Vou destacar os principais ponto brilhantemente citados:
      – “Loucura” do Ainge por renovação ao trocar o Perkins no momento em que nosso time voava e estava livre de lesões graves (desde então, nunca tivemos pivô descente e o velho e ótimo KG passou a ser improvisado);
      – Diversas ventilações sobre possíveis saídas de KG e PP34, enquanto nem se toca no nome do Bass! Isso influencia pro próximo ponto;
      – Falta de respeitos a ídolos que reergueram o espírito celta! Como vc quer que KG e PP34 aceitem reduzir salários, se durante a temporada inteira, o GM frita o nome deles e não cogita nada se livrar de Bass e Lee?? O Bass tá esquecido pela imprensa até agora! Então, é óbvio que já desde 2012, essa era intenção do Ainge. Se livrar dos ídolos! E isso pode ter feito o Doc debandar também, como indignação por ter que assumir um time que não precisaria de uma renovação total, mas que poderia se moderada e progressiva, a exemplo dos Spurs;
      – Perdemos a chance de nos espelhar nos Spurs, que poderiam terem sido campeões agora, com todos os méritos, já no jogo 6.

      Ainge quis transformar o Boston em loteria. E pode ter falhado até nisso! Nem apenas por se tratar de apostar em algo que pode nem vingar, mas também pq o time pode ficar naquele status de nem ser tão bom pra virar um contender, mas tambem nem ser tão ruim pra ficar nas últimas posições do Leste e pegar draft entre as 5 primeiras posições.

      Lamentável!

  13. Ygor

    Eu não sei nem o que dizer, parabéns pelo texto.
    Comecei a gostar de basquete por causa do KG, irá deixar saudades.

  14. Rafael

    Faz sentido se forem moeda de troca. Se usarem verde, fedeu…

  15. Fernando

    Sei que a galera vai me crucifica depois disso, mas sinceramente a troca não foi a pior coisa do mundo, antes de começar tem que saber que os caras são profissionais, independente, existe claro todo o apoio do torcida e tal, mas os negócios como em qualquer outro lugar são sempre frios e assentimentais, então claro o PP34 e o KG eram super jogadores, sempre se dedicaram ao Boston, mas não da pra esquecer que The Truth ja manifestou algum tempo atras que continuaria jogar basquete sendo no Celtics ou em qualquer outro time, e KG apesar da clausula contratual é um luxo muito caro ao Boston sofre de dores nos joelhos, o time do Boston realmente tava velho, cansado, mostrou isso nos playoffs tentou virar uma série, tentou, Paul Pierce todos viram cara sei que o cara levou o Boston no peito todo esse tempo mas nos últimos tempos não se via a mesma intensidade de jogo, a marcação já não era tudo isso resultado de uma campanha de 50% de vitorias, KG joga demais foi recolocado como pivô mas são 37 pra 38 anos nas pernas, era eminente o Boston precisava de um time novo, é bem provável que o Ainge envolva trocas com esses novos jogadores, não dava pra espera gasta dinheiro com eles, tem que pensa que é um time novo, um Boston reformulado como aconteceu como Oklahoma, é esperar, Jason Terry era puta jogador em Dallas e veio pro Celtics jogando super mal, Doc saiu támbem e isso foi muito bom porque ultimamente não tava com muita moral pra comandar, e varias vezes não foi uma pessoa foram muitos que criticaram esse time, tava na hora de renovar mesmo, e espera as próximas trocas pra chamarem o Ainge de burro, que foi o mesmo que montou o Big Three, infelizmente os cara se lesionaram direto e isso custou talvez um ou dois anéis a franquia

    • sebas

      O engraçado é que as lesões que mais nos prejudicaram nas ultimas temporadas não foram nem do KG nem do PP,foram de jogadores mais novos…

      • Fernando

        Na real foram incontaveis lesões
        KG-2009-joelho – Boston ficou no segundo round contra Orlando
        Perkins 2010-joelho – finais perdemos jogo 6 e 7 contra o LA
        Ray Allen 2012-tornozelo – jogou baleado
        Shaq e Jermaine O’Neal-2011 playoffs
        fora as tranquerada
        citei aqui os ex-celtas

        • Mazinho

          Respeito a sua opinião, mas o mundo esta desse modo como esta hj, por pensamentos como esses: são profissionais, frios, negócio.
          Sou de Santos e Santista, nosso maior ídolo só jogou aqui, esse orgulho só nós Santista podemos ter, pensei que teria o mesmo orgulho com relação aos Celtics e PP34, mas como vc disse é um negócio.

  16. Daniel Ferreira

    Bom, o fim de uma era ocorreu ontem. A história recomeça, um novo time, um novo momento mas o mesmo Celtics. Acredito que mesmo parecendo uma grande burrice Danny Ainge não faria um jogada tão arriscada sem ter nada em vista, enfim ele não dá ponto sem nó. Mesmo questionado eu confio no trabalho dele. Ainda fico na espera de daqui uns dias contarmos com Josh Smith e/ou Monta Ellis. Estou triste? Óbvio que sim Pierce e Garnett representaram o que é ser um Celta de verdade, mas estou confiante com o que virá.

  17. Victor Salviano

    Caros companheiros celtas, é claro que todos nós estamos sentidos com a perda dos 2 ao mesmo tempo, quem não sofrer com essa perda, não é um torcedor do Celtics de verdade ! ! ! Mas só espero que muita gente aqui não esqueça que somos torcedores do CELTICS, não do Garnett, do Pierce, Rondo, e o cuzão do Allen . . . Somos e o CELTICS e maior do que qualquer jogador, repito NÃO TEM COMO NÃO SENTIR A PERDE DOS DOIS ! ! ! Mas acho que há quase que um consentimento de que era necessário eles saírem, o CAP do Celtics precisa de mudanças DRÁSTICAS, e de renovação, e lembrem-se temos RONDO ainda, ele nas ultimas temporadas teve seu estilo de jogo mudado para favorecer KG e PP, Rajon e muito foda como armador, até hoje não entendo como ele ficou de fora das Olímpiadas mas . . . Vamos confiar gaelra, eu to triste pela troca, mas ao mesmo tempo um pouco feliz, pelo CAP e por ter melhorado o BANDO com pelo menos 3 desses 5 jogadores que estão vindo !!!! Um forte abraço a todos e LET’S GO CELTICS

  18. Dilvaine

    Texto emocionante. Obrigado KG e Pierce, por tudo.

  19. Dilvaine

    Galera condena o Ainge sem ter uma prospectiva noção de que já era hora, o rebuild batia na nossa porta, ou deixava ele entrar agora, ou falariamos para voltar amanhã, pois quem ele procurava não estava ali. Ainge decidiu deixar entrar. E agora é foco novo, é rumo novo, é mente nova, é coração novo, nada como uma dor, um sentimento de felicidade meio à solidão de não tê-los mais, mas é assim… É assim. Pistons sofreu demais quando acabou a era dos wallace’s, billups e demais… Assim como Spurs vai sofrer também. ´Penso eu que Ainge ta fazendo o certo, se não agora nessa temporada, na próxima ele vai mostrar que fez. 3 Contratos de 800 mi expirantes, que juntos ja totalizam 2.4 mi. 3 drafts futuros, 2014,2016 e 2018. Top 15 em 2014. top 15 em 2016 e arrisco dizer top 10 2018. E ai em 2018, se mantivermos todos… teremos um time no auge, com prospecção de vitória e de título na nossa porta. É esperar antes de criticar, ter calma e vamos ver essas próximas cenas deste capítulo chamado de nova era.

    • Leo Ro

      Olha, honestamente, acho que o D.Ainge não chega até 2018 como GM dos Celtics não. A não ser que conquistamos um título no meio do caminho.

      Vc deposita as esperanças de sucesso da franquia em drafts. Eu deposito em craques e ídolos. Então, para o bem dos Celtics, torço pra que o Ainge tenha vergonha na cara de correr atrás de um ídolo de verdade a partir de 2014-15. Gente como Kevin Durant ou mesmo o Lebron James.

      Se draft picks fossem garantia de sucesso, acredito que Clippers, Wolves, Raptors, Kings, Nets… já teriam erguido um banner nos últimos 10 anos…

  20. Marcel

    É chato quando uma estrela sai ou se aposenta, duas então nem se fala! Infelizmente foi um mal necessário.

    Por um lado não vejo como das piores esta troca, vamos receber Bogans, Joseph, Humpries, Brooks, Wallace e as picks primeiro round futuras.

    Muita coisa tem para acontecer ainda e com certeza o Humpries com o contrato expirante dele já deve estar sendo negociado pra alguma franquia, Joseph também não deve ficar. Resta saber o que vão fazer com o Wallace e o Brooks o último gostaria que ficasse.

  21. Igor Santos

    Sentiremos muita falta desses dois eternos ídolos!!!

  22. Marco Fernandes

    O problema não é trocar os dois e sim por QUEM trocar!

    Obs: Não comparem a saída de duas pessoas do time com perdas de familiares hoje faz exatamente 1 ano que meu vô faleceu e eu nunca vou comparar isso com a saída de 2 jogadores de basquete do meu time preferido.

  23. junior

    No meu ponto de vista o problema não foi trocar os dois afinal ja disse algumas vezes renovar é preciso mas sim trocalos por esse monte de lixo que esta vindo para boston e sem se quer ter um treinador para ouvir a opinião dele, e ai quem vai ser o tecnico denny ainge com relação a isso to com um mal pressentimento, claro que por KG ou PP sentimos sim por que são dois idolos mas sou torcedor do celtics e não de jogador A ou B. A partir de agora so falo bem ou mal do ainge apos o inicio da temporada quando ja tive tudo no seu devido lugar ai vamos ver no que vai dar. GO CELTICS

  24. Vinicius Simões Bravo

    QUEM TEM QUE TER UM FIM É O PALHAÇO IMBECIL BABACA DO DANNY AINGE!

    • RICARDO SOUZA

      BANDO DE MARICAS ! COMECEI A ASSISTIR O CELTICS NA TEMPORADA 89-90 NA BAND COM LUCIANO DO VALLE E ME ENCANTEI COM LARRY BIRD(CELTA DE VERDADE ) E AGORA UM BANDO DE MARICAS CHORANDO KG E PP .VÃO TORCER P O MIAMI SEUS MERDAS E DEIXEM O CELTICS SE RENOVAR E SEGUIR SEU CAMINHO . FICAM AGRADECENDO OS CARAS COMO SE ELES GANHASSEM UM SALARIO MÍNIMO ! CELTICS FOREVER !

      • Digor

        Ricardo, não diria com essas palavras, por respeito aos colegas, que como eu, sinto a saida de dois ídolos. Mas, concordo com a idéia, Boston está acima de tudo, e os dois já não rendiam como jogadores para salários gigantes e estavam engessando qualquer chance de renovação.

  25. Felipe Augusto

    UM PUTA TEXTO HEIN. 🙂

  26. Lodymd

    Podem me crucificar, mas meu sonho no momento é ver
    O Brooklyn Nets campeão EM CIMA DA GENTE
    com uma cesta de 3 do MITO com passe do KG!
    Tudo isso só pro Ainge aprender a ter mais caráter!

  27. Victor Bueno

    AINGE CONSEGUIU A CAGADA DO ANO!

  28. Narga

    E dificel dizer algo nessa hora, mais KG e PP sempre estaram em minha memoria, não só por ver estes dois grandes jogadores na TV, mais dos jogos de video game do xbox 360 hahahaha, tudo de bom para esses vencedores, acredito que mais um jogador deve ser lembrado para todo o sempre como jogador celta, Ray Allen, esses 3 eram o pesadelo para os adversario, ao escrever isso me lembro de varios lances, e de varios dias que eu pegava a camiseta numero 5 do boston celtics e fica em frente a Tv para ver esses 3 gigantes do basquete jogar……Obrigado a Ray Allen, Kevin Garnett e Paul Pierce, 20,5 e 34 obrigado……

  29. Willian

    Meu Deus…já estão falando que o New York está atras do Rondo….
    se ele sair…aii fudeu tudo

  30. GabiX (Gabriel Biasibetti)

    Só eu ainda tenho fè no Ainge? em algum plano?

  31. Anderson Tomás

    Confio muito no Ainge, assim como confiava quando jogador. Tem uma galera desesperada que tem mente futebolesca,por isso o desespero. Só paixão.

    Vem notícia boa em breve…

    Quanto NY e Rondo, pode levar. Contanto que mande Melo, Tyson e Felton hehe…

    • Digor

      É isso mesmo, lembro do time da década de 80, me liguei na NBA por causa de BIRD e cia. Senti pacas a aposentadoria do BIRD, mas Boston Celtics acima de tudo, sempre!

  32. Lucas

    Se for pra renovar o time renove com jogadores de capacidade do Celtics não qualquer um 17 titulos pra jogar aii o kra tem que ter nome e ser bom pq a troca entre KG PP se vierem aqueles jogadores Deus me livre mil vezes o KG com 80 anos e o PP 79

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.