Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Pré-temporada 2019: Celtics 107 x 106 Hornets

Após uma semana de treinamentos, o Boston Celtics disputou, na noite de domingo (6), o primeiro dos quatro amistosos de preparação para a temporada 2019/2020 da NBA. Contando com o apoio da torcida verde e branca no TD Garden, o maior campeão da história da liga fez muitos testes e teve uma atuação com altos e baixos diante do Charlotte Hornets, mas conseguiu uma suada vitória por 107 a 106.

Apostando em uma escalação com três alas (Jaylen Brown, Jayson Tatum e Gordon Hayward) e o segundanista Robert Williams no garrafão, o Boston Celtics teve um bom início diante do Charlotte Hornets: com Kemba Walker ditando o ritmo na armação e apoiado na agressividade de Tatum e Hayward, o Alviverde abriu vantagem nos minutos em que atuou com força máxima. O bom início, entretanto, foi destruído com a entrada da rotação, e o Hornets abriu 17 pontos de vantagem durante o terceiro quarto.

Quando o jogo parecia resolvido a favor do Charlotte Hornets, os torcedores do Boston Celtics tiveram uma agradável surpresa. Apostando em nomes do elenco de apoio, que ainda buscam um espaço na rotação do técnico Brad Stevens ou mesmo uma vaga para a temporada regular, o Alviverde conseguiu uma improvável reação, cortou todo o prejuízo ainda no terceiro quarto e, embalado, garantiu a vitória nos 12 minutos finais.

No primeiro amistoso contra o Charlotte Hornets, dois titulares chamaram a atenção no Boston Celtics. Cumprindo a promessa de ser mais agressivo no ataque, Jayson Tatum foi o cestinha celta, com 20 pontos, enquanto o estreante Kemba Walker anotou 12 pontos e distribuiu quatro assistências. Cotado para começar jogando, mas escalado entre os reservas, o pivô turco Enes Kanter fez 11 pontos e pegou quatro rebotes em 20 minutos.

Responsável pela virada heroica, a rotação do Boston Celtics contou com atuações promissoras. Postulante a uma vaga no elenco celta para a temporada 2019/2020, o ala Javonte Green levantou o público no TD Garden com enterradas espetaculares, muita disposição e aproveitamento perfeito nos sete arremessos que tentou, encerrando o jogo com 15 pontos e quatro rebotes em apenas 11 minutos. Os calouros Carsen Edwards e Grant Williams também se destacaram: enquanto Edwards anotou 11 pontos, Williams pegou nove rebotes.

Outra grande atração do amistoso entre Celtics e Hornets foi a estreia do pivô senegalês Tacko Fall, que teve uma recepção de ídolo no TD Garden. Com seus 2,31m, Fall levou os torcedores celtas à loucura em seus oito minutos em quadra e contribuiu com cinco pontos, três rebotes e dois tocos.

Pelo lado do Charlotte Hornets, dois reservas lideraram as ações ofensivas. O ala-pivô calouro P. J. Washington fez 16 pontos e pegou sete rebotes, e o ala Caleb Martin anotou 13 pontos. Entre os titulares, destaque para o duplo-duplo do ala Miles Bridges, com 12 pontos e 10 rebotes. Ex-Celtics, o armador Terry Rozier ficou perto de um duplo-duplo no reencontro com a torcida verde e branca, anotando nove pontos e distribuindo nove assistências.

A próxima partida amistosa do Boston Celtics na pré-temporada da NBA está marcada para a noite desta sexta-feira (11), às 20h (horário de Brasília), diante do Orlando Magic, no Amway Center. O Charlotte Hornets, por sua vez, recebe o Miami Heat nesta quarta-feira (9), às 20h30, em duelo marcado para o Spectrum Center.

Destaques do Celtics

Jayson Tatum (20 pontos, quatro rebotes e três roubadas de bola)

Javonte Green (15 pontos e quatro rebotes)

Kemba Walker (12 pontos e quatro assistências)

Destaques do Hornets

P. J. Washington (16 pontos e sete rebotes)

Caleb Martin (13 pontos e quatro rebotes)

Miles Bridges (12 pontos e 10 rebotes / duplo-duplo)

Melhores Momentos

https://www.youtube.com/watch?v=kIBNscGuBhU
Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

2 comentários

  1. Sander

    Tem alguma chance de dispensar o Wanamacker para ficar com o Tacko Fall e o Javonte Green??

  2. Marcos

    Cara, o Taco tem um potencial defensivo infinito. Mantenha esse cara. Dispensa o Citrus e manda o Poirot de volta pra França.

    O Edwards parece ser tão peladeiro quanto o Rozier.
    A parte defensiva da rotação está muito ruim na comparação com os anos anteriores.
    O Kanter não tem correção para isso.

    Vamos torcer,

    Abs verdes,

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.