Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Pré-temporada 2019: Boston Celtics x Charlotte Hornets

Sem disputar uma partida oficial desde maio, quando foi eliminado nas semifinais da Conferência Leste na temporada 2018/2019 da NBA, o Boston Celtics volta às quadras e inicia uma série de quatro amistosos de pré-temporada na noite deste domingo (6). Maior campeão da história da liga, o time verde e branco de Massachusetts recebe, em seu TD Garden, o Charlotte Hornets, que inicia um trabalho de reconstrução para voltar aos playoffs após três anos. O duelo entre Celtics e Hornets marca ainda o reencontro do armador Kemba Walker, principal contratação celta para a temporada 2019/2020, com a franquia da Carolina do Norte, onde é ídolo e atuou por oito anos.

Depois de uma temporada decepcionante, onde era candidato ao título, mas amargou uma queda incontestável na série contra o Milwaukee Bucks, o Boston Celtics aposta em novos líderes para se manter competitivo na Conferência Leste. Para o lugar de Kyrie Irving, que saiu pela porta dos fundos rumo ao Brooklyn Nets, o Alviverde apostou em Kemba Walker, enquanto o pivô turco Enes Kanter foi o escolhido para substituir Al Horford, agora jogador do Philadelphia 76ers. Com Walker e Kanter ajudando os jovens alas Jayson Tatum e Jaylen Brown, o Celtics quer fazer ajustes importantes nos amistosos, para chegar na próxima edição da liga no melhor ritmo possível.

Para o primeiro amistoso contra o Charlotte Hornets, o técnico Brad Stevens tem uma dúvida no quinteto titular, mais precisamente na posição de ala-pivô, onde terá que fazer um improviso. A tendência é que Jaylen Brown forme dupla de garrafão com Enes Kanter, mas não está descartada a escalação de Jayson Tatum no setor, com Gordon Hayward atuando na posição 3 e Brown puxando a rotação celta. A única dúvida do Alviverde para o confronto é o ala-armador calouro Romeo Langford, com uma lesão na virilha.

O Charlotte Hornets, por sua vez, tenta seguir a vida sem Kemba Walker, seu maior cestinha e líder, que agora veste a camisa do Boston Celtics. A aposta da franquia da Carolina do Norte, curiosamente, é um velho conhecido da torcida celta: o armador Terry Rozier, que viveu altos e baixos em quatro temporadas com a camisa verde e branca. O ala francês Nicolas Batum, remanescente de 2018/2019, dividirá a responsabilidade com Rozier.

Diante do Boston Celtics, o técnico James Borrego deve escalar o Charlotte Hornets com o que tem de melhor, mas ainda tem algumas dúvidas na rotação, já que o ala-armador Malik Monk e o ala Michael Kidd-Gilchrist, lesionados, devem ser poupados do duelo no TD Garden. Entre os reservas, a referência da franquia da Carolina do Norte é o pivô espanhol Willy Hernangomez.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 19h

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Marcus Smart, Jayson Tatum, Jaylen Brown (Gordon Hayward) e Enes Kanter. Treinador: Brad Stevens

CHARLOTTE HORNETS: Terry Rozier, Dwayne Bacon, Nicolas Batum, Miles Bridges e Cody Zeller. Treinador: James Borrego

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

6 comentários

  1. Marchall

    Até quando vocês vão defender Jaylen Brown? Esse cara deveria sentir vergonha de pedir um contrato de 127m! Ele não vale nem 5m!

    Smart..Brown..Ojeleye..Theis..

    QUANTA PEREBA NUM ELENCO SÓ!

  2. Lucas Soares Jardim

    Carsen Edwards vai ser uma arma importante demais vindo do banco. O poder ofensivo desse rookie é absurdo.

  3. Marchall

    Resumo desse jogo: ASSUSTADOR!

    Tomos passeio do pior time da NBA meus amigos. Jogamos contra um time que não tem nenhum jogador regular e tomamos passeio na defesa.
    Ofensivamente com Kemba Walker, Carsem Edwards e Jayson Tatum somos um time ok.
    Defensivamente somos um desastre. Não temos nenhum jogador reboteiro defensivo, fora nosso novato Grant Williams e uma possível perspectiva de melhora do Enes Kanter.

    Queria deixar meus parabéns ao D.Ainge por ser um dos piores GM da liga, que vai fazer o Boston Celtics passar vergonha com esse time ridículo.

    Onde já se viu Smart jogar 25min e não fazer absolutamente nada em quadra?

    Onde já se viu Jaylen Brown querer se achar o Lebron James e ser fominha? Fora aquela bola ridícula dentro do perímetro que nem bateu no aro. Se esse cara vale 127m, eu sou astronauta!

    Do resto é tentar treinar bem Grant Williams, Javonte Green, Tacko Fall e Enes Kanter para não passarmos tanta vergonha na defesa.

    Time titular:

    Grant Williams; Hayward; Kemba; Tatum e Kanter

  4. Fernando Henrique

    Não da pra tirar absolutamente nenhuma conclusão de um primeiro jogo de pré temporada, mas ficam ai alguns pontos que devemos nos atentar pro futuro

    Hayward mostrou boa mobilidade, se mexeu bem. Se isso for um indício que a lesão foi completamente superada então podemos planejar voos maiores pra temporada. Vale analisar os próximos jogos dele com isso em mente e principalmente ver se ele mantém regularidade.

    Tatum disse alguns dias atrás que quer jogar pra ser o cestinha do time, indo mais vezes pra linha do lance livre. Hoje mostrou bom repertório ofensivo.

    Hornets tem um elenco limitado, montado com pouca inteligência. Isso ai é fato, não é de hoje. Não acredito que briguem pela última vaga dos playoffs, estão mais pras piores campanhas da conferência

  5. Fernando Silva

    Tatum está mais forte fisicamente, muito bom. Mais agressivo.

    A galera se divertiu com Fall em quadra.

    GH bem mais solto. Muito bom.

    Carsen tenta e acerta algumas hero.

    No mais, a defesa foi sonolenta e aquele conhecido apagão no Q3.

    Como jogo de pré foi bom para sentir o clima entre os jogadores, muito melhor.

    Precisamos evoluir na defesa.

  6. Marcos Pastich

    Ainda é muito cedo pra fazer qualquer análise do time. Vamos ao jogo então:
    Gostei bastante de Carsen Edwards e Javonte Green. Acho que ambos mostraram potencial a ser desenvolvido. Tacko mostrou muita vontade. Acho importante tê-lo para alguns momentos de jogos mais disputados no garrafão (Mas ainda temos que vê-lo se provando contra pivôs de alta qualidade).
    Tatum mostrou que vem com tudo esse ano.
    Acho melhor negociar Brown antes que ele saia de graça. Até gosto dele mas ele me pareceu com um foco diferente dos outros jogadores. Está mais pensando em feitos individuais do que coletivos (normal para o último ano de contrato mas prejudicou a equipe durante o jogo) e não vale nem perto do que está pedindo.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.