Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (0-1) x Milwaukee Bucks (0-0)

Derrotado pelo Cleveland Cavaliers em seu primeiro compromisso na temporada 2017/2018 da NBA e abalado pela grave lesão sofrida por Gordon Hayward, o Boston Celtics terá menos de 24 horas para mostrar que a vida continua. Afinal de contas, o time verde e branco de Massachusetts não terá descanso e já volta a jogar na noite desta quarta-feira (18), diante do Milwaukee Bucks, no TD Garden. A primeira partida do Celtics como mandante nesta edição da liga começa às 21h30 (horário de Brasília).

O Boston Celtics chega a esse jogo contra o Milwaukee Bucks com um enorme prejuízo técnico e emocional. Perder Gordon Hayward de uma maneira tão repentina e horrível vai doer por muito tempo, pelo menos seis meses, mas o Alviverde terá que reorganizar a casa e mostrar que pode ser competitivo, mesmo sem o camisa 20. Para evitar uma nova derrota, o Celtics aposta na união do elenco, que quase arrancou uma inesperada vitória contra o Cavaliers, e na força do TD Garden, que deve ter os seus 18.624 assentos preenchidos pela fanática torcida de Boston.

Além de não contar com Gordon Hayward, o Boston Celtics ainda não poderá escalar o ala-pivô Marcus Morris, em recuperação de uma lesão no joelho direito. Diante desse cenário, o técnico Brad Stevens deve promover a entrada de Marcus Smart no perímetro, a escalação de Jaylen Brown como ala e a manutenção de Jayson Tatum no garrafão, ao lado de Al Horford.

Sexto colocado da Conferência Leste na temporada 2016/2017 e eliminado pelo Toronto Raptors no primeiro round dos playoffs, o Milwaukee Bucks tem um time muito jovem e promissor, que está disposto a subir mais degraus na classificação. Com poucas mudanças em seu elenco, o time de Wisconsin aposta no entrosamento e no amadurecimento de seus principais atletas para ficar entre as quatro melhores campanhas do Leste, o que não acontece há 16 anos.

Em seu primeiro duelo na temporada 2017/2018, o Milwaukee Bucks terá apenas uma baixa: o ala-pivô Jabari Parker ainda se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo e não tem prazo para voltar às quadras. A ausência de Parker, entretanto, é compensada pela presença do ala grego Giannis Antetokounmpo, que foi eleito o jogador de maior evolução na última temporada e liderou o Bucks em todos os fundamentos (pontos, rebotes, assistências, tocos e roubadas de bola). O principal auxiliar de Giannis é o jovem armador Malcolm Brogdon, vencedor do prêmio de calouro do ano em 2016/2017.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 21h30

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jaylen Brown, Jayson Tatum e Al Horford. T: Brad Stevens

MILWAUKEE BUCKS: Malcolm Brogdon, Tony Snell, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo e Thon Maker. T: Jason Kidd

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

8 comentários

  1. Bruno Ferronato

    Poxa, o Celtics já tem que jogar hoje sendo que os Cavs só na sexta. Nas atuais circunstâncias bem que poderia ser o contrário. Mas tomara que venha uma vitória na estreia em casa pra dar uma animada no pessoal. No mais, continuamos no aguardo de notícias sobre Hayward,

  2. Sander

    Ojeleye deve ser bastante usado hj, só espero que vá bem. Será que o Nader entra hj??

  3. Andre Frenhane

    Assistir pela net vai ser tenso, mas vamos tentar. Ouvi dizer que, com a contusão do Hayward, o Celtics teria direito a fazer uma contratação de até 8,5 milhões de dolares, alguém sabe disso?

  4. Dakimalo Garra Gomes

    Celtics 109 x 97 Bucks

  5. Ricardo Martini

    Celtics 102 x 95 Bucks

  6. Lucas Oliveira

    Smart com aproveitamento melhor de 3 (que não foi bom) do que nos lances livres é de chorar… Mas fiquei desapontado com o desempenho do Kyrie e do Horford pelo que se espera deles… Horford ainda está de calça jeans molhada e desatento (varias bolas lançadas na direção dele que ele pulou atrasado e deixou passar), Kyrie pelo baixo aproveitamento e falta de mobilidade, se colocando em situações ruins por não largar a bola.
    Rozier, Brown, Tatum novamente fizeram ótima partida.
    Uma pena estar sem Hayward e Morris, os dois fariam diferença na marcação do greek.

    • Precisamos desesperadamente do Morris ou alguém com defesa.
      Sinceramente, estou com medo do Smart carregando a bola, ora o passe sai errado, ora ele acha que é o Westbrook com FG de 10%.
      Ele é do tipo que pega no tranco, então deve melhorar com o decorrer da temporada, mas já caminha para ser o Tony Allen 2.0.

      Sei que o objetivo é desenvolver o Tatum e o Brown, mas Theis e Nader podem ter minutos nesse time tb.

      []s verdes

  7. eric diegues

    nos ultimos 5 segundos de posse de bola ela não pode nunca estar na mão do Smart . aproveitamento baixissimo

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.