Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (22-7) x Toronto Raptors (21-10)

O Boston Celtics recebe hoje no TD Garden, às 21h de Brasília, a equipe do Toronto Raptors para o terceiro confronto entre as franquias nesta temporada. A equipe celta busca a terceira vitória contra o atual campeão, já que venceu os dois primeiros confrontos tanto em Boston quanto na Scotiabank Arena, em Toronto. A partida será transmitida por SPORTV e NBA League Pass.

Novamente embalado com 5 cinco vitórias seguidas, a equipe de Boston chega forte para o confronto em casa. Com o ótimo desempenho de seus dois principais jovens jogadores, Jayson Tatum e Jaylen Brown, eles se tornam a grande esperança de pontos tanto do perímetro quanto nas infiltrações. Tatum e Brown se tornaram a terceira dupla de jogadores celtas a atingirem a marca de no mínimo 30 pontos na mesma partida, na vitória desta sexta-feira, dia 27, contra o Cleveland Cavaliers por 129 a 117. Com esta marca eles se juntam a outras duplas históricas da franquia, como Bill Russell com Tommy Heinsohn e Paul Pierce com Antoine Walker.

Vital para a equipe também vem sendo a liderança de Kemba Walker. O experiente armador tem as melhores marcas da equipe nesta temporada no quesito pontos (22.3) e assistências (5.3), mesmo sem necessariamente centralizar o jogo nele, pois distribui o protagonismo entre a equipe. Sob seu olhar, um jovem jogador vem ganhando mais espaço, Romeo Langford. Depois de se recuperar de lesão e jogar pela equipe afiliada na G-League, o Maine Red Claws, o novato vem recebendo mais oportunidades e ganhando minutos em quadra. Nas seis partidas que jogou, soma médias de 3.2 pontos e 1.2 rebotes, com 43.8% de aproveitamento nos arremessos de quadra. A tendência é o jovem jogador se tornar mais consistente com mais chances recebidas.

Já pelo lado do atual campeão da liga, o Toronto Raptors tem como provável time a mesma equipe que enfrentou o Boston Celtics na noite de Natal. Em entrevista aos jornalistas nesta sexta-feira, o técnico Nick Nurse despistou. “Não há nada iminente de alguém voltar. Eu não tenho nenhuma atualização para vocês, eu sei que todos estão progredindo”, afirmou. Logo, Marc Gasol e Paskal Siakam devem fica novamente de fora do confronto.

FICHA TÉCNICA
Local: TD Garden (Boston, MA)
Horário (de Brasília): 21h
Transmissão: SPORTV e NBA League Pass
BOSTON CELTICS: Kemba Walker, Jaylen Brown, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Daniel Theis. Treinador: Brad Stevens
TORONTO RAPTORS: Fred VanVleet, Kyle Lowry, Patrick McCaw, OG Anunoby e Serge Ibaka. Treinador: Nick Nurse

Author avatar
Vinicius Schaarschmidt
Sou gaúcho de Porto Alegre, Gerente de Produtos de profissão trabalhando na área de Tecnologia da Informação há quase 15 anos. Apaixonado por esportes, especialmente Futebol e Basquete, torço para o Internacional e para o Boston Celtics. O Jornalismo é uma paixão antiga e tenho aqui a oportunidade de trazer um pouco das minhas opiniões sobre o maior campeão da história da NBA!

16 comentários

  1. tom

    Jaylen Brown errando bandeja livre, diferença que era de de 6,cairia pra 4 e no fim vira de 12.
    Jogo muito ruim dele e do Tatum, estamos dando azar e jogando mal, combinação difícil de ereverter

  2. tom

    De longe nosso pior jogo da temporada.ataque sofrível, defesa ruim. Só tamo com chance pq o raptors tá sem gasil e siakam

  3. tom

    Agora, pelo amor de deus Stevens. Perdendo por 10 ele coloca uma formação com Hayward, smart, wanamaker,kanter e willians. E esse time ainda tem a cara de pau de chutar 5 bola de trs em 2 min

    • Caio

      Foi nesse momento que parei de assistir

    • Lucas Soares Jardim

      Essa dai foi foda de aturar viu pqp,e olha que sou defensor do Brad

      Fora isso, back to back, Toronto mordido e Boston totalmente perdido em quadra. Tivemos várias oportunidades, mas nossa bola não quis cair hoje. Aproveitamento péssimo, marcação sem a intensidade normal e péssimo em rebotes. Nosso pior jogo no ano, acontece. Vamos pra próxima.

    • Raphael Ferraz

      Nós não vamos ganhar sempre. De qualquer forma, foi difícil entender o que aconteceu nesse jogo. Deu quase tudo certo para Toronto e praticamente tudo errado para nós. Pessima partida de Hayward, Tatum e Smart. O único que deu pra salvar foi o Kemba Walker que conseguiu fazer 30 pontos. Fredd Vanvlett e kyle Lowry tavam parecendo os Splash Brothers jogando. Vamos arrumar a casa e levantar a cabeça!

  4. Acácio

    Esse elenco NUNCA será campeão da NBA. Todo time campeão tem um pivô “decente”, nem que seja o Zaza Pachulia.

    PS.: Tatum é superestimado.

  5. Marco Antônio de Paula

    Jogo sem intensidade dos Celtics. Time jogo no estilo do Zé Chiclete, confirmado e sem vibração. Tatum muito mal hoje. Mal no ataque e nulo.na defesa. Brown sem intensidade. Nosso garrafão defensivo hoje não funcionou. Levamos uma surra nos rebotes. Nosso time sem um bom jogo de garrafão defensivo vira presa fácil. E olha que esse Toronto desfalcado nem é tudo isso. Temos que buscar aprendizado com essas derrotas. Precisamos defender mais. Quando a bola não cai, o jogo defensivo pode fazer a diferença.

  6. Marcelo

    A concentração baixou muito nesse jogo de hoje. E jogar atrás no placar o jogo inteiro deve servir pra algum tipo de análise. Por exemplo, observar o estágio de concentração e do controle de nervos de cada jogador. Diante de dificuldades, a hesitação se apossou de alguns, a impaciência de outros.

    Estamos já muito próximos de concluir a 1a metade dessa temporada regular. Não é hora pra atuações desconexas como a de hoje. No todo, nossa defesa não “leu” o jogo.

  7. drakes

    Todo jogo back, o celtics vai mal, impressionante.

    • Marco Antônio de Paula

      Na verdade o Celtics joga sempre da mesma forma contra qualquer adversário. Quando pega um adversário mais fraco ou jogando mal vence contando com atuações de alguns talentos individuais do time. Quando o jogo é duro e precisa do pulso e a tática diferenciada, fica complicado, pois nosso técnico é um cara acomodado, superestimado que vive de uma fama sem títulos nem finais. O técnico do Toronto analisou o último jogo deles contra nós, e montou uma tática que engoliu os Celtics. Atacaram forte o garrafão e o nosso Zé Chiclete pra variar não fez nada para mudar isso. A única mudança que tivemos naquele banco foi o chiclete da boca do nosso “intenso” treinador.

  8. Marchall

    É só o pereba do Smart voltar que o Celtics perde.

    Smart, Gordon Hayward, Wannamaker; Ojeleye; Theis

    O que virou o Boston Celtics?

  9. Marcos

    A cada air ball de 3 do Hayward, morre uma baleia azul…
    Estão quase extintas já nesses últimos 2 anos.

    Por favor, jogo de back to back foi contra os Cavs e jogamos contra os Raptors que estão sem metade dos jogadores….

    Abs verdes

  10. silvio freitas

    Que coisa horrível de se ver. Não existe pivô algum . Uma lástima . O banco . excetuando Langford , não serve para nada . Por que Tacko não tem chance com esse zé ruela ? O time perdendo´por 10 pontos no final , o iluminado coloca o time todo reserva .
    Lamentável . Vamos ser varridos com facilidade nos off , com essa postura de time e com esse técnico fraco.
    Temos até um bom time quando as peças individuais funcionam . Ontem , nem isso .
    Silvio Freitas

  11. Wenderson Montini

    Time foi muito mal, tatum tava perdido erros juvenil tanto do brow qnt do tatum, hayward muito mal pior ainda esse comentario da baleia azul kk. Tem gente q critica o Hayward mesmo qnd joga bem mas n fala nda do pereba do smart q errou tudo. Sobre o brad e os seus anoes drafitados prefiro não comentar fica dificil torcer desse jeito só ver os reb of dos raptrs.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *