Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (34-25) x Miami Heat (32-25)

Em plena reta final da temporada regular 2015/2016 da NBA, não é exagero falar que o Boston Celtics terá 23 finais pela frente até o dia 13 de abril, mas a partida deste sábado (27), no TD Garden, pode ser classificada como uma “final das finais”. Afinal de contas, o maior campeão da história da liga fará um confronto direito pela terceira colocação da Conferência Leste contra o Miami Heat, um de seus principais rivais neste século. Será o segundo jogo entre Celtics e Heat na temporada: no dia 30 de novembro, o Alviverde surpreendeu a franquia da Flórida em plena American Airlines Arena e venceu por 105 a 95.

Após duas derrotas em três jogos como visitante na Conferência Oeste, o Boston Celtics está apostando todas as suas fichas em uma série de cinco partidas diante de sua torcida, no TD Garden. O calor da torcida foi fundamental já no primeiro confronto dessa série: diante do perigoso Milwaukee Bucks e da força de Greg Monroe no garrafão, o fator casa falou mais alto e o Celtics conquistou mais uma vitória na base da superação. Diante do Heat, as dificuldades prometem ser maiores, mas a torcida e o time estão dispostos a aumentar a série de nove vitórias seguidas em Boston.

Contra o Miami Heat, o técnico Brad Stevens não terá desfalques no quinteto titular, mas continuará sem poder escalar o ala-pivô canadense Kelly Olynyk, que se recupera de lesão no ombro esquerdo e não disputou os últimos quatro jogos do Celtics. O ala sueco Jonas Jerebko sentiu dores no tornozelo durante o último treino celta, mas não deve desfalcar a equipe.

Já o Miami Heat, que perdeu a última edição dos playoffs da Conferência Leste, finalmente se recuperou da saída de LeBron James e voltou a ser um time competitivo. Com Goran Dragic em boa fase na armação, Dwyane Wade jogando em alto nível e as atuações surpreendentes de Hassan Whiteside no garrafão, o Heat está na quarta colocação, na cola do Celtics, e vem de uma série de bons resultados depois do All-Star Game: três vitórias e apenas uma derrota, para o poderoso time do Golden State Warriors.

Para o duelo contra o Celtics, o treinador Erik Spoelstra não terá os alas-armadores Beno Udrih (cirurgia no pé direito) e Tyler Johnson (problemas no ombro esquerdo), mas é outro desfalque que realmente pesa para o Heat: o ala-pivô Chris Bosh, com problemas sanguíneos, não tem previsão de volta. Sem Bosh, Spoelstra aposta em um novo quinteto, com Whiteside na rotação, o jovem Justise Winslow na ala, Luol Deng de ala-pivô e o experiente Amar’e Stoudemire como pivô titular.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 17h

BOSTON CELTICS: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Jared Sullinger. T: Brad Stevens

MIAMI HEAT: Goran Dragic, Dwyane Wade, Justise Winslow, Luol Deng e Amar’e Stoudemire. T: Erik Spoelstra

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

16 comentários

  1. Marcelo S. Matheus

    Celtics 101 x 100 Heat

  2. Ricardo Martini

    Celtics 112 x 101 Heat

  3. SERGIO FERREIRA OLIVEIRA

    BOSTON CELTICS 111 X 104 MIAMI HEAT

  4. Carlos Eduardo

    Celtics 108 x 99 heat

  5. Gustavo Miglioretti

    Celtics 109 x 102 Heat

  6. Willian Stanley

    Celtics 105 x 101 Heat

  7. marcelo conceicao

    Celtics 113 x 109 Heat

  8. Dakimalo

    Boston 108 x 98 Miami

  9. PHABIO SANTOS PASSOS

    CELTICS 11O X 100 MIAMI

  10. Lucas Oliveira

    Primeira metade foi dura para o IT, mas grandes jogadores se criam superando as adversidades e não desistindo mesmo naqueles dias em que parece que nada dá certo. Vamos ver do que o nosso All Star é feito na segunda metade.

  11. PHABIO SANTOS PASSOS

    BEM, UMA GRANDE E EXCELENTE VITORIA CONTRA MIAMI,PRIMEIRO ABRIU 3 VITORIA NA FRENTE DELE, FIZEMOS 2X0 EM CONFRONTO DIRETO….VAMOS CELTICS…

  12. drakes

    Vitória importante por que a série de 3 com Heat está já 2 vitórias para Celtics, quer dizer se der empate na classificação, a vaga de terceiro ficaria para nós. Além disso em mais uma série de 10, acaba em 7v e 3d.

    E 10 vitória consecutiva em casa. Alguns lances mostram que o time está mais entrosado, Smart fez um lindo passe (depois de conseguir a bola na raça), o Sullinger jogando bem no ataque e defesa, mas agora com bons números (fez double-double).

    Entrosamento em ascensão, o time sente um pouco a perda um jogador, mas parece que se recupera rápido.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *