Prévia – Boston Celtics (37-24) x Portland Trail Blazers (37-23)

Abalado por três derrotas consecutivas como visitante na temporada 2018/2019 da NBA, que lhe afastaram de vez da briga pelas primeiras posições da Conferência Leste, o Boston Celtics volta a atuar em seu TD Garden na noite desta quarta-feira (27) e aposta no calor da torcida verde e branca para recuperar o ânimo perdido. A missão celta, entretanto, não será fácil: 24 horas depois de seu pior tropeço na competição, diante do Toronto Raptors, o Alviverde recebe o Portland Trail Blazers, quarto colocado da Conferência Oeste, em duelo que começa às 22h (horário de Brasília) e terá transmissão da ESPN para todo o Brasil. No primeiro jogo entre as duas equipes nesta edição da liga, disputado no dia 11 de novembro, o Blazers venceu por 100 a 94 no Moda Center.

De favorito ao título da Conferência Leste a uma das decepções da temporada. Com dificuldades para transformar a força de seu elenco em vitórias, o Boston Celtics vive o seu momento mais dramático na competição: os tropeços diante de Milwaukee Bucks, Chicago Bulls e Toronto Raptors, mais do que complicar a briga na classificação do Leste, escancararam a fragilidade celta, dentro e fora de quadra. O clima em elenco e torcida não é dos melhores, mas ainda restam 31 jogos de temporada regular, e o Celtics precisa se reerguer o quanto antes. Afinal de contas, além de chegar aos playoffs com o mínimo de animação e organização, o Celtics ainda precisa garantir o mando de quadra no primeiro round, e uma vitória sobre o Blazers já seria um alento na briga por esses objetivos.

Lidando com pressões e questionamentos inéditos em sua carreira como treinador na NBA, Brad Stevens não sinalizou mudanças no quinteto titular do Boston Celtics, mesmo depois dos tropeços fora de casa. Na rotação, a única baixa continua sendo o pivô australiano Aron Baynes: reserva imediato de Al Horford, o camisa 46 está em fase final de recuperação de uma contusão no pé esquerdo.

Em meio a uma série de seis partidas como visitante contra equipes da Conferência Leste, o Portland Trail Blazers vive um bom momento na temporada 2018/2019 da NBA. Com sete vitórias nos últimos 10 jogos e invicta há quatro partidas, a franquia de Oregon quer aproveitar o momento instável do Boston Celtics para ampliar essa sequência de triunfos. A vitória fora de casa também é crucial para os planos do Blazers na classificação do Oeste: além de abrir vantagem para o Houston Rockets na briga pelo mando de quadra no primeiro round dos playoffs, Portland pode empatar em número de vitórias com o terceiro colocado Oklahoma City Thunder.

No duelo em Boston, o técnico Terry Stotts deve escalar o quinteto titular do Portland Trail Blazers com força máxima, destacando a dupla de perímetro formada por Damian Lillard e C. J. McCollum. Na rotação, o Blazers não poderá contar com o ala Evan Turner, que já passou pelo Celtics e se recupera de uma lesão no joelho, mas terá a presença do pivô turco Enes Kanter, principal contratação da equipe para a reta final da temporada regular.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 22h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

PORTLAND TRAIL BLAZERS: Damian Lillard, C. J. McCollum, Maurice Harkless, Al-Farouq Aminu e Jusuf Nurkic. Treinador: Terry Stotts

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

21 Comentários

  1. Publicidade

  2. Fernando Silva disse:

    Stevens, se o problema é KI, afaste ele logo.

    3

    1
  3. Noah disse:

    Portland 108 x 99 celtics
    Time fraco principalmente psicologicamente e não serei otimista não, mas sim realista, e se por acaso ganhar vai ser ZEBRA

    4

    2
    • Fernando Silva disse:

      Discordo. O time tem todas as condições de ganhar. Basta arrumar o vestiário.

      1

      4
    • Lucas disse:

      Concordo com vc 110%. Só avisando que a galera aqui não gosta muito de visão realista das coisas não. Vestiário tá perdido infelizmente e no pior momento possível que é na metade final da temporada. Torcer torcer mesmo na temporada regular só pra ganhar dos lakers lá em LA e esperar os playoffs e ver o que acontece lá.

      2

      1
  4. Fernando Silva disse:

    Até o momento, Q1, primeiro tempo pedido, e vejo nossa defesa bem relaxada, frouxa.

    0

    0
  5. Fernando Silva disse:

    Notem este time em quadra agora no Q2: Theis mandando air ball e vários atletas amassando o aro.

    Porém, o time briga, corre e não é apático.

    Prefiro assim.

    0

    0
  6. Oberdan Gonzalez disse:

    Até agora(2nd, 6min) não tem qualidade no arremesso dos jogadores, não tem disposição/energia, não tem esquema de jogo,… tá OSSO !!!

    1

    0
  7. Fernando Silva disse:

    Vi o time reserva bem empenhado na defesa no Q2, com tocos, porém amassando o aro.

    Dois jogadores em especial tiveram uma queda impactante de rendimento nos últimos jogos: Morris (em geral) e Smart (principalmente no ataque).

    Smart vinha colaborando no ataque, até com bom aproveitamento nas bolas de 3.

    Morris também já teve uma pontuação melhor na season.

    Ambos sustentaram nossa run entre dezembro e janeiro.

    A queda de rendimento de ambos somada ao individualismo do KI, são os fatores quadra que mais nos prejudicam.

    Talvez o retorno de Baynes possa trazer AH para a posição de 4 e Morris passe ao bench.

    De toda a forma acredito que o vestiário seja nossa pedra no sapato.

    2

    0
  8. Lucas Soares disse:

    Nosso ataque quebra totalmente o ritmo do time, tirando o Kyrie todo mundo amassando o aro

    0

    0
  9. Sandro disse:

    Não sei como Kyrie ainda tem clima pra jogar nesse time com essa cara de merda que ele fica…o resto do time deveria queimar ele. Quem ta vendo de fora já fica com raiva, imagino os companheiros de equipe. Não ta satisfeito vaza!!! Gosto muito dele como jogador, mas ta ficando chato.
    Lets Go Celtics!!! E que se fod…esse chato

    6

    1
  10. Fernando Silva disse:

    Notem o time sem o KI em quadra. Smart, Brown e até GH vibrando.

    Ok, KI vibrou com o ataque do Smart.

    Porém todos vibram com a raça do Smart.

    KI em outra sintonia.

    1

    0
  11. Fernando Silva disse:

    Sério que RobW entrou na fogueira deu 2 pulinhos e saiu da quadra? Alguém entendeu?

    3

    0
  12. Tom disse:

    Vai se f* smart…..42s o cara tenta dar de herói. Bola no kyrie porra

    2

    2
  13. Marco Antônio de Paula disse:

    Mais uma derrota pra conta do nosso “Grande Treinador”. o homem do braço cruzado que anda de um lado ao outro da quadra sem fazer porra nenhuma pro time. Somos um bando em quadra, dependente de jogadas forçadas. Atuação ruin de Horford, errando demais, foi engolido no garrafão pelo Nurkic. Dame Lillard ensinou ao Kyrie o que é ser decisivo e jogar para o time. Kyrie hoje é menos um na defesa. Hayward é o Stevens em quadra, nulo e sonolento. Tatum achar que um dia será MVP só pode ser piada. Péssimo na defesa. Resumindo, vivemos na ilusão do maravilhoso mundo do Ainge, e nossa realidade é essa, derrotas em cima de derrotas, e sem ganhar nada. Dessa vez não vamos disputar nem chance de chegar as finais. Time é um Bando, comandado por um treinador Bundão.

    3

    2
  14. Tom disse:

    4 in a Row. Parabéns ao envolvidos
    Hayward/brown + 13 e +8 hoje.
    Tá na hora de Brown no time titular. Smart tá mal de mais. Morris nem se fala
    Kyrie pode ser o mala que for mas o resto do time tá Ridiculo. Não adianta culpa-lo chutando desse jeito. Péssima fase, e o futuro a curto prazo fica comprometido.

    3

    1
  15. Noah disse:

    A vdd é que o kyrie poluiu o time como um todo, vemos um time apático, sem gana, sem vontade, sem disposição, na moral kyrie vc não tem capacidade para ser líder em nenhuma equipe, nem muito menos para liderar em nada, que tipo de líder é esse que ao invés de motivar a equipe, é o primeiro a fazer birra e pela cara que joga da vontade de mudar de canal, aff…
    Não estou pondo em cheque sua incrível habilidade e poder de pontuação não, que isso vc tem e muito, mas pode ir embora Pq o Celtics é MAIOR do que VC, retorne para seu pai lebrão…

    5

    0
  16. Fernando Silva disse:

    Serei direto no que penso: ainda vale a pena valorizar KI apenas para um fim: KI por Davis pau a pau.

    Porém se ainda temos pretensões nesta season, como disse PP sobre o papai Lebrao: melhor desligar.

    Eu mandaria KI tomar uma soda gelada no Alasca pelos próximos 10 jogos para ver como o time se comporta.

    Se a empatia enquadrar em quadra junto ao time: deixemos mais 10 jogos tomando água de coco na Bahia e assim por diante.

    Mas, se continuar a m. que está, volta. M por m, deixe ele pontuar.

    2

    0

Deixe um comentário