Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (4-2) x Detroit Pistons (4-1)

Responsável pelo encerramento da série invicta do Detroit Pistons na temporada 2018/2019 da NBA, o Boston Celtics volta a enfrentar a franquia de Michigan na noite desta segunda-feira (30), desta vez no TD Garden. Dono da quarta colocação da Conferência Leste, o time verde e branco de Massachusetts luta para encostar nos líderes, enquanto o Pistons defende a sua terceira posição. A partida entre Celtics e Pistons começa às 20h30 (horário de Brasília) e terá transmissão exclusiva no NBA League Pass.

Depois de quatro atuações alarmantes, alternando bons e maus momentos em quadra, o Boston Celtics mostrou do que é capaz na primeira partida contra o Detroit Pistons, no último sábado (27). Com uma defesa atenta, aproveitamento superior a 40% nos arremessos de longa distância e uma rotação sólida, o Alviverde não teve dificuldades para acabar com a invencibilidade da franquia de Michigan e se consolidou na zona de classificação para os playoffs. No reencontro com Detroit, o Celtics espera maiores dificuldades, mas conta com o apoio da torcida em busca da terceira vitória consecutiva.

No segundo jogo contra o Pistons, o Boston Celtics terá um desfalque de peso na rotação. Autor de 17 pontos em Detroit, o ala-pivô alemão Daniel Theis se recupera de uma fascite plantar no pé direito e não tem previsão de retorno às quadras. Por outro lado, o pivô Aron Baynes está recuperado de uma lesão muscular e deve reaparecer no banco de reservas. O ala-armador Jabari Bird, por sua vez, continua afastado do elenco celta, após agredir e sequestrar a namorada.

Embalado por um excelente início de temporada, com quatro vitórias consecutivas, o Detroit Pistons tomou uma ducha de água fria no primeiro encontro com o Boston Celtics. Mesmo jogando em casa, a franquia de Michigan foi dominada pelo Alviverde e mostrou que ainda tem muito o que evoluir na briga por uma vaga nos playoffs da Conferência Leste. Após dois dias de descanso e treinamentos, o Pistons quer mostrar, em Boston, que aprendeu a lição e pode conquistar um resultado expressivo diante de um candidato ao título.

Apesar da atuação abaixo das expectativas em Detroit, o técnico Dwane Casey não deve promover mudanças no quinteto titular do Detroit Pistons, que tem como ponto forte o seu garrafão, formado por Blake Griffin e Andre Drummond. Mais uma vez, a única baixa da equipe de Michigan está na rotação: com uma entorse no ombro direito, o ala-armador Luke Kennard está fora do confronto em Boston.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 20h30

Transmissão: NBA League Pass

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

DETROIT PISTONS: Reggie Jackson, Reggie Bullock, Stanley Johnson, Blake Griffin e Andre Drummond. Treinador: Dwane Casey

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 comentários

  1. Erondi Nunes

    Detroit só tem garafão, se fosse início dos anos 2000 seria candidato a título, mas hoje a NBA é dos alas e armadores. Vamo ver se o Jason “Green mamba” vai destruir hj

  2. Lucas

    Esse jogo pode ser um divisor de aguas por wilians , nao que ele vá acabar com o jogo e virar titular depois disso , mas ele ganhara mais minutos e se ele fazer um bom jogo ele deve ganhar mais minutos na rotaçao e pegando confianca vai ser importante pra equipes com bom garrafao

  3. Vitor S.

    Qual a politica do site sobre divulgaçao de produtos relacionados ao Boston celtics ?

  4. Erondi Nunes

    Melhor jogo do Kyrie ate aqui e GH melhorando a cada jogo, agora enfrentar o Bucks em mais um maldito back to back. E impressão minha ou o Smart está sendo irrelevante para o time.

  5. Sander

    O problema do Kyrie era o cabelo.

  6. Fernando Silva

    Estamos melhor, jogo a jogo. Precisamos melhorar na bola de 3.

  7. Celso Cachali Jr

    Smart tendo mais cerebro… tem que ser o nosso Robertson do OKC so marca e fica quieto. hehehhehehe, tem que arremessar so quando estiver livre com o adversário a 2 metros dele.

  8. Marco Antônio de Paula

    Sinceramente não achei que foi um bom jogo do Celtics. Valeu mais pela vitória. O jogo anterior contra os Pistons o time se mostrou bem melhor. Acho que faltou o Theis naquele garrafão defensivo. Hordford como sempre não consegue segurar ali contra caras físicos como Drumond, não é reboteiro. Baynes voltando de contusão é natural ter atuado pouco. Tem que parar de insistir com Yabubaleia, com 400 KGs não dá para jogar basquete profissional, nem pintando o cabelo. Kyrie, renasceu, muito boa atuação. Hayward, achei apagado. Brown inconstante. Morris, apesar de não ter tido uma atuação de destaque ajudou muito. Acredito que o time vai ter que melhorar muito esse garrafão defensivo para bater os Bucks. Grego vem babando. Vai jogar atacando o horford no garrafão. Espero que o Stvens possa ajustar nossa defesa e que as bolas de fora comecem a cair mais. Saudações Celtas.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.