Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (47-26) x Miami Heat (35-37)

Vindo de uma fácil vitória contra o Phoenix Suns, na última sexta-feira, por 130 a 120, o Boston Celtics volta a jogar em seus domínios, quando recebe o Miami Heat, no começo da noite deste domingo, 26 de março. E trata-se de um confronto que pode ser um divisor de águas para a equipe de Boston na temporada: um triunfo sobre a franquia da Flórida pode tornar o Celtics, pela primeira vez no ano, líder da conferência, valendo-se da derrota do então primeiro colocado do Leste, Cleveland Cavaliers, na noite anterior.

Mesmo sem jogar na rodada de sábado, o Boston Celtics foi um dos grandes vencedores da última noite. Em confronto bastante aguardado, que colocava em quadra primeiro e terceiro colocados do Leste, Cleveland Cavaliers e Washington Wizards, respectivamente, a equipe da capital americana se impôs ofensivamente, pulverizou a frágil defesa do Cavs, que vem sofrendo bastante nas últimas semanas, e venceu a partida mesmo longe de seus domínios.

Com a derrota para o Wizards, a oitava em 14 jogos no mês de março, o Cavaliers viu sua distância para o vice-Líder da conferência, o Celtics, diminuir a ponto de Boston ter a oportunidade de roubar a liderança do Leste na partida deste domingo. Cleveland agora tem um recorde de 47 vitórias e 25 derrotas. Boston, por sua vez, tem o mesmo número de vitórias do rival (47), só que disputou uma partida a mais. Uma vitória contra o Heat, portanto, faz do Celtics o líder da conferência.

Mas não é só o Boston Celtics que tem grandes interesses nesta partida. Com 35 vitórias na temporada, o Heat é oitavo colocado no Leste, classificando-se para a primeira rodada dos playoffs da liga. No entanto, Miami deve-se preocupar com o posicionamento da chave dos playoffs: a equipe da Flórida está apenas 2 vitórias atrás do 5º e 6º colocados da conferência, e uma vitória atrás do 7º lugar. Por outro lado, o Heat é seguido de perto por três equipes: Chicago Bulls e Detroit Pistons, apenas 1 vitória atrás de Miami e Charlotte Hornets, 3 vitórias atrás da equipe da Flórida.

E o momento do Miami Heat em 2017 é muito bom. Se no último dia do ano anterior, a equipe de Miami disputava as últimas colocações da conferência, visando escolha alta no próximo Draft, com apenas 10 vitórias em 34 jogos, hoje, a história é diferente. Com 25 vitórias e 13 derrotas neste ano solar, o Heat escalou a classificação do Leste, tornando sua campanha quase positiva (35 vitórias e 37 derrotas), saindo da 14ª para a 8ª colocação na tabela da conferência.

Os desfalques da equipe do Miami Heat são muitos. O ala Justise Winslow, com uma lesão no ombro, e o ala-pivô Chris Bosh, com problemas de coágulos de sangue, são desfalques até o final da temporada. O ala-armador Dion Waiters, com lesão no tornozelo, e o ala-pivô Josh McRoberts, com uma lesão no pé, só voltam às quadra no mês de abril. Além deles, o pivô Hassan Whiteside, com uma leve torção no tornozelo, tem presença duvidosa na partida de logo mais. Do lado do Celtics, elenco quase completo à disposição de Brad Stevens. Apenas Avery Bradley, com infecção estomacal, tendo passado a noite de sábado internado no hospital, é dúvida para o confronto.

FICHA TÉCNICA

Local: TD Garden (Boston, MA)
Horário (de Brasília): 19h
Boston Celtics: Isaiah Thomas, Jaylen Brown (Avery Bradley), Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. T: Brad Stevens
Miami Heat: Goran Dragic, Rodney McGruder, Josh Richardson, Luke Babbitt, Hassan Whiteside (Willie Reed). T: Erik Spoelstra

Author avatar
Fábio Malet
Gaúcho de Porto Alegre, bacharel em Ciência da Computação e engenheiro de softwares sênior. Apaixonado por esportes, tem o jornalismo como um hobby e pretende, futuramente, fazer pós-graduação na área. Acompanha NBA desde o começo de 2007 e, pé-quente, viu seu Boston Celtics ser campeão na primeira temporada inteira a que assistiu. Torce também para Grêmio, Tottenham Hotspur, Boston Red Sox e Green Bay Packers.

23 comentários

  1. Sander

    O título está escrito Phoenix Suns.

  2. drakes

    Para o Celtics é um jogo chave por que com a queda de rendimento do Pacers, heat pode pegar a sétima posição, indiretamente, então, a vitória pode nos levar a pegar o time menos complicado nos playoffs.

    Sobre a “doença” do Avery, já nem é o primeiro jogador a ficar fora por causa de infecção estomacal, a nutricionista (pelo que me lembro é mulher) deveria dar umas palestras para os jogadores de cuidados alimentares.

  3. Fernando C Silva

    Celtics 113 x Heat 108

  4. Barros

    Cavs perdeu ontem, obrigação ganhar!!

    • HUahuahua
      “Tem que ser homi para jogar no Celtão”.

      Que seria lindo terminar em 1st seria.
      Com mando de quadra, o Cavs pegariam maiores pedreiras (Wiz e Tor) incluídos e talvez levássemos para jogo 7.

      Jogo em casa – C’s 112 x 105 Heat

      []s

  5. José Guilherme

    Celtics 108 x Miami 99.

  6. Barros

    Rapaz, esse Atlanta merece ficar de fora dos playoffs, perder pro nets em casa…

  7. Fernando C Silva

    Este jogo não é para o KO.

    Normalmente o nosso pior + -, dentre os atletas com tempo razoável, é do Smart.

    Mas neste game, se o KO ficar muito mais tempo contra o Whiteside, levamos KO nós celtas.

  8. Fernando C Silva

    Escrevi enquanto o placar estava 87 x 94 para nós…

  9. Fernando C Silva

    E acabamos de tomar a virada

  10. Fernando C Silva

    Mais sofrido do que eu gostaria. Mas a vitória foi importante. Posição para dar moral.

  11. Barros

    O tabu acabou!! Eu tinha certeza que seria um jogo dificílimo, garrafão deles é monstro, mas o celtao ganhou depois do Cavs ter perdido, esse é o tabu haha. Celtaooo

  12. Renato Green

    Seria um sonho terminar em primeiro!
    Iriamos até a final de conf sem pegar os mais fortes!
    Pqp… será???

  13. Vitonho

    Ir até a final sem pegar os mais fortes só rola se raptors e wizards forem eliminados de cara.
    Temos muita dificuldade com o Toronto e até um pouco contra o Washington.
    Acho que se passar da segunda rodada, temos grandes chances de ganhar a conferência.
    E cara, só aqui vejo o povo não gostar do Olynyk, cara é um ótimo reserva.

  14. Gustavo Miglioretti

    Ficando em #1 temos chances de enfrentar o Raptors nas semis, que talvez seja o nosso pior adversário possivel. Mas uma vantagem de mando contra o Cavs numa final de conferencia é uma enorme vantagem!

    tem Spurs x Cavs hoje, vamos Pop ajude a gente hahaha

    sobre o jogo, Bradley nitidamente nao estava bem, nao é lesao mas eu teria dado uma poupada nele
    Smart com o rebote ofensivo salvando o ataque e dando a chance pro Isaiah fazer a cesta e ficarmos perto da vitória
    Amir jogou muito bem, em mais um jogo contra um time com garrafao forte, onde era importante ele aparecer
    Crowder aparecendo quando o Bradley nao joga ou tá mal, virou rotina, grande jogo dele
    Horford só arremessou 6 bolas e fez uma grande partida, é impressionante a importancia dele na movimentaçao do time

    essa sequencia de jogos em casa no final da temporada é muito positivo, agora é a hora do time se achar e entrar nos playoffs em alta e estamos conseguindo isso.. independentemente da posiçao, nosso time tem chance de brigar de igual pra igual com qualquer um! nao ficava animado pra um playoff assim desde 2011/12

  15. Gustavo Miglioretti

    até esqueci de falar do Isaiah
    ele carrega o time todo jogo que até esqueci hahaha. se nao me engano 27 jogos de +30 pontos na temporada, isso deve estar atras do Bird só

  16. Renato Green

    Entre Wiz e Rap o Raptors ainda continua sendo nosso pior encaixe né?

  17. Vinicius

    Pode até ser que euesteja errado. Mas acho que o Cleveland tá querendo fugir do Miami. Será que vale a pena, passarmps em primeiro e pegarmos o heat de cara. Vai ser foda.

    • Renato Green

      Eu quero o Heat Vinicius
      Para passarmos por ele…
      Está engasgado nos offs passados

    • David Pessoa

      Com certeza vale a pena, pois caso o Celtics chegue na final da conferencia contra o cavs, terá mando de quadra e as chances de levar a série a 7 jogos, ou até mesmo de vencer a série crescem um pouco mais. Uma série contra o heat seria difícil pro Celtics, mas daria pra vencer em 5 jogos numa boa, creio eu.

  18. Barros

    Eu quero pegar o heat!! Dar o troco naquela série que deixamos escapar.

  19. drakes

    Pensando no pós-temporada, ser o primeiro da conferência claro que irá atrair interesses maiores dos FAs e aumenta as chances de negócio, já é um ponto positivo.

    Eu não vi o jogo de ontem, mas o Celtics não tá jogando defesa a 100% de intensidade, e a equipe titular jogou pouco juntos, só 334 minutos a duas rodadas atrás, o wizards mais de 1100 minutos, GSW mais de 650 minutos (quando perderam Durant parou-se de contar).

    Por isso, não vejo o time cansado, pode ser um ou outro jogador, por isso mesmo no quesito deixar de escalar entendo que o Celtics tem uma condição diferente de outros plantéis até por ser o time também relativamente novo (é o mais jovem das top 5 campanhas).

    O Boston já chegou, ontem, no mesmo número de vitórias da temporada passada, deverá passar das 50 vitórias, ficar entre primeiro ou segundo, a minha preocupação não é posição ou quem for pegar nos playoffs e sim as deficiências conhecidas do time.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.