Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Boston Celtics (48-27) x Orlando Magic (27-48)

Depois de sofrer uma derrota nos últimos segundos para o Milwaukee Bucks, que lhe tirou temporariamente da liderança da Conferência Leste, o Boston Celtics encerra, na noite desta sexta-feira (31), às 20h30 (horário de Brasília), uma sequência de seis partidas em casa na temporada 2016/2017 da NBA. Dessa vez, o oponente celta no TD Garden será o Orlando Magic, que não tem mais chances de classificação para os playoffs do Leste e foi derrotado duas vezes pelo Alviverde nesta edição da liga.

As quatro vitórias nos primeiros jogos da sequência em casa colocaram o Boston Celtics no cobiçado topo do Leste e aumentaram o moral do elenco treinado por Brad Stevens, mas a má atuação e o tropeço diante do Milwaukee Bucks ligaram novamente o sinal de alerta em Massachusetts, tanto para a torcida, quanto para o elenco. Como o Cleveland Cavaliers foi derrotado pelo Chicago Bulls na noite de quinta-feira (30), o Celtics é, mais uma vez, líder do Leste e terá, diante do Magic, a segunda chance para confirmar a posição. Resta saber se as lições do jogo contra Milwaukee foram aprendidas.

Contra o Orlando Magic, o Boston Celtics não terá nenhum desfalque por lesão ou suspensão. A lista de inativos será formada pelo armador Demetrius Jackson e pelo ala-pivô Jordan Mickey, que estão a serviço do Maine Red Claws na Liga de Desenvolvimento da NBA (D-League). A expectativa da torcida é de que nomes importantes, como Avery Bradley, Jae Crowder e Marcus Smart, que não foram bem contra o Milwaukee Bucks, reencontrem o seu jogo e sejam decisivos diante do Magic.

Já o Orlando Magic, dono da penúltima posição da Conferência Leste e fora da briga pelos playoffs, não vê a hora de encerrar a sua participação na temporada 2016/2017. Com sete derrotas nos últimos 10 jogos, a franquia da Flórida está finalizando o seu processo de tank e não deve oferecer maiores dificuldades nesta reta final, ainda mais nesta série de três jogos que terá como visitante, que começa justamente contra o Celtics.

Para o jogo diante do Boston Celtics, o técnico Frank Vogel terá apenas uma baixa: velho conhecido do torcedor celta, o ala Jeff Green ainda se recupera de dores nas costas e não vai atuar no TD Garden. No quinteto titular, os destaques são o ala-armador francês Evan Fournier e o ala-pivô Aaron Gordon. Olho também no pivô Nikola Vucevic, que foi alvo do Celtics durante a temporada.

FICHA TÉCNICA:

Local: TD Garden (Boston, MA)

Horário (de Brasília): 20h30

Transmissão: NBA League Pass

Boston Celtics: Isaiah Thomas, Avery Bradley, Jae Crowder, Amir Johnson e Al Horford. Treinador: Brad Stevens

Orlando Magic: Elfrid Payton, Evan Fournier, Terrence Ross, Aaron Gordon e Nikola Vucevic. Treinador: Frank Vogel

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

11 comentários

  1. Teobaldo

    Um abraço especial a Tobias Harris (Pistons).

  2. drakes

    Os clubes não gostam de perder 10 jogos consecutivos, não vejo o Magic entregando o jogo, o Celtics vai ter que jogar bem e focado pelo menos os dois primeiros quartos para o time da Flórida aceitar o destino.

    Sobre a colocação pela primeira vez o ESPN’s BPI Playoff Odds põe o Celtics na ponta, mas nada adianta simulações se o time não demostra seu favoritismo em quadra.

    Por isso, go celtics.

  3. Não acredito em entrega de jogos, ainda mais quando a maior virtude do nosso time é se ‘moldar’ ao adversário.
    Celtics 110 x 103 Magic.

    Temos que aproveitar o tropeço dos Cavs (inesperado até, já que os Bulls ficaram boa parte do 2o quarto atrás) e tentar manter o embalo.

    Vou torcer para outro tropeço do time de CLeveland antes do jogo direto onde, aí sim, vamos poder fazer todo tipo de experiência maluca contra um adversário em desespero.

    []s verdes

  4. Jefferson Pires

    Magic 94 x 106 Celtics

  5. JailtonSV

    Thomas- Bradley- Crowder- Vucevic- Horford. Seria um belo quinteto.

    Hoje dá Celtics, Thomas e Brown vão comandar as suas unidades.

  6. Barros

    Que jogo hein! Ow god, como seria bom qualquer jogador nível médio da NBA no lugar desse Jerebko, nosso time seria outro patamar! Smart é um jogador pro time, mas seu empenho ofensivo está horrível.

  7. Sander

    Que sufoco do cacete!

  8. Lucas Oliveira

    Ultimamente num dia bom do Bradley ele está com uma leve luxação no ombro, tá louco…
    Jogo ruim novamente… Fico com a impressão que o time está entrando querendo se poupar, começa a perder e tem que correr o dobro para recuperar a partida, não parece estar compensando.
    Pontos negativos nesta reta final são Rozier e Brown inconscientes no ataque (continuo não gostando do Rozier armando) e o Smart voltando a chutar tão mal quanto a temporada passada, principalmente nos últimos 10 ou 15 jogos… Vale a pena ressaltar que é o segundo jogo consecutivo com uma arbitragem duvidosa em jogadas do Smart e o flop dele no Gordon só serve para piorar a situação.

  9. Barros

    Gordon 34pts 16 reb ow god.

  10. Gustavo Miglioretti

    Green fez 6 pts em 4 minutos e dps sumiu do jogo, realmente nao dá pra entender

    • Rodrigo Ribeiro

      Gustavo, acredito que o Green irá ser a cereja do bolo nos offs, onde os adversários não estão esperando, o Stevens não quer neste momento transparecer que irá usá-lo com maior minutagem nas decisões, este é o Meu modo de ver as coisas, caso contrário é incompreensível deixá-lo no banco, outra observação é o Jerebko ele deve ser casado com a filha do Stevens observem de agora em diante o tempo dele aumentar em quadra… É um absurdo!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.