Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Prévia – Oklahoma City Thunder (0-3) x Boston Celtics (2-2)

Vindo de uma sofrida derrota para o Magic na segunda-feira (22), com um lento início e aproveitamento de arremessos abaixo de 41%, o Boston Celtics viaja até Oklahoma City para enfrentar o Thunder nesta quinta-feira (25). O time rival vai em busca de sua primeira vitória na temporada, após uma surpreendente derrota em casa para o Sacramento Kings (time em reconstrução e sem grandes expectativas nesta temporada). O jogo, que será transmitido pela Vivo e pelo NBA League Pass, começa às 21h, horário de Brasília.

A derrota do Celtics na última segunda-feira, no TD Garden, foi um balde de água fria aos torcedores celtas que esperavam uma tranquila vitória contra o Magic. Contudo, o time deixou escapar no final sua chance de subir na tabela de classificação da conferência Leste: Kyrie Irving e Gordon Hayward erraram os arremessos que levariam o jogo à prorrogação, na última posse de bola, e a defesa permitiu que o pivô Nikola Vucevic anotasse 24 pontos na partida.

O time com mais títulos na história da NBA vem enfrentando dificuldades para equilibrar suas atuações na temporada. Com Tatum sendo o cestinha da equipe na maioria dos jogos, o quinteto titular ainda tenta se ajustar a um “Kyrie fora de forma”, como diria a lenda celta Tom Heinsohn. Além disso, o pivô australiano Aron Baynes será desfalque para essa partida, com uma lesão no músculo posterior da coxa. Apesar de não ser titular com frequência, Baynes é importante nos rebotes, quesito que Boston vem sofrendo desde a temporada passada.

Cabe aos fanáticos torcedores acreditarem no talento do técnico Brad Stevens, que temporada passada provou saber consertar o entrosamento de um time fragmentado e para muitos mereceu o prêmio de COY (Coach of The Year, em português, Treinador da Temporada).

FICHA TÉCNICA

Local: Chesapeake Energy Arena (Oklahoma City, OK)
Horário (de Brasília): 21h
Transmissão: Vivo e NBA LeaguePass
BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Jaylen Brown, Gordon Hayward, Jayson Tatum e Al Horford. Treinador: Brad Stevens
Oklahoma City Thunder: Russell Westbrook, Terrance Ferguson, Paul George, Patrick Patterson e Steven Adams. Treinador: Billy Donovan.

Author avatar
Rafael Lara
Nascido em Fortaleza, criado em São Paulo e futuro estudante de Jornalismo. Torcedor Celta desde os 4 anos de idade, assistiu à rivalidade Celtics x Lakers e comemorou o título de 2008 como fã número 1. Pretende seguir na área esportiva, e espalhar como jornalista o amor pelo esporte.

16 comentários

  1. Erondi Nunes

    A defesa de perímetro realmente não tá boa, e esse problema no garrafao não é falta de um pivô e sim a formação baixa do time o Horford tem que jogar na posição 4 e o Baynes na 5, o Hayward tem que vim do banco pelo menos no início da temporada. Não acho o nosso garrafão tão ruim assim, melhorou muito comparado a 2016 com Amir Johnson e Ollynik. O problema é a formação. Com o Baynes machucado colocaria o Theis ou o Willians de titular

    • Marco Antônio de Paula

      Acredito que a muito tempo temos esse problema de garrafão e não acho que resolvemos isso na temporada passada. Horford não consegue se dar bem contra jogadores fisicos e não é um cara forte em rebotes, Tristan Thompson com toda sua limitação engoliu nosso garrafão nas fnais contra os Cavs. Até o limitado Hood deitou e rolou nas infiltrações naquela final. Baynes não tem preparo físico para aguentar muito tempo em quadra, e muitas vezes se torna lento na transição, é um cara pesado, apesar de ser o melhor reboteiro do time. Não sei qual é o problema do novato Williams, que dizem ser um bom defensor de garrafão e reboteiro. Stevens não dá jogo pro cara. Acho que estamos apostando que Kyrie e Hayward vão desequilibrar numa final. Mas eu acho muito complicado ganhar NBA sem um bom garrafão defensivo. Falta para o Celtics um Davis.

  2. Lucas Oliveira

    Eu entendo os comentários da galera nos últimos jogos e até do parceiro Erondi aí em cima. Time está fraco na defesa, Hayward está fora de forma, Kyrie está mal e Tatum e Hayward (nas atuais condições) tem dificuldades em marcar a 4.

    Mas dito isso, uma coisa que nós Celtas, mais do que todos devemos entender é que a temporada regular é a hora de acertar o time. Se perdemos metade dos jogos até a deadline, classificarmos em 2º ou 3º, mas o time chegar voando nos playoffs, ta ótimo! Por isso que por mais sofrido que seja ver os jogos, temos que apoiar esse time aí e torcer para que com ritmo de jogo e entrosamento as falhas sejam corrigidas o mais rápido possível.

    • Lucas Oliveira

      Só complementando eu tenho uma preocupação séria nesta temporada. Brown voltou muito mal e ainda não encontrei uma explicação para isso…
      É verdade que o ataque era inconstante ano passado, mas sua defesa sempre foi muito boa e nem neste ponto ele tem aparecido.
      Ano passado era o jogador que eu mais gostava de ver jogando, por isso torço muito por ele e para mostrar a “evolução” que ele anunciou antes do início da temporada e que não entrou em quadra até agora.

  3. Erondi Nunes

    O Morris ganhou o jogo pra nóis. Concordo realmente o Brown está preocupante

  4. Celso Cachali Jr

    Brown também é o meu jogador favorito… mas vejo ele muito prejudicado pelo esquema, ele fica muito na zona morta parado puxando um na marcação.
    Mas tem que chamar uma luz amarela ai por causa dos seus erros e talvez preguiça… tomar cuidado para nao desmotivar o jogador.

  5. Marco Antônio de Paula

    Celtics continua precisando de ajuste defensivo. Ontem o time esteve muito mal no primeiro tempo. Segundo tempo OKC amarelou cmo de costume. Time ainda está devagar. Nosso maior problema continua sendo garrafão defensivo. Vão morrer abraçados com oHorford que não aguenta tranco físico naquele garrafão defensivo. Tem que pensar em um reboteiro por ali. Horford não é esse cara. Kyrie mal defensivamente, mas se mostrou decisivo na hora da decisão. Ele consegue controlar o jogo, algo que faltou nas finais contra os Cavs. Brown voltou mal, não conseguiu se acertar dos dois lados da quadra, forçando hero balls sem necessidade. Hayward totalmente sem ritmo de jogo. Com Kyrie e Hayward sem ritmo, a defesa celta fica muito comprometida. Morris grata surpresa, começou bem a temporada. Tatum o de sempre. Acho que esse time do Celtics vai evoluir, mas acho difícil brigar por titulo da NBA sem garrafão defensivo e rebotes. Falta ali um Davis.

  6. Erondi Nunes

    Amigos todos queremos o Anthony Davis mas é praticamente impossível. Pra conseguir ele o Boston ia te q abrir mão de muita coisa, outra coisa o GSW nesses 4 anos q passou nunca teve um super pivô. é possível sim se campeão sem esse jogador

    • Mas é justamente esse o problema, GSW foi campeão 3 vezes sem um grande pivô, então imagine como eles vem agora pra essa final tendo um pivô, que se saudável, é top 3 da liga fácil, se quisermos sonhar com esse título ainda esse ano, precisamos resolver o problema do nosso garrafão, se não Cousins vai deitar e rolar em cima do Horford.

    • Marco Antônio de Paula

      Durant e principalmente o Green são super dominantes no garrafão do GSW. Green é um cara que joga pra até 15 Rebotes nesses jogos decisivos. Nem discuto o mal caratismo dele. Quem tem que correr atrás são os adversários e não o GSW que inclusive reforçou ainda mais seu garrafão com o Cousins. Não temos um reboteiro. Horford tem m édia de 07 rebotes por temporada. Na final o cara teve 04 rebotes. Kyrie e Hayward vão ter que entrar em modo MVP para esse time do Celtics ser campeão contra o GSW sem garrafão defensivo.

  7. Marchall

    Vocês superestimam muito o Jaylen Brown, ele é um jogador mediano. Vocês são clubistas!

    E não, não vamos brigar por título esse ano. Se quer ganhar a conferência tem que jogar muita bola para vencer os Raptors!

    Kyrie e Hayward estão nitidamente abaixo. Porque começar jogando com eles? São intocáveis? Nossa primeira linha tem que ser com Morris e Rozier formando!

    Pegaremos a segunda unidade dos outros times comprometidas e cansadas, favorecendo o ganho de ritmo de Irving e Hayward.

    Morris – Tatum – Rozier – Horford e Baynes

    Segunda unidade joga os caras pra dar ritmo!

  8. samucarj

    Pronto agora Raptors é o melhor time do mundo (todo ano a mesma coisa)!

    Poxa estamos no inicio da temporada, dois jogadores voltando de lesão e por isso longe da melhor forma. Acredito muito no time, mas como sempre menciono nosso maior problema é o garrafão.

    Em janeiro quando todo mundo em forma time entrosado veremos se o Raptors é isso tudo mesmo. Calma que aqui não é futebol, quando ganhar varias seguidas seremos o melhor time novamente.

    Quando tiver difícil bola no Tatum….

    Ki, Gordon H, Tatum, Al H e Baynes, esse time entrosado e com o banco que temos vai ser chato segurar.

  9. Fernando Silva

    Início de temporada.

    Alguns cavalos paraguaios a frente.

    Começamos devagar, vamos devagar até os 10 ou 15 primeiros jogos, depois vamos melhorar pouco a pouco até ganharmos a conferência.

  10. Welington

    Caro Lara, Boa tarde!
    Que alegria ler seu texto. Bem escrito e com informações e observações muito pertinentes. Parabéns!!!
    Faltou só dizer aluno do Colégio Marista Arquidiocesano.
    Grande abraço!

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.