Prévia – Philadelphia 76ers (46-25) x Boston Celtics (43-28)

Philadelphia 76ers ( Sixers )

Com 11 partidas para disputar na reta final da temporada regular e ainda na quinta colocação da Conferência Leste da NBA, o Boston Celtics terá, na noite desta quarta-feira (20), um jogo fundamental na briga pelo mando de quadra nos playoffs. Afinal de contas, o time verde e branco de Massachusetts encara, em pleno Wells Fargo Center, o Philadelphia 76ers, que está na terceira posição do Leste e tem três triunfos a mais que a equipe celta, mas não costuma ter sorte nesse clássico da Divisão do Atlântico: além de ser eliminado pelo Celtics na última semifinal do Leste, o Sixers perdeu os três duelos que disputou contra o Alviverde nesta edição da liga. A partida entre 76ers e Celtics começa às 20h (horário de Brasília) e terá transmissão da ESPN para todo o Brasil.

Mesmo vindo de derrota em casa para o Denver Nuggets, a equipe do Boston Celtics ainda vive um momento favorável. Com cinco vitórias nos últimos sete jogos, o Alviverde está aproveitando o último mês de temporada regular para unir o elenco e mostrar que pode dar trabalho a qualquer rival nos playoffs. A briga pelo mando de quadra nos playoffs do Leste, entretanto, ainda não acabou, e o confronto diante do Philadelphia 76ers ganhou ares de decisão: uma vitória fora de casa, além de cortar a vantagem para um tradicional rival que tem melhor campanha, deixa o Celtics com a mesma campanha do quarto colocado Indiana Pacers.

Para o jogo contra o Philadelphia 76ers, o técnico Brad Stevens tem uma dúvida no quinteto titular do Boston Celtics: com dores no joelho direito, o pivô Al Horford só terá presença confirmada minutos antes da partida no Wells Fargo Center. Caso Horford não possa jogar, a tendência é que Aron Baynes forme dupla de garrafão com Marcus Morris. Na rotação, o desfalque certo é o ala Gordon Hayward, que machucou o pescoço na partida contra o Atlanta Hawks e ainda está no protocolo de concussão da NBA.

Por mais que sofra nos jogos contra o Boston Celtics, o Philadelphia 76ers faz mais uma grande temporada na Conferência Leste: invicto há cinco partidas, o Sixers está apresentando um basquete de alto nível e abriu uma pequena vantagem na briga pelas quatro primeiras posições. Contando com o apoio da torcida, o Philadelphia quer manter o embalo e encerrar o incômodo jejum contra o Celtics, até para aumentar a expectativa para os playoffs.

Mesmo sabendo do desgaste causado pelo jogo contra o Charlotte Hornets na terça-feira (19), o técnico Brett Brown não deve fazer mudanças significativas no quinteto titular do Philadelphia 76ers, que contará com o retorno do pivô Joel Embiid, poupado do duelo em Charlotte por causa de uma pequena lesão no joelho esquerdo. Entre os reservas, o 76ers terá uma baixa: o ala-armador turco Furkan Korkmaz, que se recupera de lesão no menisco do joelho direito.

FICHA TÉCNICA

Local: Wells Fargo Center (Philadelphia, PA)

Horário (de Brasília): 20h

Transmissão: ESPN e NBA League Pass

PHILADELPHIA 76ers: Ben Simmons, JJ Redick, Jimmy Butler, Tobias Harris e Joel Embiid. Treinador: Brett Brown

BOSTON CELTICS: Kyrie Irving, Marcus Smart, Jayson Tatum, Marcus Morris e Al Horford (Aron Baynes). Treinador: Brad Stevens

Publicidade

Gustavo Arruda
Gustavo Arruda
Gustavo, 27 anos, é maranhense de São Luís, estudante de Jornalismo e repórter esportivo do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

15 Comentários

  1. Publicidade

  2. Erondi Nunes disse:

    Mais importante q a vitória é jogar bem.

    Acho q o Sixers vencem hj.

    Hayward faz falta e Horford meia boca não dá.

    0

    0
  3. Rodrigo Ribeiro disse:

    Podemos encostar no Indiana hoje, mais motivação do que isso, estamos descansados, o 76 jogou ontem, se o time se empenhar, o Stevens pedir os tempos no momento certo, tirar de quadra quem tá mal, é factível a vitória.

    Abs Celtics!!!

    2

    0
  4. Stevens pedindo tempo no momento certo, temos no momento vantagem de 11 pontos, no momento Tatum bem mal, diminuiria a sua minutagem, 60×51 vamos em frente faltando 2,50 seg para o intervalo…

    0

    0
  5. Porra, 3 lances livres, falta ridícula faltando 1 segundo para o intervalo, não podemos cometer estas bobagens…

    1

    0
  6. Erondi Nunes disse:

    Quando jogam concentrados assim não tem pra loco.

    Com 15 de vantagem trabalhem a bola, não precisa forçar.

    Acho q o Baynes não joga mais a regular season.

    0

    0
  7. Fernando Silva disse:

    É manter a pegada dos Q1 e Q2.

    Rezo para que não tenhamos nenhum apagão.

    Sem apagão a Vitória é nossa.

    1

    0
  8. Lucas disse:

    Cara eu realmente nao entendo esse time
    Tem vezes que joga tanto que vc fica se pensando se existe teto pra esse time , dai ve cada jogo que fica pensando que time ruim da porra

    Esse time me lembra muito o liverpool dos ultimos anos , jogava muito nos derbys e perdia os jogos pequenos

    O time tem que parar de oscilar e manter o nivel mais alto possivel

    1

    0
  9. Tom disse:

    Não dá pra esquentar muito. Agora é focar Poffs, deixa eles curtirem o momento deles, abraçado nos juizes.ganharam uma
    Smart ridículo, sempre defendi ele mas hoje indefensável.
    Arbitragem sem vergonha… 40 FT prós caras é ridiculous

    2

    0
  10. Marco Antônio de Paula disse:

    Mais uma derrota anunciada. A diferença de time é grande. E pior, hoje não temos nem técnico para tentar equilibrar jogo taticamente. Infelizmente o Zé Do Chiclete não contribui em nada. Smart totalmente descontrolado. O Unico cara com personalidade é o Kyrie, que já deve estar ficando de saco cheio de ter que carregar ess etime nas costas. Nossos novatos estão totalmente sem personalidade. Brown mal, não consegue acertar nem lance livre. Tatum acreditou que pode ser MVP jogando dessa maneira. Piorou demais nessa temporada. Morris vem em declínio . Baynes lutando com seus problemas fisicos. Horford representando, atuando no sacrifício e dando o seu melhor. O jogo foi mais equilibrado, pois os Sixers é uma mãe na defesa. Achar que esse time briga por finais, é deixar o coração falar muito mais alto.

    3

    2
  11. Tom disse:

    Ah, um detalhe
    Marcos Morris não tá jogando NADA.banco nele

    1

    0
  12. Lucas disse:

    Baynes qnd chega machuca o pé/tornozelo que já é de vidro dnv infelizmente. Smart deu uma de Draymond Green nessas aleatoriedade, ai deixa o time na mão na hora H, se bem que o Embiid deixou o cotovelo ali e falou merda logo em seguida e a arbitragem deixou rolar isso tudo lindamente, fora os 347.000 lances livre pro novo projeto de protegido da NBA.
    Ah e antes que eu me esqueça: AIN CULPA DO KYRIE.

    4

    0
  13. Lucas disse:

    Aparentemente a lesão do Baynes é séria, ai eu tenho uma dúvida. O celtics tem uma vaga sobrando ainda no time né?

    0

    0
  14. Gustavo Rangel disse:

    Tivemos um aproveitamento de 43% nos field goals. Philadelphia 37%. Sem duvida nenhuma a arbitragem influenciou diretamente no resultado, infelizmente.

    Acho surreal um time arremessar mais de 40 free throws, e isso aconteceu hoje. Senti, assistindo alguns lances pontuais, que pelo menos metade desses lances livres foram uma cortesia.

    Smart realmente é incompreensível: ganha jogos com hustle e entrega sem iguais, e ao mesmo tempo compromete todo um esquema, que já é pálido, usando justamente esse hustle e essa entrega.

    Aos poucos estou me convencendo que, com o andar da carruagem, o melhor cenário é envolver realmente qualquer jogador do elenco numa potencial troca pelo Anthony Davis (exceto Horford e Irving).

    É tentar beliscar essa 4° posição e torcer pra postura mudar completamente e as condições serem, no mínimo, justas.

    []s Verdes.

    3

    0

Deixe um comentário