Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Rondo admite que não defendia em Boston

Rajon Rondo, ídolo e último capitão do Boston Celtics, reconheceu, nesta 6ª feira, que ”deixou de defender há alguns anos”, e sugeriu que sua recente chegada em Dallas o fez bem, pois o incentivou a voltar a defender e a se esforçar nesse lado da quadra.

Enquanto realizava um treino de aquecimento no TD Garden, às vésperas de seu primeiro jogo em Boston após sua negociação, Rondo confirmou o que todos, que assistem aos jogos do Celtics, já haviam percebido: que ele deixou de se dedicar à marcação do adversário, especialmente após o Celtics deixar de ser uma equipe candidata ao título, e assumir o papel de franquia em reconstrução.

“Eu deixei de defender há alguns anos”, disse Rondo. “Graças à presença de Avery Bradley ao meu lado, eu me permiti me poupar na marcação. Bradley era fundamental, pois era responsável por marcar o armador adversário. Entretanto, em Dallas, eles confiam em mim para defender e, no Oeste, caso você não defenda bem, você será humilhado toda noite pelo armador adversário”.

Desde a chegada de Rondo, o Dallas Mavericks venceu 4 de seus 6 jogos. Durante essa sequência, o desempenho defensivo da equipe melhorou em 4,5 pontos, ao cair de 105,1 pontos, a cada 100 posses de bola (nos 28 primeiros jogos da temporada), para 100,6 nesses 6 jogos citados.

O desempenho defensivo individual de Rondo, no entanto, não mudou muito, de acordo com as estatísticas da NBA. Seus oponentes acertaram 50,3% dos arremessos, quando marcados por Rondo, em seus 22 jogos com o Celtics, nessa temporada. Isso o faz ficar 5,1 pontos acima da média de pontos sofridos por jogadores de sua posição. Em Dallas, Rondo vem encontrando ainda mais dificuldade, visto que o aproveitamento adversário subiu para 51,6%.

Por outro lado, sob o uniforme do Mavericks, percebemos um Rondo muito mais esforçado na quadra defensiva, sobretudo quando seu adversário é um armador renomado na forte Conferência Oeste.

”Eu encaro isso como um desafio pessoal, bem como um desafio para meus companheiros de equipe também”, disse Rondo. “Nossa comunicação, dentro de quadra, está progredindo bastante e isso faz a marcação ser melhor realizada. É um esporte coletivo. As pessoas querem olhar para as estatísticas e dizer: ‘Desde que Rondo chegou, nossa defesa sofre 7 ou 8 pontos a menos’, ou algo próximo a isso. Não é assim que funciona. Nós ainda temos muito a fazer e eu acredito que vamos ficar melhores defensivamente”.

Nos 22 jogos que disputou, pelo Celtics, em 2014/2015, o maior campeão da NBA teve um defensive rating de 103,2 pontos sofridos, o que a colocava como a 16ª melhor defesa da NBA. Desde que viu seu capitão ser trocado, em 18/12/2014, a equipe de Boston apresenta um defensive rating de 99,1, o que a faz assumir o posto de 6ª melhor defesa da NBA, nesse mesmo período.

Para sermos justos, a defesa do Celtics já vinha apresentando melhoras, em Dezembro, desde antes a despedida de Rondo, mas os números são mais expressivos desde que seu antigo capitão levou seus talentos para o Texas.

Author avatar
Rômulo Portugal
Rômulo é carioca, advogado, e fã de futebol, NBA e NFL. Acompanha o Celtics desde 2003. Seu fanatismo pelo maior campeão da NBA o fez torcer para os demais times de Boston. Como bom carioca, é Vascaíno. Tem Paul Pierce como primeiro e grande ídolo na NBA.

14 comentários

  1. pessoa

    Como eu disse,Rondo está mais interessado por titulos do que por franquias em si,o que prova isso é que quando o big three acabou e a ameaça ao titulo tambem,o rondo simplesmente desanimou e ja se encontrava insatisfeito em nossa franquia alvi-verde.Está longe de ser o meu maior idolo e acho que ficaremos bem sem o Rondo daqui a alguns anos quando a estrategia do ainge estiver totalmente concretizada com as diversas picks obtidas.

  2. Digor33

    Isso é ato de jogador C U Z Ã O!!!

    Quer dizer que se não tiver chance ele DESISTE?

    Quer dizer que se estiver nos playoffs perdendo de 3 x 0 não vai mais jogar com garra?

    Então Sr. Rondo vc não sangrava verde, era somente um interesseiro por títulos. Certo que todo jogador almeja o título, mas jamais pode perder sua gana seja qualquer a situação da partida ou de seu time, deixar de lutar jamais….. Provou que não poderia ser o nosso CAPITÃO.

    FOI BOM TER IDO EMBORA,!

  3. Digor33

    Rondo nem olhou para o vídeo de homenagem.

    “Espero não chorar” kkkkkk frase sem qualquer sentido para Rondo, continua sendo aquele cara sem expressão nenhuma!!!!

  4. Diego S

    Defendam o Sr. corpo mole agora!
    Já tem muito tempo que ele não atacava mais a cesta com sua habilidade incrível para tabelas impossíveis, floaters indefensáveis, em Boston. Além de arremessar miseravelmente (num dos jogos antes de sair conseguiu 15^16% de aproveitamento, e ainda queria contrato máximo!)
    Chris Paul não importava o que acontecesse carregava Hornets nas costas, assim que o bicho pegou no Celtics esse aí murchou.

  5. luiz eduardo

    concordo com os amigos de cima, o cara provou que tava com saco de jogar por nós, ontem jogou tudo o que sabe, e com a gente ? era uma preguiça, jogos com 2 pontos ?! esse é o capitão ? hahaha, caiu muito no meu conceito, pierce e garnett sim que são meus ídolos

  6. drakes

    Pelos dois anos sem Garnet e Pierce, apesar das esperanças já dava para ver que o Rondo nunca seria o franchise player do time, ele mesmo por essa declaração se considera um complemento que pode ser protagonista mas em alguns jogos.

    Para sermos justos também, a defesa melhorou de novo com a volta do Smart, nesse quesito o calouro já tem impacto maior.

  7. Ricardo Torres

    Quando o Ray Allan foi embora a maioria falou mal do cara, sendo que talvez o motivo que o fez ele sair foi um mal estar com Rajon Rondon… A maioria apoio o Rondon e crucificaram o Ray Allan, “ah o Rondon é sangue verde”… Olha ai o Rondon traira, preferiria ver naquela vez o Rondon ir embora do que o Ray Allan, acredito que se o Rondon fosse embora o big three iria ficar junto ate o fim de suas carreiras no Boston, esse Rondon destruiu o time, Preferiria mil vezes o Ray Allan do que esse modinha ai, so quer aparecer, Ray Allan tem muito mais carater do que esse muleque…

    • Marcos

      Ricardo,

      Acho que quem cagou no negócio do Allen foi o Pasto Valdomiro (Doc Rivers) …
      “Temos o Avery Trashley, para que precisamos do Ray Ainge? Vamos criar um mal-estar e mandarmos o cara embora”.

      Antes de crucificar o Rondo temos de ver os esquemas de jogo mula que usamos (principalmente essa temporada e a outra).

      []s verdes

    • Diego S

      Cara, se eu tinha um exemplo em alguém nesse time, era no Ray.

  8. Fernando C S

    Em resumo: o Rondo confirmou o que todos já desconfiavam. Quando o Rondo saiu alguns identificaram o que ficou demonstrado: ele pediu para sair, não queria esperar a reconstrução, não se esforçava pela equipe. Para nós, foi uma boa saída. Independente de quem veio na troca, o fato é não vale a pena pedir a ninguém para ficar e Boston. Se não quiser sair, vai tarde.

  9. Marcos

    A verdade é que Rondo não é PP34, é um cara mt mais frio e racional.

    Provavelmente se desentendeu com a comissão técnica pediu para sair e o Ainge resolveu queimar o cara no mercado.

    Essa declaração só mostra duas coisas para mim: Rondo sabe que é um jogador complementar a um grande craque (como será agora em Dallas e sabe fazer esse papel como ninguém) e que nossa comissão técnica não tem mt idéia do que o Ainge vai colocar pela frente e não sabe definir um esquema em nível NBA.

    Só lembrando que saíram uma penca de caras importantes da comissão, do treinador de defesa até o analista estatístico de dados.

    []s verdes

  10. Sergio Ferreira Oliveira

    Se ele não tinha motivação vestindo o manto sagrado do multi campeão Celtics, terá motivação com o quê? Rondo, vai aprender com Larry Bird o que é respeito, motivação, dedicação e amor aos Celtics, antes de abrir a boca pra falar merda!

  11. Gabriel

    “Se você não marcar na Conferência Oeste é humilhado pelo outro armador toda noite”… Não aguento mais ouvir essa babação de ovo da Conferência Oeste! No Leste Rondo “enfrentava”, quando jogava, John Wall, Kyrie Irving, Jeff Teague, Derrick Rose, Kemba Walker… Wade quando entrava de 1… Até o próprio Deron Willians que não tem produzido muito… Até os jovens armadores do 76ers podem ser citados porque pontuam muito bem… Já ouvi caras dizendo que gostariam que mudasse o regulamento pra não deixar melhores times do Oeste de fora… PARA COM ISSO!! Mas que saco, os times do Oeste vivem, no geral, uma fase melhor, até com mais recursos pra isso, mas não aguento ver essa diminuição da Conferência Leste! A Conferência Leste é pura EMOÇÃO!! BOSTON CELTICS!! Jogos 90 a 88 muito mais emocionantes que os próprios 125 a 123 daquela várzea defensiva do Oeste… Alem disso, os top 4 times do Leste podem jogar de igual pra igual contra os melhores do Oeste… Além do mais, Oeste sem o Lakers? O grande freguesão do Celtics… Isso prova que o que está acontecendo é só uma fase, e nem assim é garantia que, na final, o Leste não bata o Oeste… Resumindo, Rondo cala a boca e joga… e todos os que diminuem a conferência Leste, do meu Boston, também! Conferência Leste é emoção e tem o melhor dos melhores, o Oeste que se ajoelhe… E o Gigante Verde vai se reerguer em breve… Abraços

  12. […] O Celtics, por sua vez, não enxerga, em seu horizonte próximo, uma possibilidade de voltar a ser candidato ao título. Assim, Rondo vinha se mostrando desmotivado em Boston, conforme matéria feita anteriormente. […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *