Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Vitor Faverani é reintegrado ao Celtics

Após uma passagem rápida de sucesso na equipe celta afiliada na liga de desenvolvimento, Maine Red Claws, o brasileiro Vitor Faverani será reintegrado ao grupo principal para a sequência da temporada.

Faverani foi enviado para a D-League após perder espaço na rotação de Brad Stevens, mesmo após ter sido um dos destaques da equipe no início da temporada tendo seu nome citado dentre os que disputariam o prêmio de melhor calouro da temporada, sem nenhum motivo aparente Faverani foi perdendo seu espaço e com a melhora de Kris Humphries o brasileiro teve seu tempo reduzido a quase nada.

Pensando em não deixar seu atleta parado a diretoria Celta decidiu o enviar a Maine e a ideia foi acertada, Vitor disputou apenas três partidas pelo Red Claws e foi o destaque da equipe em todas as partidas. Vitor registrou médias de 16.3 pontos, 3.7 assistências, 12 rebotes, 48.5% nos arremessos de quadra sendo a ótima marca de 45.5% na linha dos três pontos, em 31 minutos por jogo. Em sua última partida, diante do Erie BayHawks no último sábado (01), Faverani registrou 20 pontos, 17 rebotes, 6 assistências em 35 minutos de quadra.

Vendo o excelente desempenho do brasileiro a direção do Celtics resolvei reintegrar o atleta para a sequência da temporada ficando a disposição do treinador Stevens para os próximos jogos.

Author avatar
Thiago Vinícius Matos
Paulistano de 27 anos, Líder de Operações numa empresa logística, residente em Guarulhos/SP. Torcedor do Boston Celtics desde 2009, quando comecei acompanhar a NBA. Minhas maiores referências atualmente são KG com sua garra sobre humana e Rajon Rondo com suas assistências desconcertantes. Sou muito frustrado por não ter visto o grande Larry Bird em ação. #Marcus_Smart_Is_The_Future!

5 comentários

  1. Lucas

    essas passagens são claramente para não deixar o jogador perder ritmo de jogo( mesmo não sendo o mesmo da NBA), pois o nível da D-league é claramente muito baixo,

  2. Marco

    Se for pra chamar e deixar no banco melhor deixar ele por la…

  3. Rafael Galeoti

    Isso chama “manter a moeda de troca valorizada”.

  4. Luiz

    D-League é que nem o Gauchão:não é parâmetro pra nada

  5. Norton

    Tomara que ele tenha se desenvolvido o suficiente pra figurar na rotação do Stevens,Faverani pode ser muito importante num futuro proximo…

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *