Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Vitórias, saúde, “Where are you, ubuntu?”

O técnico do Boston Celtics, Doc Rivers, declarou ter um dilema claro: os titulares devem entrar em quadra e garantir os triunfos ou devem ser poupados até os playoffs?

“Lesão” tem sido uma palavra temida pelos arredores do TD Garden. Rajon Rondo, Kevin Garnett, Glenn Davis, Shaquille O’Neal, Jermaine O’Neal, Delonte West, Von Wafer e Avery Bradley, e os ex-celtas Nate Robinson, Kendrick Perkins, Marquis Daniels e Semih Erden frequentaram (ou frequentam) o departamento médico da equipe de Massachusetts pelo menos uma vez durante esta temporada.

Por isso, o técnico Doc Rivers pensa em preservar alguns de seus atletas mais importantes, ao passo que integra os novos jogadores ao esquema do time. Parece até uma decisão clara. Seria, não fosse o Celtics ter desperdiçado a margem de vitórias sobre Chicago Bulls – e até sobre o Miami Heat.

O que Rivers pensa é: vale a pena poupar agora e cobrar mais deles com partidas difíceis nos playoffs, com últimos jogos de séries decisivas fora-de-casa? E o desgaste? E a pressão da torcida adversária? E a lição do ano passado? Se por um lado seria bom dar um descanso pra um Big 4 cansado, envelhecido (apesar de muito talentoso), e até lesionado (caso de Rondo), é certo jogar nas mãos desse time que tem sofrido tanto com altos-e-baixos um jogo 7 decisivo contra o Bulls lá em Illinois? Isso sem contar com as finais…

Em meio a tantas dúvidas, a tantas dificuldades contra equipes muito inferiores, a tantas lesões pendentes e a tanta falta de comprometimento, o técnico – e o torcedor celta – começam a pensar de uma forma um pouco mais pessimista, menos simplista. “Será que dá?”

Dá, se Boston recolocar na sua pauta do dia a mesma palavra usada em tantos anos atrás: ubuntu. Essa palavra do folclore africano, que hoje define uma filosofia, significa “eu sou o que sou devido ao que nós todos somos”. Foi utilizada muitas vezes por Doc Rivers para espalhar entre os jogadores (principalmente na formação do Big 3) o senso de coletividade.

E é isso que tem faltado ao Celtics: con-jun-to. Rajon Rondo, considerado um dos melhores armadores “puros” da liga, esteve irreconhecível desde a troca do seu melhor amigo, Kendrick Perkins. Passes estranhos, turnovers bestas, e muito pouca movimentação de bola nos últimos jogos. Ele tem chutado mais – seria um reflexo desse aumento na individualidade? Pierce tem feito alguns péssimos jogos e outros do nível esperado para o Capitão. KG tem alternado noites boas e noites péssimas, pois está sobrecarregado. E até Ray Allen, focado em trabalho e constância, teve suas falhas durante esses últimos tempos. De novo, passes estranhos, turnovers bestas, e muito pouca movimentação de bola. A equipe tem parecido uma família em plena separação.

Em alguns momentos, questionou-se até a tenacidade do Boston Celtics. O treinador chegou a utilizar a palavra soft num intervalo enquanto falava com seus jogadores. Nenhum deles gostou. Seria um bom indício, caso no jogo seguinte o time também não houvesse entregado mais uma partida que tinha nas mãos. Perdeu o primeiro jogo em casa para um time do Leste na temporada – e logo pro Charlotte Bobcats.

Alguns culpam a defesa, outros o ataque, outros as lesões, e mais outros tantos culpam A Troca… enfim, são muitas as desculpas. O ponto é, como Jeff Clark disse, onde está aquela união, aquela coesão característica do time verde-e-branco? Em inglês (e banto) claro e simples, “where are you, ubuntu?”

E, se me permitem uma última citação do Clark, “Doc Rivers está confuso. Paul Pierce não tem respostas – o mesmo para o resto do ‘time’. Talvez seja até bom, porque agora é hora de calar a boca e jogar”.

Fontes: RealGM, CelticsBlog

Author avatar
Redação Celtics Brasil

14 comentários

  1. Lukinha

    Sera dificil ficarmos em 1°
    :@

  2. Diego

    Porra. Tamo mal demais.
    Vamo joga porrrrrrraaaaaa.
    Raça
    Let’s go Celtics

  3. gustavo stad

    fudeu….adeus banner 18, pelo menos esse ano eu acho q foi pro vinhagre, emocional do time foi lá embaixo depois das mudanças idiotas

  4. Rafael Corrêa

    Vamos superar isso, pelo menos eu ainda acredito que vamos voltar a ser o Boston Celtics e vamos vencer o campeonato. Pensem bem, algumas peças chaves do time vão voltar e são muito importantes principalmente para o garrafão que todos dizem que está um lixo.
    Playoffs surpreendem sempre, eu não duvido que um Denver, por exemplo, chegue na final, tudo pode acontecer, temos experiencia e muita competência pra vencer esse campeonato, só falta o encaixe, a união.

  5. jhordan petter pio

    Prefiro q os Celtics cheguem mordidos nos Play-offs, mais tbm nun pode perder jogo besta, fomos o 1 a temporada toda no final vamo da mole .. ? Essa time nunca foi pipoqueiro .. esse ano acredito mto no 18, se as lesões ñ atacarem .. Let’s Go Celtcs..

  6. Liu

    Excelente Máteria, gostei bastante.
    Acho que Pierce, Allen e Garnett TEM que conversar com o time, talvez junto do Doc Rivers, não sei.
    Mas algo tem de ser feito, e logo.

  7. Lucas Lemuel

    Será os anos 90 mais uma vez se aproximando? Eu espero q não.

  8. Lucas Lemuel

    Espero q 2012 seja um ano de muitas alegrias igual em 2008, pois pra mim esse ano já deu.

  9. alvaro

    por mim descansa os caras e manda ver nos playoffs.
    será q o jogo 7 em los angeles foi tão determinante quanto a falta do perk naquela partida?
    eu acho q não. pra mim esse time é capaz de destruir qq um em qq lugar, deixa os caras descansar neste mês e arrebenta nos playoffs.
    bota os reservas pra jogar mesmo, é bom q eles entrosam e jogam bem os playoffs

    agora no boxscore das partidas presto mais atenção aos minutos jogados do que no placar. faz umas 3 semanas já q os titulares tão jogando menos

    fico na torcida mesmo é pra ter os o’neals jogando tudo nos POs

  10. Ever

    Onde está a união do time???

    Pergunta pro Ainge.

    Principal responsável por essa fase. No dia em que ele fez a troca, nós desmanchamos o time e perdemos o título.

  11. Flávio

    EU AMO O BOSTON, MAS O BOSTON TÁ UMA MERDA ULTIMAMENTE…ESSA É QUE É A REAL…TAVA DANDO UM CACETE NO MINNESOTA…E AGORA TAH EMPATADO ¬¬
    TEM PERDIDO MUITOS JOGOS QUE ESTAVAM NA MÃO…VAI SER FODA PEGAR UM BULLS OU UM ORLANDO…VAI SER FODA…GENTE, PREPAREM-SE, TALVEZ O TITULO 10 NÃO VENHA NESSA TEMPORADA…

  12. Flávio

    TITULO 18, EU QUIS DIZER…

  13. koao celta

    lets go celtics,o time ta morto precisamos da raça e nao de reclamaçoes das trocas,precisamos da explosao do kg,dos tiros do ray ray,da raça do pp34 q sempre aparece nos momentos decisivose dos passes espetaculares de rajon rondo.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.