Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Wizards 118 x 93 Celtics

Defesa desatenta, falhas seguidas nos rebotes, apagão no primeiro quarto e derrota. As primeiras palavras deste texto ilustraram a matéria da partida do Boston Celtics contra o Denver Nuggets, que foi disputada no domingo (6), mas podem ser utilizadas novamente para descrever a atuação celta diante do Washington Wizards, nesta quarta-feira (9), no Verizon Center. Em mais uma noite de pouca inspiração, o Alviverde de Massachusetts foi presa fácil para a equipe da capital dos Estados Unidos, que venceu por 118 a 93, e chegou aos três jogos sem triunfos na temporada 2016/2017 da NBA.

O Washington Wizards precisou de apenas seis minutos de jogo para abrir 20 a 4 no placar e encaminhar a vitória em casa, diante de um Boston Celtics sem inspiração. O primeiro período terminou com um verdadeiro passeio: além de sair derrotado por uma diferença de 26 pontos, o Alviverde anotou apenas oito pontos, sua pior marca em um início de jogo nos últimos 40 anos. No segundo quarto, o Celtics esboçou uma reação e diminuiu um pouco o prejuízo, mas o Wizards soube administrar a folgada liderança no placar nos dois últimos períodos.

A vitória do Washington Wizards foi construída com uma atuação espetacular do jovem ala Otto Porter Jr: autor de 13 pontos no primeiro quarto, Porter encerrou o jogo com 34 pontos, sua melhor marca na carreira, e ainda pegou 14 rebotes, registrando um duplo-duplo. Ídolo da torcida do Wizards, o armador John Wall contribuiu com 19 pontos e sete assistências, enquanto o reserva Trey Burke fez 18 pontos em 17 minutos.

Apagado no primeiro quarto, assim como todo o time do Boston Celtics, o armador Isaiah Thomas cresceu de produção durante a partida, chegou perto de um triplo-duplo, com 23 pontos, 10 assistências e seis rebotes, mas não foi o suficiente para impedir a derrota celta. O ala-armador Avery Bradley manteve a sua regularidade na quadra de ataque, com 21 pontos, e o armador Marcus Smart, com 20 pontos, foi o destaque da rotação verde e branca. Recuperado de lesão no ombro, o ala-pivô Kelly Olynyk foi discreto em sua estreia na temporada, com apenas dois pontos e seis rebotes em 26 minutos.

Dono de uma das piores campanhas neste início de temporada 2016/2017, o Washington Wizards conquistou, diante do Boston Celtics, a sua segunda vitória em sete partidas. Com 28,6% de aproveitamento, a franquia da capital permanece na penúltima posição da Conferência Leste. Já o Celtics, com o terceiro tropeço seguido, caiu para a nona colocação do Leste, tendo apenas três triunfos em sete compromissos e aproveitamento de 42,9%.

Boston Celtics e Washington Wizards voltam a atuar pela temporada 2016/2017 da NBA nesta sexta-feira (11): enquanto o Alviverde de Massachusetts recebe o rival New York Knicks às 22h30 (horário de Brasília), no TD Garden, o Wizards joga novamente em seu Verizon Center, desta vez contra o atual campeão Cleveland Cavaliers.

Destaques do Wizards

Otto Porter Jr (34 pontos e 14 rebotes / duplo-duplo)

John Wall (19 pontos e sete assistências)

Trey Burke (18 pontos e duas assistências)

Destaques do Celtics

Isaiah Thomas (23 pontos, 10 assistências e seis rebotes / duplo-duplo)

Avery Bradley (21 pontos e três rebotes)

Marcus Smart (20 pontos e três rebotes)

Author avatar
Gustavo Arruda
Gustavo, 28 anos, é maranhense de São Luís, jornalista formado pela UFMA e repórter do Imirante.com. Fanático por esportes, principalmente futebol e basquete, é torcedor celta desde 2003, quando ouviu pela primeira vez o TD Garden lotado entoando "Let's go, Celtics!", e escreve no Celtics Brasil desde julho de 2011, com mais de 1.700 textos publicados. Nas horas vagas, é goleiro, armador, tio do João Gabriel e da Alice, e também dá seus pitacos sobre o maior campeão da NBA no Twitter: @gustavoarruda01.

17 comentários

  1. Pra se ter uma idéia de quão “atlético” é o time sem o Crowder, o Thomas liderou o time em rebotes ontem.
    Cara, como um cara que tem a minha altura pode pegar mais rebotes que o Jhonson, KO, Mickey, Zeller, etc?
    Está lamentável o aspecto do time nesse quesito, muito lamentável mesmo.
    Eu não vou nem falar das infiltrações, porque isso é muito claro que só o Thomas consegue fazer.

    Sobre os novatos: menino Brown tem sentido a pressão nos dois últimos jogos, enquanto o Smart está mantendo a cabeça no lugar (falta arrumar a parte física e técnica).

    O Brad está sem alternativas, olha para o banco e vê Jerebko, Rozier e James Young… É de partir o coração.

    []s verdes

  2. Guilherme Varella

    Volta logo Horford!!

  3. Ranieri

    Lamentável

    o quesito rebote esta lamentável, como é que pode perder 54 a 31 nos rebotes e ainda ter no Isaiah o melhor reboteiro, não tem como, queria ver agora quem falava que Keneth Faried não era uma boa pra o celtics, ou ainda acham que só o Al Horford vai fazer toda essa diferença. Faried ta com médias de quase 9 rebote por jogo em apenas 22 minutos, Amir até que ta com uma média boa mas não é dominante, então não aparece tanto

  4. PHABIO PASSOS

    POIS, TODOS TEM RAZAO, E CONCORDO COM VC MARCELO, ESSE TIME ESTA SEM VONTADE E SEM GANA,PIOR QUE O TIME QUE FIZEMOS NO TANK A 2 ANO ATRAS,DEIXOU O TURNER EMBORA,E PAGA 15 MIL JONHOSON QUE MARCA E NAO ATACA,ESSE TIME PIOR QUE DOS ANOS 90 QUANDO ASSISTIA PELA BAND,PELO OS CARA DA EPOCA TINHA VONTADE DE JOGAR E TINHA HONRA DE JOGAR PELA CAMISA, TEM MUITO JOGADOR MERCENARIO NA NBA,PEDE 15 MIL E NAO TEM BASQUETE PRA GANHA ISSO,OS TREINADORES JA SABE COMO JOGA O CELTICS, O BRAD TEM QUE ACORDA, ESSE ESQUEMA ESTA SENDO MARCADO,SO QUE CHUTA DE 3, NAO TEM INFILTRAÇAO E QUANDO INFILTRA QUE VOLTA A BOLA PRA CHUTA DE 3….. ONDE DEU PRA VER ACARA DE THOMAS E BRADLEY FAZ TUDO E SE MATANDO, EU FOSSE ELE PEDIA PRA SER TROCADOS PRA NAO PASSAR VERGONHA, JOGAR E OS CARA ENTREGAR NA DEFESA….TA DOSSE…

  5. PHABIO PASSOS

    SE JOGAR ESSE JOGUEI VAI PASSAR MAIOR VERGONHA SEXTA EM BOSTON,VAI TOMA MAIS DE 40 DE NEW YORK,SERA QUE VAMOS PASSAR POR ESSA VERGONHA, SERA QUE TA VIRANDO O BRASIL, PRECISA DE UM 7X 1,TA DIFICIL ASSISTIR JOGO DO CELTICS,,,,,

  6. Se é para ter um Ala pivô como Amir que não pega rebote, não ataque e nem vem sendo um protetor de aro decente, que foi o motivo de sua contratação a época, vamos atrás de alguém que seja pelo menos bom reboteiro e brigador dentro do garrafão, pois até Al Horford com seu jogo de Ala pivô que só quer espaçar a quadra sem fazer o papel de Pivôzão.

    Assim iremos perder de todos no quesito rebote, o que sempre irá permitir a segunda chance ao adversário e raras chances para nosso time, como se não fosse necessário para os nossos grandes arremessadores(Smart, Jerebko, Green, Al Horford), tá tenso assistir os jogos, até a defesa de perímetro está deprimente.

    Bem que poderíamos fazer uma movimentação sem tanta badalação para melhorar a posição 4, tipo: Ed davis, Heneth Faried, Alex Len, Greg Monroe…

  7. drakes

    Tirei o dado de um blog americano, mas:

    Celtics defense at a top-6 level w/ Al Horford (99.7 DefRtg) + a by-far-last-in-the-league level w/o him (114.9). They’re fine if he’s fine.

    É assustador, não tem reposição no time caso falte o Horford, pode até dizer que a amostra é pequena, mas quem viu em quadra o time tá realmente de cabelo em pé.

    Eu me lembro que ano passado quando começou mal, 3v e 4d teve até um artigo sobre se deveria tankar, mas esse ano tá bem feio.se eu entendi direito o protocolo de concussão, ele está parado até não sentir nada, ou seja, vai voltar fora de forma, quer dizer não vai voltar a rating de eficiência top 6 tão cedo.

    Sobre uma troca e perder a flexibilidade, antes eu era contra, afinal indo aos playoffs, existe melhor chance de conseguir qualidade na FA, mas jogando desse jeito sem chances, o melhor é fazer uma troca já e tentar um jogador melhorzinho pelo que sobrar de cap ou tenta uma troca a lá gsw com dallas para aceitar um jogador ainda envia pick segundo rodada, até por que vamos ser honestos, o celtics já tem muito jovem desenvolvendo, a média ali deve ser menos de 24 anos e tende a cair, via que três veteranos são os mais contestados: Zeller, Amir, e Jerebko, só o Young é abaixo da média em idade.

  8. Lucas Oliveira

    Aí é que está o ponto… Não adianta esperar alguma coisa do Zeller e do Jerebko, boas partidas são circunstanciais e não há margem de crescimento para eles.

    O caso do Amir é um pouco diferente… O Amir é jogador de rotação, ele surgiu assim e deveria ter continuado assim. O Celtics tentou coloca-lo na primeira linha e isto é um erro, ele não é dominante o suficiente e não tem stamina para isso, embora seja um jogador razoável (nem mais como se esperava, nem menos como estão colocando).

    Olynyk não deve ser julgado por esse jogo e nem pelos próximos 2 ou 3, ele sequer teve pré-temporada (não quero proteger, mas esculachem ele daqui a uns jogos quando dor, falta de confiança, ritmo e entrosamento não puderem ser usados mais como desculpa).

    Pior que tem torcedor que insiste em dizer que o que nós precisamos é de alguém na 3…

  9. Uma coisa me causou certo espanto, estava conferindo os dados do time do Celtics nessa temporada e para minha surpresa, o time possui o 2º melhor FG% até o momento, com 48%, atrás apenas do GSW, que tem 49,7%, além disso estamos em 5º no 3P% mesmo sendo o 7º time que mais arremessa de 3 pontos, e de forma paradoxal, somos o 26º em questão de acerto de lances livres(FT%), com apenas 71,6%.

    O aumento desses percentuais de arremessos do perímetro muito se deve ao Amir (62,5% 3PT, que arremessa pouco, e teve aquele jogo aberração dele), Crowder (47,4% 3PT) e Bradley (44,2% 3PT, que está indo muito bem, tirando o momento que estava jogando na marra, por conta do ombro). Estamos bem nos 3PT%, no entanto, na contramão, estamos amassando o aro no Lance Livre.

    Não estou analisando bem o jogo do Bradley, se ele está com a mesma tenacidade na defesa, pois visto que está se esforçando tanto na frente ele pode acabar negligenciando na defesa e não se desgatando tanto lá.

  10. Só outra observação, os que mais arremessam de 3PT no nosso time são Isaiah(29,5%), Smart(36,0%) e Bradley(44,2%) com cerca de 6 arremessos por jogo.

  11. Deveria ter um modo de editar o que escrevemos aqui rsrs.

    Agora encerro, eu acho, o time do celtics é o 30º no quesito rebotes e 29º em roubo de bola, uma pena, temporada passada fomos mt bem nisso, mostra o quanto nossa defesa está soft.

    • Lucas Oliveira

      Boa Patrick, dados muito interessantes de fato.
      Por isso que eu gosto de ler os comentários da galera, sempre saio melhor informado e com opiniões mais claras.

      Quanto ao Bradley, tenho me perguntado sobre isso. Vi ele marcando quadra inteira nos dois jogos quando a coisa tava desandando, sei que ele é excelente, porém não está funcionando. Smart idem e o IT melhorou muito sua defesa e está com bons números… Eu tenho um palpite, levando em conta os jogos dos offs contra o Atlanta. A necessidade de cobrir a 3 (Brown não ta tendo tempo adequado de quadra e precisa de tempo entender a intensidade certa para parar e parar sem fazer falta) 4 e 5 (que só tem múmia), faz com que eles não consigam marcar ninguém adequadamente.

      Os offs contra o Atlanta foram jogos muito parecidos, mas no caso perdemos o Bradley e o Crowder estava mal, jogando ainda com dores de uma contusão.

  12. 80% dos nossos arremesssos de 3PT do celtics são de apenas de 04 jogadores: Smart, Isaiah e Bradley com cerca de 6,2 arremessos por jogo + Crowder com 4,8 arremessos por jogo.

    Destes 80% de arremessos de 3PTs temos um acerto de 39,27%, o que não é tão ruim visto que fomos péssimos ano passado (33%), apenas Olynyk(40,5%) superou os 40% de 3PT na temporada passada.

    Analisando o fato que Isaiah só tá soltando tijolo com míseros 29,5% 3PT, visto que a média de carreira dele é de 36%, acho que iremos melhorar ainda mais esse percentual do time, pois isaiah (e Bradley, apenas) praticamente colocou a bola nos braços e vem pontuando sozinho, forçando muitos arremessos, quando crowder e Al Horford voltarem, é provável diminuir as atenções no nosso baixinho, o que consequentemente aumentará o percentual de 3PT dele.

  13. Fernando C Silva

    Mais alguns jogos e nossa defesa vai melhorar.

    Os atletas são praticamente os mesmos. Certamente não esqueceram como defender.

    A situação é passageira

  14. Sander

    E ai galera, blz???

    Eu não queria entrar na discussão, mas não aguento ver o Jerebko e o Zeller jogar.
    Sem mais.

  15. Jota Boy

    Me criticaram, quando eu falei mal dos contratos do Zeller e do Jerebeko, o banco do Celtics esta uma bost*.

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.