Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Ainge está animado com a esolha Celta do Draft

O Celtics conseguiu a sexta posição do Draft 2014 no sorteio da loteria na noite desta terça- feira (20/05), em Nova York. O time ainda tem direito à décima sétima escolha do primeiro round, e o GM celta, Danny Ainge, está animado com as escolhas.

O time de Boston tem diversas opções sobre o que fazer nesse processo de renovação pelo qual o time passa, e Ainge falou sobre isso na noite desta terça-feira.

”É um momento empolgante do ano. É um momento empolgante para a nossa franquia. Nós podemos utilizar as duas escolhas e acrescentar dois jovens talentos ao nosso elenco, ou podemos fazer algum negócio maior, para acelerar nosso processo de renovação”.

Ainge, que está em Los Angeles vendo os atletas inscritos no Draft treinar, terminou dizendo: ” Eu acho que tudo é possível. O próximo mês será bem interessante”.

O co-proprietário Celta, Steve Pagliuca, também demonstrou bastante empolgação acerca da situação da franquia.Pagliuca, que representou o time de Boston na noite do draft, acredita que o time terá dois bons atletas se optar por utilizar as escolhas de que dispõe.

”Se você olhar os atletas disponíveis para o draft, esse draft é o melhor que eu já vi. Nós temos especialistas nesta área, e eles estão bastante empolgados acerca dos jogadores que podemos conseguir com escolhas como a 17a”, disse Pagliuca.

O co-proprietário da franquia também indicou que Ainge e sua equipe estão mais empolgados do que realmente demonstram publicamente.

“Nossos caras estão mais empolgados com esse draft do que com qualquer outro desde que estou aqui”, revelou Pagliuca, que está na franquia desde 2002.

Ainge também não descartou a possibilidade de uma troca envolvendo as escolhas do draft, como foi feito em 2007 para conseguir que Ray Allen fosse pra Boston. O GM celta deixou claro que analisará toda e qualquer possibilidade de ação disponível com as escolhas no draft, inclusive tentar uma escolha mais alta, ou até mais baixa no draft, envolvendo uma cabível troca.

”Eu realmente acho possível uma subida no draft. Descer no draft também é uma possibilidade, assim como trocar as duas escolhas, ou usar ambas. Nós vamos analisar todas as possibilidades”. No caso de utilizar as duas escolhas, Ainge voltou a ressaltar a qualidade dos jogadores no draft: ” Eu creio que é possível  recrutar um jogador capaz de já começar jogando na NBA, sendo importante em um time vencedor. Teremos jogadores muito bons disponíveis em nossas escolhas”.

Novamente, o destino celta está nas mãos de Ainge, que sempre foi bem nos drafts, e sempre controverso nas trocas. Resta a nós, torcedores celtas, esperar e torcer.

Via Real GM

Author avatar
Redação Celtics Brasil

45 comentários

  1. Vittos

    Vonleh!!!
    Se conseguisse umas trocas pra subir a 17a e ficar com Vonleh e McDermott seria perfeito.

  2. Jota

    Por favor, que seja o Gordon na pick 6#

    Poderia fazer um trato com os Kings ou os Hornets para descer a pick 6 trocando com eles + um jogador e draftar o Gordon na pick 8# ou 9#. Seria perfeito demais.

    E outra coisa: se todo mundo tá falando, e eles mesmo falaram nessa matéria, que esse é o melhor draft e que estão mais animados que 2002 não tem sentido nenhum trocar, principalmente a pick 6#, por um jogador como o Kevin Love. Ainda mais se desfazendo de metade do time + picks para isso. Acho absurdo essa ideia de dar Sullinger, Green, pick 6#, Bass e quanto mais já especularam só pelo Love. Que loucura.

    O ideal seria conseguir envolver picks futuras – que não desse draft + jogadores já experientes para trazer alguém (Leia-se Bass, Green, Wallace, Bogan, Bradley e etc.) E não dar o Sullinger em um pacotão assim. Muito menos se desfazer dessa pick 6#

    Até porque esse trecho: “Se você olhar os atletas disponíveis para o draft, esse draft é o melhor que eu já vi.”
    E esse: “Nossos caras estão mais empolgados com esse draft do que com qualquer outro desde que estou aqui”

    Dá a entender que não farão a troca dessas picks por ninguém.
    Porque não faz sentido nenhum, ao meu ver.

    E não custa falar: Vem Gordon na pick 6#

    • sebas1606s

      Mas eles deixaram aberta a possibilidade de trocar pra subir ou descer.Acho que vai depender do quanto as outras equipes tem a oferecer pelo Love.Se não conseguirem oferecer muito acho que dá pra conseguir uma barganha por ele.Caso contrário,acho que o Ainge pula fora e mantém as picks de primeira rodada.

      E claro,tenho a sensação que precisaríamos trazer mais um jogador de bom nível,lembrando o que foi feito em 2007.O KG só topou vir porque trouxemos também o Ray Allen.

      Outra coisa também,se não conseguirmos montar um novo big-3 ou coisa parecida e não acelerar o Rebuild,acho que seria melhor trocar logo o Rondo.Afinal não é bom manter o melhor jogador do time em fim de contrato num time que não vai a pós-temporada.Melhor trocar logo e acumular ativos em picks,jovens jogadores e Cap.

      • Jota

        Não sou contra o Love, muito pelo contrário. Se quiser trocar a first pick por ele + jogadores, tudo bem. Talvez valha a pena. Mas colocar todos os bons valores do time (De médio pra bom, ok) como Green, Bass, Sullinger, Pick6# e tudo mais? Acho loucura.

        Há outras formas de se negociar e o Ainge já nos mostrou isso. Dá para acumular bons valores jovens e ir ao mercado de F.A por picks futuras. Porque, como eu disse e a matéria também: esse é um dos melhores dfrats dos últimos 10 anos, provavelmente. Entende onde eu quero chegar?

        O nosso time de 2008 nos deu muitas alegrias, mas foi provado que foi um time para 1 no máximo 2 anos de basquete em alto nível, e deu no que deu. Todo mundo começou a se arrastar em quadra nos últimos anos.

        É uma decisão e tanto que o Ainge vai tomar, mas é preciso pensar a longo prazo também. Esse draft tem tudo para nos abastecer. Sabendo draftar bem e trazer as peças certas de F.A já vai ser ótimo.

        • Marcos

          “De médio pra bom” só dá para tirar o Rondo, Sully e Green… Com piedade brasileira incluir o Olynyk…

          O resto do time é MUITO fraco para a NBA…

          Acho que poderia ser feito um negócio envolendo duas PICKS futuras (Clippers 2015+Nossa 2016) somadas a B Bass e Bogans porque o T’Wolves devem vir para tank máximo na próxima season….

          Ainge despensa a barca toda: Bradley, Kardasha… Sem dó…

          []s verdes

          • Jota

            Concordo PLENAMENTE. Fui bem educado com “medio para bom” e quis dizer Green, Sully e até o Bayless ou Pressey. E também o cabeleira. Gosto do Bradley, mas ele pode ser um bom peso para futuras trocas.

            E sobre picks FUTURAS, eu sou de total acordo para colocar logo em jogo para contratar F.A.

            O pessoal foca muito no “all-star”, daí quando vêm nome do Kevin Love pira. Mas tem muito bons jogadores de F.A que podem facilmente ser all-star e podem, também, vir para o Celtics de forma mais fácil que o Love, e pode ser tão bom quanto. O principal deles para mim é o Monroe, que se encaixaria muito bem no celtics.

            Mas tem outros nomes como:
            Eric Bledsoe, Greg Monroe, Gordon Hayward. Luol Deng, Rudy Gay, Zach Randolph, Trevor Ariza, Gortat e tantos outros agora que me fugem a memória.

            Só saber ir no mercado e não comprometer a pick6# desse excelente draft.

  3. PHABIO PASSOS

    bem, falando no draft, falaram que o lakers saíram prejudicados, o que me diz, do Portland, que nao vai draftar, o que houve , pq nao vao draftar?? e ainda bem que vamos e temos duas escolhas entre os 20…

  4. promentory

    expectativa monstro… pqp

  5. Jota

    Até porque, eu não sei vocês… Mas eu prefiro ter um time que pegue playoffs agora não tão bem, mas que seja bastante brigador daqui pra frente do que um time limitado com jogadores que vão se arrastar daqui há 2 anos.

    É melhor ter uma ótima base com jogadores promissores.

    Imagino esse time:

    Rondo – Bayless
    Bradley – Stauskas
    Green – F.A
    Sullinger – Gordon
    Monroe – Gortat

    Fazendo trocas com os outros lixos do elenco e dando picks futuras, sem nos comprometer muito.

    Esse time chega nos playoffs com pé nas costas. Para brigar pela final da conferência em 2 anos no máximo e depois disso é contender com certeza.

    Stevens sabe lhe dar com jovens. Eu imagino esse time na mão dele virando contender fácil, mas pra dominar mesmo. Nível de Spurs e Heat.

    Dá para fazer isso sem precisar comprometer nosso futuro dando todos nossos jogadores por um.

  6. Walisson

    Sabendo escolher (e o Ainge sabe) dá pra sair com dois ótimos jogadores desse draft sim!! Perdemos a loteria, mas ainda estamos em uma posição ótima, com duas escolhas!

  7. sebas1606s

    Jota e Marcos.

    Creio que o time 2008 nos deu muita alegria,foram 2 finais de NBA e um título e poderia ter sido muito melhor se não fosse os problemas de lesão do KG em 2009 na hora H e a troca fora de hora do Perkins em 2011.E ainda batemos de frente com o Heat em 2012 com um time remendado.

    E isso porque nosso big 3 era formado por veteranos.No caso de um novo time nesse formato,teríamos um time mais jovem que aquele.Rondo tem 28 anos e Love tem 25 só pra começar.

    E sobre nossos bons valores é ai que eu vejo a vinda de algum All Star como o Kevin Love.Jeff Gree e Brandon Bass são bons jogadores e podem dar excelente role players em um time forte,mas não são jogadores capazes de mudar uma equipe,de elevar o patamar dela.

    São jogadores que dependem de muitos minutos em quadra para conseguir bons números e também da ajuda de outros jogadores.Sem contar que num dia ruim(que pra eles acontecem com certa frequência) eles são completamente nulos.

    Diferente de um jogador All Star como o Love que mesmo num dia ruim pode conseguir uma penca de rebotes,cavar faltas e pontos em momentos difíceis além de precisarem de gente mais graúda pra marcá-lo.

    E chegamos num ponto que com tantas picks e trade excepetions (que se eu não me engano tem validade),que precisamos de trocas.Afinal,com mais de 12,13 picks pros próximos 4 ou 5 anos e os jogadores do atual elenco não teríamos como manter tudo isso no elenco.Alguns terão que rodar.E temos que aproveitar enquanto os jogadores do atual elenco tem algum valor pra trazer jogadores realmente capazes de nos tornar um contender novamente.

    O draft desse ano é muito rico,temos 2 escolhas de primeira rodada e temos que aproveitar esse valor,seja draftando ou trocando.

    • Marcos

      Fala sebas, blz?

      Cara, poderíamos ter tido mais alegrias se Perkins ficasse e mais ainda se o Judas Allen (sim, ele que garantiu o título do Heat contra o Spurs no jogo 6) não tivesse ficado magoado pela escolha estúpida do Rivers de substituí-lo pelo horroroso do Bradley… O time foi montado para dinastia de 5 anos e valeu muito a pena.

      Enfim, Ainge é um verdadeiro Celta e as decisões dele podem ser questionáveis as vezes, porém ele sempre pensou e prezou pelo bem da franquia… #InAingeWeTrust

      Eu não sei, mas ainda acho que devemos demorar mais uma season para termos um time para contender…

      O futuro com picks é promissor, mas podem acontecer várias ciladas:

      1) K Love: A cilada está em pagarmos uma fortuna em picks + jogadores. Ele vem joga uma season e vaza. Viraremos motivo de piada como os Lakers com o Howard? Nível de alerta: VERMELHO – P.S.: Gostaria de ver o Love nos C’s

      2) R Rondo: Acho, junto com o Parker, o melhor PG da Liga (Para mim PG tem que ter média de 2 dígitos em assistências de média e culhões ser ‘clutch’ e gás no fim dos jogos). Onde está a cilada? O Ainge não monta um time decente, na temporada ele se desentende com o Stevens e vai embora na faixa na FA. Nível de alerta: AMARELO.

      Ou seja, embora tenhamos muitos recursos trazidos como último esforço de PP34 e KG5, podemos estrepar tudo se não tivermos (o Ainge, nós so torcemos rsrsrs) bastante frieza…

      []s verdes

  8. PHABIO PASSOS

    Pra mim jogadores que podemos fazer negocios: green, bass, pressey,antony,bogans,babb e se precisa aumentar temos bradley e wallace…pois, sao quase 8 jogadores que pode se negociar,temos que tentar negociar…pois dois jogadores que chegaram ano passado e se comportou bem no time e foram uteis, o johnson e baylles….bem as cartas estao na mesa pra negociar….

  9. Danilo Jeolás

    Continuo crendo em novo ano de tank. Acho complicado montarmos um time para título, enquanto nosso CAP for mordido pelos R$ 19,3 MI de GWall e Green.

    E Love deu mostras de que vai escolher um time que lhe propicie playoffs de imediato, o que talvez não seja nosso caso, até pelo desmonte necessário para trazê-lo. E cumpre dizer que o jogador não levou os Wolves aos playoffs em nenhuma temporada, precisa provar que não é um caçador de estatísticas. Muito arriscado desmontarmos todo o elenco e/ou abrir mão de picks presentes e/ou futuras por ele.

    Quanto ao draft, a escolha #6 será um destes cinco: Exum, Smart, Vonleh, Randle ou Gordon. Meu palpite é Smart (caso o Magic não o selecione), já que Exum aparece até a #5 em todos os mocks. Tenho muito medo do Randle, acho um potencial bust.

    Trocar as escolhas para ter melhor pick é possível. Orlando por exemplo, fatalmente aceitaria a #6 e a #17 na #4, a questão é saber se valeria a pena. Nossa escolha #17 pode nos dar um bom valor, ainda que entenda que Ainge está ávido pelo Stauskas. Mesmo assim, temos Grant, Warren, Early, Nurkic, Napier (se não draftarmos armador na #6), talvez Anderson ou LaVine.

    Leque de opções enorme. Mas não me iludo, na troca com os Nets, Ainge pavimentou uma reconstrução bienal ou quem sabe até trienal. Sou absurdamente contra entregar temporadas, mas já estou me conformando.

    • Marcos

      Concordo com você Danilo sobre o tank,

      Nesse caso: Cilada do Love como já citei acima do trade + vazar na FA.

      Poderia, isso afinal é um esporte coletivo, que o Stevens conseguisse uma boa quimíca do time com a pré-temporada, fazendo até o GWall se encaixar bem vindo do banco (não vamos conseguir trocá-lo, ninguém vai querer esse cara).

      Cenário realista 1: Dispensar a barca de inúteis, contratar o Bledsoe e Varejão na FA e usar as picks:
      Rondo, Bledsoe, Green, Sully, Varejão
      Pressey, #17, GWall, #6, Olynyk, Bass
      -> Não íamos passar tanta vergonha como esse ano, essa formação é bem parecida com a do Wizards com um PG de verdade e se der quimíca saem coisas boas…

      No final do ano expira Bass e GWall e Rondo deve exigir max contract… Teremos mais duas first-round e time será muito jovem

      Se o Orlando topasse #6 + #17 pela #4 talvez o Embiid sobrevivesse já que 76rs e Bucks não devem querer pivôs…

      Cenário otimista 2:
      Rondo-Bledsoe-Green-Sully-Embiid
      Pressey-Bayless (min contract)-GWall-Olynyk-Bass

      No caso de fazer o trade+sign do Love teremos o cenário MT otimista:
      Rondo-Bledsoe-Green-Love-Monroe
      Pressey-Bayless-GWall-Sully-Olynyk
      Onde gastam-se as picks e o time deve ficar na luxury tax…

      Cenário 4: Mundo de faz-de-conta: Tudo dá certo e o Ainge vira um mágico
      Rondo-Bledsoe-Pierce (min con)-Love-Embiid
      Pressey-Bayless-#17-Sully-Olynyk-Monroe
      Abaixo da luxury tax…

      O cenário 1 é possível se os contatos forem bem feitos e é o que envolve menos riscos, deixando espaço para tudo no próximo ano…

      []s verdes

      • drakes

        Acredito que a chance do Embiid de cair é quase nula da primeira posição, mesmo com o empresário proibindo ele de fazer exames médicos para Cavs e Bucks.

        Tanto o “combine” de Santa Barbara reforça o “status” pelos twittes da imprensa, como a matéria da Grantland do Ryen Russillo.

        Realisticamente o time coletivamente é muito ruim, tem muitos buracos com redundância de qualidade e altura, Só tem um ala/armador 6-6 (C. Johnson), um único big 6:11 (faverani), qualidade nem vou citar que já começa a tornar lamuria.

        Eu espero que não tenha outro tank pelo menos tenhamos com reconstrução, se fizer troca é aumentar a flexibilidade do cap e não mais escolhas de segunda rodada.

        É difícil ver coletivamente algo de bom em qualquer setor defesa, e ataque . Nem dá para culpar o técnico por que o time vinha evoluindo até as trocas.

        Pela campanha da segunda parte da temporada, eu não sou muito animado de chances de playoffs, só se ocorrer duas a três trocas muito boas.

      • Danilo Jeolás

        Os cenários propostos säo bons. Mas GWall näo expira no final do ano.

        Embiid será a escolha dos Cavs, caso eles näo negociem a pick. Eu iria atrás do Hawes na Free Agency.

        • Marcos

          Não sei, acho que o Cavs vai pegar o Wiggins…

          Andei vendo os highlights e %s dos indicados… O Gordon tem o estilo B Griffin, mas acho que não é o que necessitamos agora… Alguém aí viu os %s assombrossos do McDermott? E a facilidade que o garoto tem no ataque com pouquissímos turnovers?

          Entre o Vonleh e o Gordon eu preferiria aposta no Doug McBuckett…

          []s verdes

    • Vittos

      Eu acredito que existe a possibilidade de novo tank sim, depende de como vai ficar a movimentação na FA. Não vejo nenhuma chance de Love vir agora, não sei porque falam tanto nisso, mais fácil pegar James que vai pra FA do que o Love.
      Hawes, Monroe, Pierce e Hayward são boas e possíveis opções na FA.
      Rondo-Exum-Hayward-Sully-Monroe
      Pressey-17a Pick-Pierce/Gwall/Green-Olynyk/Bass-Colton
      ou
      Rondo-Bradley-Green-Sully-Monroe
      Pressey-????-Gwall/Pierce/McDermott-Olynyk/Vonleh-Colton

      Duas possibilidades com alguma hipótese, mas não fáceis e que seriam razoáveis. Bradley, Bass e Green provavelmente serão trocados, senão todos, pelo menos algum.

  10. Mazinho

    Eu acho que o Love é uma realidade enquanto o que vem do Draft é uma aposta, podendo ou não dar certo. Vejo muito aqui as pessoas falando em só draftar e construir um time com novatos, mas nem todo jogador vinga, nem todo primeiro pick virou um All-Star.
    Como o destino não está em nossas mãos, vamos esperar.

  11. Rodrigo

    Pelo perfil dos contratos e os planos e escolhas acumuladas pelo Ainge, 2015 é TANK de novo. Ele faria o time entrar nessa temporada com o CAP vazio, com bons jovens valores e aí sim, partir para o All in.
    Galera, ano que vem ainda é complicado. Não da pra boyar nenhuma ficha em POs ou coisa parecida.

    Sejamos realistas, é o que tem. E faz bem o Ainge. Ta pensando num time dominante em 2015/16. E um time jovem, com espaço para trazer bons FA.

    Outra: tenho certeza que Ainge negociará o Rondo. Não tem pq manter um cara que vai vazar ano que vem.

    Vamoa esperar.

  12. Oberdan Gonzalez

    Fiquem de olho no Cleanthony Early. Acho esse cara um jogador subestimado.

    Ps – Ainda não tenho opinião sobre o Gordon( All Star or Bust ?)

    • Danilo Jeolás

      Early é muito bom e foi o mais bem projetado no Combine, tirando a turma do Top10. Ainge já o vem observando sim.

      Wichita só perdeu um jogo em toda a NCAA. O que pesa contra ele é ser Senior, o que sempre induz a acharem que se preservou anteriormente.

      Mas na #17 valeria muito a pena sim.

  13. Rondo

    Eu quero a opinião dos amigos celtas, pq na 17 não pegamos o Napier? O cara ja falou q gostaria de jogar no celtics, foi campeão e jogando muito, pq n draftamos ele?

    • promentory

      concordo com vc

    • Vittos

      Eu não sei se draftar um PG seria jogo, gosto do Pressey de reserva. Eu sonho com algumas trocas que nos façam pegar McDermott com essa segunda escolha, subir no draft com ela e com a 6 pegar Vonleh.
      E assim, só uma observação desnecessária: 76ers tem 5 escolhas de segundo Round, acho que tem que ter muita criatividade pra draftar 7 jogadores, eles poderiam mandar a 3 pra Boston pra se livrar de uma.

      • luiz eduardo

        nós temos que pegar é um SG, chega de PF, o McD é muito bom, mas é muito “molão”, nao da pra jogar na 3. entao o meu preferido seria o staukas, que vai suprir o bradley no ataque

        • Vittos

          É, assim, Exum pra mim seria o melhor, mas não sei se ele dura até a 6. Concordo que precisamos de um SG, principalmente de Bradley ficar de viadagenzinha de querer renovar por muito. Por mim ele vaza, se rolasse Exum Bradley pode meter o pé.

          • Marcos

            Se fosse o Smart ou Staukas tb poderia meter o pé… Será mesmo que o McDermott não pode jogar de SF?

          • luiz eduardo

            mas o exum é PG nao ?! mas ele é muito alto então quem sabe pode migrar pra posição 2

          • drakes

            Eu não fixaria muito em posições Exum, McDermott, Kyre Anderson vão jogar onde os times considerarem a melhor posição para NBA.

            Ele, Exum quer ser armador, mas olhando só o Magic, Lakers, pensando do 3 ao 7. Na 2, pensando no resultado do “combine”, ele pode ter problemas de explosão, é algo que vai ter que ser trabalhado já que ele é novo, mas o melhor seria jogar em um esquema de dois armadores estilo: Phoenix.

            O McDermott é 3, tem corpo, agilidade (ele não se saiu mal no combine) etc, a taxa dele de roubo e tocos faz pensar que ele não será um defensor forte. Ele parece que será sempre um defensor de equipe, isso analisando os jogos dele, ele é bom por ter um excelente posicionamento.

            Sempre coloco no condicional. quando se falamos em perceptiva. tirando os seniors que você tem uma verdadeira progressão deles, o resto você tira por uma projeção que pode não ser real, posso exemplificar encima do Smart, ano passado dizia-se um rondo melhorado, grande defesa, visão, jumper etc, esse ano já se fala de defeitos que existiam ano passado, como a mecânica é boa, mas a seleção é terrível.

            E qualquer jogador vai depender muito do time e química dele e não adianta pensar que ele vai trazer sozinho 17 vitórias para o time.

          • Vittos

            Exum pra mim jogaria na 2 fácil, tem tamanho pra isso, mas não acredito que o Magic o deixe passar, Exum e Oladipo vai formar uma dupla boa de se ver.
            Tava lendo não me lembro aonde, acho que no HoopsHype que draftar Smart pode significar troca do Rondo. Eu particularmente não vi o Smart jogar, por isso nem comento sobre.
            Mas o Rondo sair, por mim nunca, e acho que realmente ele não sai de Boston, manter pelo menos um AllStar é fundamental pra crescer os caras novos.

        • Oberdan Gonzalez

          Concordo em 100%. Se não rolar o Staukas o La Vine tá de bom tamanho também.

  14. Fernando C S

    Minhas percepções: se o Ainge não montar um time contender para a próxima season, vai sim negociar o Rondo. Acredito na preferênciar por draftar Center ou usar a pick com a finalidade de contratar um.

  15. RONDO09

    Galera esqueçam que Rondo será trocado…. Um dos grandes problemas pra se trazer KG, por ex, foi a falta de atrativos que Boston tem…..
    É gelado pra caralhoooo por lá, e n eh o centro do mundo como NY, e isso afasta muitooo jogador

    Rondo e Brad são os únicos atrativos que temos, se perdermos Rondo fica muitooo difícil trazer um all star

    Pra galera que diz n valer a pena sacrificar um pouco pelo Love, creio que seja válido… Estamos falando de um kr com 25 anos…

    O time de KG tinha prazo de validade pq ele chegou em Boston com 30 ou 31 anos, agora love chegará com 25 anos….
    Agora Ainge n eh amador de trazer um kr sabendo que ele n vai renovar pra próxima season… Creio que isso n ocorrerá pois Love já disse que quer um time que lhe proporcione oportunidade de ganhar um anel, mesmo que isso n ocorra imediatamente.

    • Marcos

      Faltou falar do altíssimo PIB per capita de Boston, das melhores universidades do planeta Terra, e do excelente nível de qualidade de vida… hehehe

      Obviamente que isso são detalhes, o importante mesmo é pegar as Kardashians e aparecer no jornalecos…

      Questão de personalidade do jogador e acho que isso vale muito (felizmente) para os C’s…

      Sobre o cara assinar a renovação é complicado… O DH12 não foi o primeiro e não seria o último a exigir uma trade SEM renovação para FA…

      []s verdes
      P.S.: Acho que o Love já jogou em Boston um tempo no amador… Li isso em algum lugar

  16. Léo Grochoski

    pra Boston seria excelente a vinda do love, dois all-stars um sendo um grande armador com media facil de 11+ass e um Ala pivô com média facil de 11+ reb, nós só não teríamos um grande cestinha que acreditávamos que poderia ser o Green, mas esses dois juntos podem atrair um Melo da vida ou outro, o Rudy Gay é um bom scorer falam mal dele por ele só pontuar mais em nosso caso seria exatamente o que queremos e precisamos dele. teríamos tres jogadores jovens e com talento sem falar dos outros jovens que temos no elenco.

  17. Bruno Ferronato

    Existe também a questão dos outros times da cidade/região (Patriots / Red Sox / Bruins) sempre darem um jeito de estar por cima, enquanto que o Celtics seria o único fazendo campanha pífia.
    Isso foi levantado pelo Boston Globe, e de certa forma ajuda criar uma certa pressão no Ainge.
    O mesmo jornal defendeu inclusive que o Celtics deveria ir com tudo pra cima do Love ou algum outro allstar.

  18. Fernando C S

    Eu sou favorável a ALGUM sacrifício pelo Love. Mas devemos ter cuidado com o que propor. Bass + Bogans + Faverani + Humphries + 1 first pick, ok. Feito o negócio acredito que será vital nos LIVRARMOS do G-Wall custe as first picks que custar!

  19. Oberdan Gonzalez

    …e Zach LaVine na 6ª Cleanthony Early na 17ª e trocar o Green no Asik e pegar o Pierce pra encerrar a carreira em casa?
    Não é ruim não, hein…

    • Danilo Jeolás

      LaVine na sexta é desperdício na minha opinião. Early na décima-sétima é bem possível.

      Mas eu queria Exum e Grant.

      • Oberdan Gonzalez

        E aí cara.
        Pô, o La Vine apavorou no Combine. O Early também foi muito bem. E um time com Rondo, Bradley, Pierce, Sully, Asik, Bayless, Early, LaVine, Olynik, Bass, Pressey, já dá pra fazer pressão nos offs. Principalmente se conseguir um pivô reserva decente na FA.
        O resto dos jogadores o Ainge fala : Aí rapaziada. Tem duas vagas sobrando por aqui. Se estapeiem aí. Quem sobra fica. Começou.

        Abs Danilo.

  20. […] o NBA Lottery mostrou que o Boston Celtics não teve sorte e ficou apenas com a sexta escolha no NBA Draft 2014, muitos torcedores da franquia de Massachusetts demonstraram seu desapontamento e acreditaram que […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.