Visite nossas Redes Sociais
Curta e siga nossas redes para ter acesso a conteúdos exclusivos, além de manter-se sempre atualizado sobre novos artigos no site.

Análise da temporada – Avery Bradley

Após uma boa temporada em 2013/14, Avery Bradley teve seu contrato renovado por 4 anos, com um valor médio de 8 milhões.

Remanescente da era Big 3 junto com Green e Rondo, Bradley acabou vendo seus companheiros deixando a equipe, e com o fim do contrato de Brando Bass, Avery é hoje o último remanescente da equipe vitoriosa de anos atrás a ter contrato vigente com a equipe de Boston.

Notas da equipe:

Abaixo as notas de avaliação da temporada de Bradley segundo alguns membros da equipe Celtics Brasil .

Daniel Emiliano Fábio Malet Lucas França Rômulo Portugal Thiago Vinícius Matos
B+ B B B+ B+

Os pontos positivos:

Concordando ou não com o valor pago a Bradley, o que todos tem que concordar é que o jovem ala celta tem uma conduta de trabalho irrepreensível, o que faz com ele evolua visivelmente a cada ano que passa, virtude que lhe rendeu o Prêmio Red Auerbach de 2015.

Outrora um simples jogador de defesa e opção de jogadas em fast break, Bradley já havia dado mostras da sua evolução ofensiva na temporada anterior e nessa confirmou isso.

Maior cestinha celta na temporada, com 1071 pontos, Bradley teve uma minúscula queda no aproveitamento de seus arremessos, mas isso pode ser explicado devido a suas recentes cirurgias nos dois ombros.

Números mostram que atletas que operam um dos ombros tem uma queda de em media 12% nos seus FG na temporada seguinte.
Bradley não operou um, mas os dois ombros e seu FG caiu em míseros 0,9% o que não deixa de ser uma notícia boa e dá margens para acreditar que a eficiência ofensiva do atleta volte a crescer na próxima temporada.

No entanto, a maior evolução vista em Bradley nessa temporada não diz respeito a pontos feitos e nem porcentagem de arremessos e sim a sua mais nova faceta revelada, a de “Clutch Player”.

Com as saídas de Green e Rondo, Bradley repetiu o que já havia feito na temporada passada e chamou a responsabilidade para si, sendo o jogador com mais tentativas de finalizações nos minutos finais pelo elenco Celta e seu aproveitamento de arremessos nesses momentos foram de absurdos 57%, número que o colocou como o quinto jogador mais eficiente da NBA nos momentos decisivos dos jogos.

Já no setor defensivo, que é o carro chefe de Bradley, o atleta evoluiu muito em uma situação que poucos perceberam mas que é de fundamental importância para a carreira do atleta.

Bradley mostrou uma melhora enorme em seus instintos e movimentação para fugir de corta-luz adversário, algo fundamental para a manutenção de sua saúde, já que os constantes impactos com pivôs adversários é que foram os responsáveis pelas lesões em sues ombros.

Tal ajuste foi fundamental para que Bradley realizasse sua temporada com maior numero de jogos até aqui. 77 partidas, todas como titular.

Os pontos negativos:

Enquanto Bradley vem constantemente evoluindo seus arremessos, o mesmo não pode ser dito sobre sua infiltração.

Após completar seu quinto ano na NBA, Bradley não evoluiu suas habilidade de condução de bola e isso aparentemente não vai mudar daqui em diante.

Tal falta de habilidade no quesito, aliado a sua baixa estatura fazem de Bradley um alvo fácil de desarmes em suas tentativas de infiltração, o que faz com que o atleta, sabendo disso, praticamente se negue a investir sobre o garrafão e torne o seu jogo ofensivo de certa forma previsível para o adversário.

Sua qualidade no passe parece também não ter evoluído nessa temporada, de forma que o leve aumento no número de assistências está mais relacionado ao aumento de minutos e de bola em suas mãos devido a saída de Rondo.

Estatísticas na temporada:

Stats G Min FG% 3P% eFG% FT% Reb Ast Stl Blk Pts
Total 77 2428 .429 .352 .490 .790 241 135 82 15 1071
Média 77 31.5 .429 .352 .490 .790 3.1 1.8 1.1 0.2 13.9
Por 36 Min 77 36 .429 .352 .490 .790 3.6 2.0 1.2 0.2 15.9

O que esperar da próxima temporada:

Com um contrato longo pela frente e de valor condizente, Bradley não deve ser envolvido em trocas e deve ser presença certa para a próxima temporada.

Como dito anteriormente, uma queda no aproveitamento de arremessos já era esperado nessa temporada, devido ao retorno de cirurgia. O que se espera portanto para a próxima temporada é que Bradley volte a ser um arremessador confiável como foi no ano passado onde arremessou com eficiência de quase 40% da linha dos três pontos, o que é um número bastante acima da média.

Na parte defensiva, com o constante aumento de minutos de Marcus Smart, espera-se que Bradley passe a marcar cada vez mais os SG’s adversários e não somente o condutor, o que vai ser a resposta definitiva para responder o questionamento de que se Bradley é realmente um jogador top defensivo da NBA ou se é apenas um ótimo defensor em papel limitado, marcando “matchup alheio”.

Melhores momentos na temporada:

https://www.youtube.com/watch?v=Zt2I8E4Vczc

Author avatar
Daniel Emiliano
Daniel é publicitário, web designer e ilustrador residente em Campinas/SP. Em 2008 uniu paixão e profissão e deu vida a um Blog de notícias e opiniões sobre o Boston Celtics. Com ajuda de outros apaixonados o Blog foi tomando proporções inimagináveis e hoje é este Celtics Brasil, o maior site sobre uma equipe da NBA no Brasil.

7 comentários

  1. Fernando C S

    Concordo com a avaliação do AB. Entendo que ele é peça importante na equipe pela defesa, disponibilidade e vontade.No ataque, não se omite. Pode falhar, como todos, mas AB se apresenta.

  2. Renato

    Minha Avaliação é B+ na temporada regular e C+ nos playoffs, logo em média ficou com B.

    Fez uma temporada muito consistente, teve maturidade de assumir os jogos quando necessário.

    Sua entrega em cada partida fica visível e ao contrário da matéria gostei de alguns momentos de infiltração pela direita do garrafão.

    Ele não tem realmente habilidade para conduzir bola, mas aprendeu a infltrar pela direita em 2 tempos, ou seja, ele finge que vai infiltrar, da uma trava e depois acelera a infiltração., fez isso em vários jogos.

    Sua defesa dispensa comentários, TOP 5 da posição facilmente.

    Já nos playoffs achei que ele aceitou demais a marcação e sumiu ofensivamente nas partidas, em especial nos 2 primeiros jogos em Cleveland.

    Como disse durante a temporada regular, vejo o Bradley como 3 ou 4 força de ataque em uma equipe, se ficar no Celtics será nesse formato, de qq forma é bom saber que ele tem mercado e podemos usá-lo em transações futuras se necessário.

  3. Marcos

    As notas variam de A à D?
    Ele tem um 5 e olha lá, por causa do pontinhos que meteu contra times inexpressivos como o 76ers.

    Alguém viu o Tony Allen dos Grizzlies nesses offs?
    O DPOY dos Celtics foi o Smart…. “Grande defensor” sem envergadura Bradley…

    []s verdes

  4. Alefe Miranda

    Cara aqui nesse site a galera gosta muito do bradley so pode…. Nos sites americanos ele e o turner sao os que menos tem apoio da torcida(estremamente criticados); Como o valor dele de mercado esta alto seria uma otima moeda de troca; pois pra min precisamos de Um sg que possa contribuir com maestria nos dois lados da quadra… Bradley e mais para um papel banco. Contra irving ele marcou bem; mais foi tapeado como qualquer outro que nao fosse …. M .conley, tony allen, butler , leonard…. Mais enfim se nao podemos conseguir um jogador pra parar o adversario, que pelomenos tenhamos um que se equipare a ofensiva do adversario. E esse cara pra min è monta ellis que provavelmente vai pintar no celtao pra jogar com o smart

  5. Alefe Miranda

    Com um time como smart – ellis – crowder- noel- brook lopez
    Thomas – bradley – aminu- zeller – draft

    Pra min ja estava otimo pra ser contender e complicar pros grandes nos offs…

  6. Alefe Miranda

    No draft minha ideia seria subir pra pegar o cauley stain ou ficar com o myles turner mesmo… Ambos rim protector…

  7. […] de 13,3 pontos por jogo. A frente dele ficaram apenas Isaiah Thomas (19,0), Jeff Green (17,6) e Avery Bradley […]

Postar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *